Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

23
Set19

Do Outono que não há em mim!

Maria

Não. Continuo a não gostar nada da ideia de acabar o verão. Eu sempre disse que sou muito mais verão!

Não gosto de ter que me despedir do verão. Não gosto da descida das temperaturas. Os dias mais castanhos e frios. Não gosto do acordar de manhã sem saber o que vestir porque o tempo anda maluco, ora faz sol, ora frio. De manhã e noite está mesmo fresco e durante o dia um calor bom e aquilo não dá para alinhar o sistema cá dentro e muito menos a vestimenta. Não gosto dos dias pequenos e como já se notam! Não gosto de ter que mudar novamente o armário para as roupas pesadas (basicamente não gosto de ter que arrumar o armário, quando mais tiro parece que mais cheio fica e na indecisão não me apetece tirar nada). E aquilo com os brancos e os coloridos fica tão mais giro. Não gosto de ter que voltar às meias, aos sapatos e botas e botins. Só de pensar em enclausurar os pezitos por mais uns meses já me custa. Pensar em enfiar já os meus pés em meias é sufocar um pouco mais a minha tiróide. Não quero nem ouvir falar na mudança de horário porque detesto o horário de inverno! Sim eu sei que estamos a falar do outono, mas na verdade daqui a um mês começa o horário de inverno com um anoitecer às seis da tarde isto se não chover porque senão temos daquelas tardes que às três já estamos no lusco fusco. Oh não sou mesmo nada disso.

Não. Não fico histérica com as primeiras chuvas e se me lerem "já estava farta do verão" cortem-me os pulsos porque certezinha algo não vai nada bem. Nada mesmo.

Aquele cheiro a terra molhada até gosto, mas dispensava na boa a puder fazer com que o verão se prolongasse.

Nunca fui "castanhos" por mais que a moda nos empurre para lá. Nem cinzentos. Não gosto dos pés gelados. Voltar aos jeans e aos casacos é inevitável. E eu sou tão feliz de calções, havaianas e ombros ao léu.

Eu sou tão, mas tão mais verão! 

IMG_20190923_132945.jpg

IMG_20190923_133900.jpg

 

E este verão foi muito bom. E venha lá o que tiver que ser, mas continuo a ser muito mais verão e a não encontrar outono em mim ☆

06
Set19

Clube VilaRosa - Praia da Rocha

Maria

Não conhecia o hotel.

20190820_180657.jpg

[a primeira fotografia que tirei, da nossa varanda, numa altura em que estava a haver aula de zumba na piscina]

IMG_20190821_220459_086.jpg

 

Ficamos num quarto no prédio da Recepção com tudo ali à beira. O restaurante, o bar e o acesso à piscina principal, era mesmo ali. E o nosso quarto calhou mesmo de frente para a piscina. O quarto em si era bom, recentemente renovado, quarto standard, onde podíamos ainda contar com uma zona de mini cozinha com tudo o que precisaríamos caso usássemos. Frigorífico, fogão, banca da loiça, micro-ondas, cafeteira eléctrica, pratos, copos e talheres. No caso, estávamos em tudo incluído daí não termos usado nada. Tínhamos ainda a varanda com uma mesa e duas cadeiras com vista sobre a piscina principal.

O quarto estava sempre muito cheiroso após as senhoras da limpeza passarem por lá todos os dias.

Desde as pessoas da recepção, às pessoas do bar/restaurante. Aos seguranças, às senhoras da limpeza, tudo gente simpática. Ao Sr. Carlos do bar e à menina de cabelos lisos loiros, que não cheguei a saber o nome mas que nos recebia sempre com um sorriso e simpatia na zona do bar/restaurante piscina um muito obrigada pela simpatia durante os dias por lá.

20190821_215245.jpg

O Hotel fica a cerca de 10 minutos  a pé da Praia da Rocha. Num percurso que se faz muito bem e que me ajudou na parte da caminhada visto que me desgracei a comer.

E o dolce far niente deu cabo de mim.

 IMG_20190820_191432_822.jpg

Quanto à comida. Uma desgraça. Nos quilos, porque era óptima. Sem exageros. Não é que tivesse mil e dois pratos para escolher, mas numa semana não repetimos prato porque tem sempre coisas diferentes. Texuguinha como sou provei quase, quase de tudo. Tinha sempre um prato de massa, um prato de peixe e um prato de carne. Mais os acompanhamentos. Tinha sempre muitas saladas frias, só na parte das sobremesas é que acho que faltava variedade e mais opções. O que não me afectou muito porque confesso, comi sempre tão bem que não chegava a ter espaço para a sobremesa. É claro que lá esqueci dietas e repeti muitas vezes o prato da comida. E aquele bacalhau que eu repeti o prato e só não fui ao terceiro porque era o almoço e não queria ir para a água só às sete da tarde? Bem, como digo a comida era mesmo muito boa. O sabor. No ponto certo. Pelo menos para mim.

Há noite ouve sempre animação menos no dia do jogo Benfica-Porto mas aí eu fiz a animação ahah.

Na zona da piscina, na terça-feira e na quinta-feira houve zumba. Havia sempre música no bar de apoio à mesma.

IMG_20190821_010315_345.jpg

 

Dentro do hotel tínhamos mini-mercado. E uma segunda piscina, mais afastada da principal, visto que o Hotel tem muitos blocos de apartamentos.

20190823_100116.jpg

Tinha campo de ténis. Um parque de diversões para crianças e na zona da piscina costumava estar uma menina que entretinha os pequenos, com balões e pinturas e mais não sei bem o quê porque não usufrui desse serviço ;)

Como disse a rua mais conhecida da Rocha, onde tem as lojinhas, cafés, bares e afins ficava a uns dez minutos a pé e além de passarmos lá de dia, para ir para a praia, à noite dávamos lá um salto.

20190824_123809.jpg

IMG_20190825_132755_981.jpg

Voltava já amanhã porque foi positivo. E depois de duas semanas de trabalho já tenho saudades daquele dolce far niente e descer as escadas para dar um mergulho na piscina. Oh vida.

24
Set18

Do Outono que não há em mim.

Maria

Não. Continuo a não gostar nada da ideia de acabar o verão. Eu sempre disse que sou muito mais verão!

Não gosto da descida das temperaturas. Os dias mais castanhos e frios. Não gosto do acordar de manhã sem saber o que vestir porque o tempo anda maluco, ora faz sol, ora frio.De manhã e noite está mesmo fresco e durante o dia um calor bom e aquilo não dá para alinhar o sistema cá dentro e muito menos a vestimenta. Não gosto dos dias pequenos e como já se notam! Não gosto de ter que mudar novamente o armário para as roupas pesadas (basicamente não gosto de ter que arrumar o armário, quando mais tiro parece que mais cheio fica e na indecisão não me apetece tirar nada). E aquilo com os brancos e os coloridos fica tão mais giro. Não gosto de ter que voltar às meias, aos sapatos e botas. Ai nem quero pensar, principalmente hoje que estou de calção branco, ombros ao léu e sandália. Pensar em enfiar já os meus pés em meias é sufocar um pouco mais a minha tiróide. Não quero nem ouvir falar na mudança de horário porque detesto o horário de inverno! Sim eu sei que estamos a falar do outono, mas na verdade daqui a um mês começa o horário de inverno com um anoitecer às seis da tarde isto se não chover porque senão temos daquelas tardes que às três já estamos no lusco fusco.

Não. Não fico histérica com as primeiras chuvas e se me lerem "já estava farta do verão" cortem-me os pulsos porque certezinha algo não vai nada bem. Nada mesmo.

Aquele cheiro a terra molhada até gosto, mas dispensava na boa a puder fazer com que o verão se prolongasse.

Nunca fui "castanhos" por mais que a moda nos empurre para lá. Nem cinzentos. Não gosto dos pés gelados. Voltar aos jeans e aos casacos é inevitável. E eu sou tão feliz de calções e havaianas.

Eu sou tão, mas tão mais verão! 

IMG_20180924_190841.jpg

 

IMG_20180924_192016.jpg

 

E este verão foi muito bom. E venha lá o que tiver que ser, mas continuo a ser muito mais verão e a não encontrar outono em mim ☆

31
Ago18

Férias - fora cá dentro.

Maria

Passei anos a ir de férias para Nazaré com o meu irmão e amigos. Tenho imensas saudades desses tempos, desses amigos, do nosso grupo que a vida teimou em separar cada um para a sua vida mas que foram os meus amigos grande parte de infância por serem amigos também do meu irmão. 

Durante muitos anos deixei de voltar lá. Vão uns catorze, quinze anos. Mas há muito que a vontade de voltar era grande. Pela Naza, pelas gentes, pela comida, pela simpatia das pessoas, pela paisagem, por ser um lugar onde já fui muito feliz. E eu gosto de voltar. Confesso.

E voltei.

Nazaré

 

Nazaré anda nas bocas do Mundo por causa das maiores ondas, mas eu voltei pelo carinho que lhe tenho.

Não tive muita sorte com o tempo. Apanhei quase tudo menos o sol que procurava. Consegui uns dois dias de sol, sendo que um deles foi o dia de voltar para casa. Apanhamos nevoeiro mas com frio e vento. Apanhamos morrinha daquela que não só molha tolos como molha todos! 

Aproveitei para fazer o que melhor que sei fazer. Comer! E como a comida Portuguesa é boa. E como se come bem em Nazaré!

Acreditem, e é aqui que percebo porque arredondei os números e cheguei a um peso que nunca vi na balança. Adiante.

Estas são as melhores fotografias para vos mostrar.

Nazaré

 

Nazaré

Na segunda fotografia o sol chegou às seis da tarde e nós andávamos a passear nas ruas e corremos para a praia para aproveitar quase uma hora com frio ao sol. Na terceira fotografia estava vestida. Fui uns quinze minutos à praia a ver se a coisa melhorava ou era suportável, mas não só não consegui tirar a roupa como tive que tirar a toalha para me cobrir que estava gelada. Quinze minutos e oupa que se faz tarde.

IMG_20180830_153512.jpg

Always smile*

Nazaré

 Na avenida principal numa zona junto à praia pode ver- se o peixe a secar.

Como podem ver nas fotografias foi mais um dia em que o sol não apareceu, estava fresco e vai de dar uma volta. Logo após a assistir a um jogo de futebol de praia. O dia ficou sempre assim sendo que ao fim da tarde estava mesmo frio.

Nazaré

A fachada de um restaurante mais gira que vi por lá. As imensas ruas apertadas e aquelas casas coladas até ao mar. As noites super divertidas. Muita gente. A minha Caipi Black que não falha. Uma noite de música muito muito boa que adorei no Blá Blá e eu e a minha melhor amiga perdidas por lá. Foi dos sítios à noite que mais gostamos de ir. Pela boa onda, pela música, pelo pessoal do bar que foi espectacular connosco e por tantas lembranças que aquele bar me trazia dos tempos que por lá passei. Voltar e encontrar o bar aberto foi muito bom.

Nazaré

O último dia foi para ir ao Sítio. Ao farol. Ver a Praia do Norte. E onde acontecem as Maiores ondas do Mundo. A vista já conhecida, mas sempre impressionante. Para onde quer que te vires. McNamara pôs Nazaré nas bocas do Mundo. E é só mais impressionante estar lá e ver as imagens  e tentar imaginar quem tem a coragem de estar no farol na época das maiores ondas. Já não falo da coragem que têm os surfistas ao enfrentar  aquele mar porque esses são de outro mundo. As mensagens deixadas por alguns surfistas à beira das suas pranchas mencionam quase sempre a grandeza o poder e a magia do lugar. 

"Desde p momento que entrei neste edifício em 2010, soube que era mágico e especial. e que iria surfar aqui as maiores ondas do Mundo. aqui conheci alguns dos meus melhores amigos que me ajudaram a conquistar o Guiness World Record. Todos os meus sonhos tornaram-se realidade graças à Nazaré. Nunca é cedo ou tarde demais para encontrares a tua paixão e viveres os teus sonhos." McNamara.

Apesar de não ter apanhado bom tempo para a praia adorei voltar a Nazaré e os dias foram muito bons.

E ainda falta falar da comida, mas isso dá outro post mesmo à lá #MariaTexuga.

Voltarei com certeza. E gostava muito de voltar lá na época das Maiores ondas. Obrigada (gentes da) Nazaré por seres sempre tão acolhedora.

 

28
Ago18

Não sou nem nunca serei uma fashion blogger, muito menos em... #18

Maria

[Estar a par de tendências e novidades da moda]

https://www.google.pt/search?rlz=1C1CAFA_enPT754PT754&ei=ZyuFW6OgN8TewQL6x7j4BA&q=colar+b%C3%BAzios&oq=colar+b%C3%BAzios&gs_l=psy-ab.3..0i7i30k1l6j0i7i5i30k1j0i7i30k1l3.9341.9517.0.10075.2.2.0.0.0.0.109.210.0j2.2.0....0...1c.1.64.psy-ab..0.2.209...0i13i5i30k1j0i8i13i30k1j0i13i30k1.0.62P2dGxOQmA

 [imagem internet]

 

Estou eu de férias e recebo uma mensagem ligada ao blog:

«Então Maria, já tens o teu colar de búzios?»

Eu, sorri e disse «a fazer». Pensei na minha inocência que era devido a estar de férias na praia que me falavam de búzios e colares, principalmente depois do meu post.

Quando vai na volta e sou a última a saber que virou tendência e é a "última moda do pedaço" colares de búzios e afins associados. BTW não gosto, não é a minha onda (podem vir de lá as chibatadas).

Maria, não sou e nunca serei uma Fashion Blogger. E percebe-se porquê!

16
Ago18

Não sou nem nunca serei uma fashion blogger, muito menos em... #17

Maria

20180816_143216.jpg

 

Eu. Colares e outros acessórios. Praia. Nada a ver.

Por esquecimento fui com uns colares que uso diariamente para a praia.

Os colares e o chegar o protector.  Os colares e o apertar o biquíni. Os colares e o limpar o corpo. Os colares e a areia. Arre.

Não teve piada nenhuma.

É por estas e por outras que, como vocês sabem, não sou e nunca serei uma Fashion Blogger.

12
Ago18

Férias é (também) isto.

Maria

Diz que estou de férias!

20180812_112731.jpg

 

De manhã fui à praia e de tarde também ia se não estivesse a chuviscar e um frio do catano.

Pronto, mesmo de chinelo no pé e roupa de praia foi-se dar uma voltinha a pé enquanto se aguentou o fresco. Até que se veio parar a casa para petiscar um presuntinho, salpicão e azeitonas.

Diz que é Agosto. Verão.  E férias é também isto.

Vou dando notícias se não congelar.  

{E ainda digo eu que moro um bocadinho abaixo do Pólo Norte!}

Está certo 😂

06
Ago18

Nudismo

Maria

IMG_20180806_095954_444.jpg

 

É quando vejo fotos minhas com marcas como a de hoje que me apetece aderir ao nudismo. Acho que estaria super à vontade para praticar, mas nunca fui a uma praia de nudismo. Digo isto porque não gosto nada de marcas. Porque depois usas roupa em que elas aparecem e eu torço o nariz.

A sério, sou só eu que na operação biquíni me perco a ver biquínis todos cheios de coisas diferente, alças cruzadas, só de uma alça, com folhos, triquínis e fatos de banho  que estão tão em voga e até que bem giros. Mas no fim escolho sempre aqueles biquínis do mais simples que há (tipo tomara que caia ou alças finas que saem rápido), para deixar poucas marcas?

E mesmo assim vivo a reclamar das marcas que eles deixam!

Nudismo, era bem mais fácil. Ou não. 

01
Ago18

Desafio #quenuncanosfaltemsorrisos

Maria

No início do ano voltei a propor-me nos objectivos do ano sorrir. É sempre um lema. E isso vai ao encontro de todos os dias procurar sorrir mais. O ano passado criei o desafio para partilhar com a blogosfera o #quenuncanosfaltemsorrisos. Correu muito bem. Eu gostei muito e o feedback foi positivo. Não tive tempo de avisar antes, mas chegou a hora de fazer este ano.

Foi em Agosto do ano passado que criei pela primeira vez este desafio de fotografia. Adorei o desafio. Primeiro pela parte desafiante de todos os dias ter um motivo para fotografar. Depois as partilhas. Adorei. Vamos a isto?

 

#quenuncanosfaltemsorrisos

 

#quenuncanosfaltemsorrisos

  

Quem me conhece sabe que se há coisa que me define é o sorriso. Há sempre mil e duas desculpas para sorrir. E se às vezes faltam algumas, procura-se um novo motivo. Sempre tento passar esse "lema". Pessoas que sorriem são sempre mais bonitas. Digo-o sempre.

Ora Agosto está aí, continua a ser para mim um mês especial que me faz sorrir imenso. É o meu mês das férias, é verão, está calor. Esplanadas. Noites à conversa. Os amigos e a família voltam à base. Mais motivos para sorrir? Sempre se encontra um que seja. Em pormenores do dia-a-dia.

Eu vou começar o desafio hoje no primeiro dia de Agosto, com uma lista que junta o que me faz sorrir, mas para quem se quiser juntar e partilhar o desafio, não tem uma data especifica para começarem, comecem quando quiserem, juntem-se a mim e partilhem.

 

NÃO ESQUECER (para quem se quiser juntar a mim neste desafio)

  • Uma fotografia por dia;
  • Podem começar a partir de qualquer momento, para participar basta usar a hashtag #quenuncanosfaltemsorrisos numa fotografia;
  • Podem fazê-lo no Facebook, no Instagram ou mesmo pelo blog (se for no blog deixem o link). Convém que sejam perfis públicos, para poderem partilhar com quem se quer juntar e visto que o objectivo é mesmo o de partilhar com todos os participantes;
  • Utilizem apenas fotografias vossas. O desafio é mesmo esse, um motivo para vocês mesmos fotografarem.
  • O objectivo é ter um motivo para fotografar, podem usar uma fotografia antiga, mas evitem.

 

Divirtam-se neste desafio e sorriam muito. Esse é o meu objectivo com este desafio.

Sigam-me no Facebook e no Instagram para verem as minhas partilhas. Ao usarem a hashtag #quenuncanosfaltemsorrisos vou poder seguir também as vossas.

Bons sorrisos!

(quem se junta e quem partilha?!)

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D