Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

30
Abr19

Nunca és demasiado velho para experimentar coisas novas.

Maria

Nunca digas nunca.

A idade é um número da tua cabeça. Ou da dos outros. O espírito de uma pessoa é que conta.

O meu Pai fez setenta anos anteontem. Dei-lhe umas sapatilhas. Ele nunca andou de sapatilhas. É vê-lo. Tal e qual um puto a receber as suas primeiras sapatilhas.

Primeiro claro resmungou, do género "olha agora depois de velho vou andar de sapatilhas"

Depois "isto afinal anda-se bem".

Como gosto de dar presentes que gostem. E que usem. E surpreender é sempre bom. E faço sempre por os ver sentir-se bem e jovens de espírito. É tão bom.

23
Nov10

Da familia

Maria

Achei tão fofa a avó da Catarina da Casa dos Segredos.  Agora à pouco num momento zapping apanhei-a na conversa embevecida pela sua neta. Há velhinhos que nos orgulham de poder ouvi-los. Que no pouco que falam dizem muito. Os avós deviam ser sempre lembrados, mas a verdade é que como não somos todos iguais há velhinhos mais cativantes que outros. Eu tive uma avó que me ensinou muito. Quer dizer como qualquer outra pessoa tive quatro, mas três não conheci o que foi uma pena. Não sei o que é dizer os meus avós num presente, porque no meu eles nunca existiram. E eu gostava muito de ter tido experiências com eles, eu teria gostado de crescer com eles com certeza.

24
Mai10

Para partir basta estar vivo!

Maria

Não têm sido nada fáceis estes últimos dias. Mas desde quando a vida é fácil? Este fim-de-semana, partiu mais alguém que me era muito próximo. Alguém que foi mais uma das pessoas que podia não ter o mesmo sangue que o meu a correr nas veias mas tinha o meu coração, não é isso que realmente importa? E ficam os sorrisos, as conversas, os abraços, as palavras sentidas, o carinho… o carinho que só quem gosta sente… e ficam cá dentro as lembranças e a saudade… Fica a "avó" que não era mas que foi.

10
Ago09

Vicissitudes de uma força de viver!

Maria
E porque viver é assim mesmo, uma pessoa está sempre a aprender. Depois de algum tempo atrás, aqui ter contado uma peripécia de um dia para quem tudo indicava o inicio de um fim… venho hoje dar os meus Parabéns, a essa mesma pessoa que completa 89 anos e que tal como anteriormente disse é alguém que em plena velhice nos transmite uma verdadeira lição de vida, em que a força de viver está patente em cada movimento, em cada gesto em cada palavra.
Hoje não cheguei a debruçar-me sobre a cama, ao tempo que me aproximei dela, foi vê-la a abrir os braços para que pudesse sentir o meu abraço e me dizer: - Aqui estou, estou bem, estou feliz!
Hoje, mais tarde, vai haver uma pequena celebração e depois uma jantarada, tudo surpresa para ela, para comemorar a força de uma mulher, que tem a noção que tudo na vida é inesperado e fugaz, fará aos 89 anos de vida! Que o querer viver é muito, que o tentar arranjar forças para lutar é essencial, que o olhar para o hoje, é a solução de viver com um sorriso estampado no rosto.
Os meus Parabéns, e como você diz, aqui a menina que sempre sorri, lá estará, para rir e para a ver sorrir!
São estas pequenas coisas que me fazem acreditar que nem sempre o fim é o fim…
 
" Porque embora quem qUase moRRe esteja VIVO,
quem qUAse viVe jÁ mOrreu... "
 
So_Risos**
09
Abr09

A partida...

Maria
Sofre-se sempre tanto com o desaparecimento de uma pessoa!
E sempre se quer dizer alguma coisa mas nesses precisos momentos não há palavras, haver até há mas tornam-se escassas… acho até que o silêncio diz mais, os olhares transmitem o que os nossos lábios guardam…
A avó da O. (minha m.a.(melhor amiga)) faleceu e ontem foi o funeral. Tive que estar presente, tive que lhe dar a minha mão para apertar, tive que dar o meu ombro para ela chorar e meus braços para abraçar… e mesmo assim fica-se com uma estranha sensação de impotência…
Eu sei que as minhas amigas vêm em mim aquela pessoa que sempre está lá para dar um sorriso, e é verdade, porque para verdadeiros amigos sempre sempre podem contar com o meu sorriso. Tenho pavor a energias negativas e acho que continuo a viver na ilusão de que o meu sorriso pode salvar o mundo, mesmo que seja o meu mundo, mesmo que seja apenas as pessoas que pertencem a este meu mundo e acreditem não há nada mais reconfortante que saber que precisam dele. Ontem ficou evidente mais uma vez que o meu sorriso mesmo em dias tristes confortou a O. não foi um sorriso de alegria claro e ela entendeu isso, foi um sorriso de cheguei, estou aqui, força, mas chora, desabafa e eu sei que ela estava lá a espera dele!
No fim de tudo fica-se com a frase proferida na missa “é um dia triste mas também um dia de estarmos felizes, por termos tido a oportunidade de a conhecer de fazer parte da vida dela, por ela ter vivido e por ser a pessoa boa que era!”
So_risos para ti minha amiga, so_risos de força porque tal como disse as pessoas que amamos não partem, acompanham-nos em silêncio…
 
so_risos para todos e bom fds prolongado com uma Feliz Páscoa!
20
Mar09

O início do fim...

Maria
Dei por mim debruçada nas grades de uma cama, com os olhos a pesarem tal era o cansaço, a ser atacada por pensamentos e perguntas às quais faltaram-me as respostas...
Olhar alguém que em plena velhice nos transmite uma lição de vida sem dizer uma única palavra é dose!
Ali estava eu a admirar a força(que já nem se nota que tem mas ela está lá) de alguém quase no ir a tentar ficar por cá mais um pouco...alguém cujas marcas na cara são cada caminho de dificuldades ao longo de uma vida(e tem tantas!!), alguém que já pouco fala mas olha com uma enorme vontade de falar, alguém que já não consegue esboçar um sorriso, mas que cerra os lábios com uma firmeza transmitindo o sorriso que os nossos olhos já não contemplam...
Srª.G.: - Chega-te mais para aqui onde eu te veja melhor
Eu - sem dar uma palavra, aproximei-me...
(...fez-se silêncio,mas como estava cansada e não queria cair na tentação de adormecer, debruçada naquela cama de hospital, pega-se na tipica conversa do tempo...)
Eu - E o dia hoje? deu solzito na janela não?
Srª. G. - (falando muito devagar) que dia! sabes hoje levantaram-me e levaram-me até lá fora...
Eu - Sério? que bom!, oh tempo que não dava para você ir até lá fora, e então que tal?sentiu-se bem?gostou...?
Srª. G. - (fechando os olhos) se gostei... sabes que dia bonito estava hoje! Sabes...que dia bonito estava hoje! Bonito mesmo! Fiquei um pouco e senti-me tão bem....aiii como eu me senti bem!!!
Como sabia o que tinha acontecido depois(...), deu um apertozinho cá dentro, caiu um silêncio em que nada consegui dizer...e ela rematou:
Srª. G. - Mas depois... depois comecei a sentir-me mal, sentir-me mal...veio o médico e tudo, porque fiquei mesmo mal...
Eu - Agora como está?
Srª. G. - ...melhor...
Eu - Então não pense mais nisso, pense em como o dia estava bonito...
 
É impressionante como as emoções em cada etapa da nossa vida são difíceis de se gerirem... como a simplicidade de um dia calmo, soalheiro, a simplicidade  da natureza, as pessoas a passarem na rua... como isso pode emocionar uma pessoa? emocionar até fazê-la quase delirar? Será por talvez ter a percepção que se não foi o ultimo dia a ter aquela sensação será dos ultimos??
Costuma-se dizer que quando se perde as coisas é que se lhe dão o verdadeiro valor... Na velhice..., quando sentes que vais perder reconheces mesmo o verdadeiro valor das coisas mais simples... reconheces que o que antes era banalidade do dia-a-dia, na velhice é tão escasso que até custa acreditar...
 
so_risos para todos**

Sobre mim

foto do autor

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Espreitem Como eu Blog

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D