Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

02
Jul21

AGORA ♡

Maria

IMG_20210702_135223_089.jpg

 

A começar a segunda parte do ano está - leia-se continua - muita coisa mal.

Alguns voltaram melhores pessoas é certo. Mas nem todos.

Há ainda um grande processo a ser feito em pessoas que continuam a ter um umbigo proporcional ao Mundo. Mas esquecem que o importante era ter um coração proporcional ao MELHOR deste Mundo.

Estamos sempre a tempo mas AGORA

Que #Julho seja esse recomeço.

Sejam felizes, mas cuidem-se ♡

18
Mai21

Há pessoas saudade ❤

Maria

Frases vida

 

Porque sabemos que às vezes não dá. Mas vale a pena muitas outras vezes fazer por dar 🤩
Porque há pessoas que deviam ficar sempre. Independentemente do que foram ou deixaram de ser.
Há pessoas que acrescentam mas na maior parte das vezes não dá. Por mil e duas razões parvas.
Há pessoas saudade ❤
[sem segundas intenções ou com todas as intenções do mundo]
16
Abr21

No silêncio obtemos respostas, certo?

Maria

IMG_20210416_164650_136.jpg

 

Têm realmente consciência de quantos passos já deram na vida com a ajuda de todo o burburinho que está criado à vossa volta? Seja das pessoas mais próximas, amigos e família, seja de pessoas do quotidiano, do trabalho, vizinhos e afins?

Já pararam para pensar que talvez demasiadas vezes arriscamos menos por nós, enquanto ponderamos o que fazer em proporção ao que vão dizer, vão achar, às expectativas dos outros, a como nos vão olhar quando sairmos à rua? ...

É preciso reflectir mais em silêncio, para nos ouvirmos mais

Se estivermos bem connosco não vamos desiludir quem queremos. As pessoas que gostam de nós acabam por perceber que a nossa felicidade é o mais importante. 

É preciso ir sozinhos ao nosso encontro, para sem barulhos exteriores entendermos o que o nosso coração nos tem a dizer para fazermos o nosso caminho.

Não quero que me respondam se têm essa consciência, quero que pratiquem mais o estarem bem com os silêncios que são tão importantes e que não lhes damos muitas vezes o devido valor.

Depois disso...

Têm consciência se o vosso caminho está a ser feito por vocês?

02
Mar21

Que nunca se confine o AMOR

Maria

IMG_20210302_115623_949.jpg

 

Há um ano ainda davamos dois beijinhos a cumprimentar pessoas. Ainda davamos abraços sentidos nos reencontros. Na necessidade de colos. Na proteção dos nossos. Ainda demonstravamos AMOR de outras formas.

Longe de imaginar o que aí vinha.

Que se confinem as pessoas, os beijinhos, os abraços mas que nunca se confine o AMOR ❤

22
Fev21

Coisas que aprendi com relações falhadas

Maria

Todos temos relações falhadas. Uns mais que outros. Mas há sempre uma que falhou. De mais ou menos tempo, mas que em algum momento nos foi importante. Aprendemos com elas? Sempre! Mas nem sempre nos apercebemos logo da lição a tirar dali. Seja quem for que tenha falhado e seja quem for que a tenha dado como terminada.

[imagem retirada da internet]

 

  •  Vamos amar sempre muito aquela pessoa até todo o sempre - só que não.

na verdade quando estamos apaixonados, quando estamos numa relação e quando já amamos aquela pessoa, achamos que é para sempre. Às vezes não é, outras tantas mesmo deixando de se estar juntos o amor fica (pelo menos até alguém preencher um cantinho do que ficou).

  •  vai haver um momento, com outro alguém, que nos vai remeter a um outro momento passado no que falhou.

Pode não fazer mossa, mas vai lembrar.

  • Há um som de alerta que tem que estar pronto a tocar a qualquer momento e tu foge!

Sim. Na verdade se esse som soar foge, mas foge mesmo e nem tentes arranjar desculpas para o que quer que seja. Há coisas que não têm desculpa. E se aceitas que te agridam verbalmente, emocionalmente, psicologicamente ou fisicamente estás a cair num fosso que ficará para sempre aberto. Por muito entulho que lhe queiras pôr de forma a esquecer... não dá! Foge.

  • devemos ser minimalistas nesse sentido e deslargar tudo o que nos leva aquela relação.

Ou então arrumar numa "gaveta" em que só tenhamos acesso se realmente quisermos ter acesso e não uma que se anda a esbarrar dia sim, dia sim. Isso não vale. É jogo sujo com nós mesmos.

  • as redes sociais são um dano colateral irreversível.

Isto do irreversível é como quem diz, uma vez na internet para sempre na internet. Há pessoas que partilham tudo e mais alguma coisa que na volta há gente que muda mais vezes de fotografias com alguém que eu a mudar a roupa do armário na troca de estação. E isso não é bonito. É assim, cada qual faz o que quiser com quem quiser, é a minha opinião. Mas.. andar cá a pôr fotos e a tirar é aquela base... mais vale pensar duas vezes antes de partilhar.

  • "Vou-te excluir do meu orkut" já dizia a música e na verdade é o melhor.

vamos sempre espreitar, "ficar à espera" de novidades, vamos reagir internamente ao que vamos dar de caras e isso, isso é passado e passado é lá trás. Ninguém quer ler palavras soltas ao vento para outro alguém que antes eram para nós, certo? Mas se a amizade boa ficou, onde se consegue separar as águas... isso são outros quinhentos.

  • acreditamos que não vamos voltar a ser felizes no Amor.

na verdade pode muito bem acontecer, é a vida. Mas as probabilidades de voltar a acontecer são do tamanho do nosso optimismo e no "deixa andar" estando abertos a... por isso o luto é necessário. E vamos andar a chafurdar na lama... Mas nada de encarnar a escuridão nos dias. Longe disso porque energias negativas atraem energias negativas (xô xô).

  • nunca voltar aos sítios onde já fomos felizes - o tanas.

devemos voltar sim onde quisermos se o lugar for mesmo importante para nós. Porque podemos voltar a ser felizes ali, sozinhos ou acompanhados. Há lugares que podem fazer-nos lembrar alguém, mas.. isso é só um pormenor, que não deve ser maior que a vontade de ir algum lugar que gostamos mesmo.

  • aprendemos com os erros.

e isso quer dizer que não voltamos a errar? Não, muito pelo contrário. Mas de certeza que alguma coisa aprendemos com aquela cabeçada.

  • dois olhares sobre a mesma coisa não vão sentir o mesmo nem tampouco tirar a mesma conclusão.

é a vida, se até no futebol conseguimos olhar para o mesmo lance e interpreta-lo cada um à sua maneira, muitas vezes claro está, puxando a brasa para a sua sardinha, num relacionamento a coisa não é assim tão diferente quando são duas pessoas, com diferentes pontos de vista, diferentes emoções, valores e atitudes. O bom é encontrar alguém que te ajude a suportar essa diferença e a contorná-la. Mas é por isso que às vezes as coisas falham ali mesmo em frente a um qualquer obstáculo.

  • O problema não és tu, sou eu!

Balebas. Balelas.

 

Podem sempre acompanhar todas as novidades pelo Facebook. Ou pelo Instagram - @sorrisoincognito 》

 ▪ Texto em destaque no SapoBlogs e na página do @SAPO

12
Fev21

Deste pedaço de mim

Maria

IMG_20210211_233221_968.jpg

 

tento ver sempre o copo meio cheio
acho sempre que um sorriso vale a pena
sou bem envergonhada
tenho tendência a não compactuar com injustiças
sou um coração mole em nariz de pimenta
tenho a minha dose de bater o pé, rodar a baiana e salve-se quem puder!
tento dar sempre o melhor de mim em tudo o que faço
sou muito mais emoção e respeito muito os valores que acho cruciais
pode sempre faltar algo material mas que não me falte amor, amor pelos meus, pela vida, amor próprio
sou meia sem jeito
não sou fácil de chegar
nunca me achei superior a ninguém
já me achei muitas vezes diferente

Sou assim mesma e nas entrelinhas é tudo isto e muito mais que partilho com vocês há doze anos

Obrigada! OBRIGADA também à fantástica equipa dos blogs do Sapo pelo destaque, obrigada pelas mensagens, por estarem desse lado e fazerem parte deste pedaço de mim.

11
Fev21

O Blog faz 12 anos!

Maria

Sim, 12 ANOS DE BLOG!

(toda eu ciscos nos olhos)

 

3966 posts. 12562 comentários.  visitas. 1560 reacções.

4161likes no Facebook, 1562 Seguidores no Instagram

Muitos destaques no blogs do sapo que continua a ser uma equipa fantástica 

12 anos de existência 

 

12 anos

 

 

De mim, de vocês, de muitas partilhas, de muitos sorrisos incógnitos, de NÓS! 

 

Quando comecei a fazer contas, a sério 12? É o que mais me ocorre dizer.

Continuo a sentir-me surpreendida pelo blog continuar a fazer parte da minha vida a cada ano que passa. Umas alturas mais presente que outras é certo, mas aqui continua. Há doze anos não imaginei isso nem que lhe sentisse a falta. Deste constante desafio. Deste apego. Desta partilha. De tantos que vieram, dos que ficam. Dos que passam. Deste gosto por escrever. Por partilhar e claro, por ter reacções, partilhas e trocas de opinião.

Lembro-me dos que me fizeram criar este espaço e tenho saudades de muitos que desapareceram, que já não existem mas que me deixaram uma marca. Numa altura em que poucos eram ainda os blogs e que eram muito mais "nós". 

Tenho saudades de pessoas que me seguiam, eu não conhecia pessoalmente e que infelizmente já partiram. Um blog também é isto.

Já conheci gente que veio do blog. Já fui convidada para um programa de televisão. Já fiz desafios para quem me segue, já entrei noutros. Já aprendi muita coisa com o blog nomeadamente que há gente que tem um blog que nem sabe o que isso deveria ser, assim como há gente que vive mesmo isto de ter um blog. Já partilhei imensas histórias e conheço imensas histórias.  Há gente que continuo a seguir do início e não tem como não conhecer tanta coisa.

Não sou a Maria de há 12 anos, mas inevitavelmente quando vou reler alguns pots vejo-me ali tal e qual o momento que partilhei. Isto é tão bom, porque este cantinho sou mesmo eu. E levei sempre em frente as minhas convicções, o intuito para o qual o criei e a tentativa de partilhar o meu lema de ver sempre o melhor lado das coisas, sorrindo.

Há doze anos atrás criei o blog para partilhar sorrisos de tudo e de nada, para falar do que me apetece, quando me apetece. O propósito continua o mesmo. Deixar-me partilhar a minha inspiração na escrita. E continuo a ter partilhas boas disto. Continuo a conhecer outras tantas partilhas que gosto. Continua a trazer-me gente de sorrisos que me ajuda. Energia positiva. Sempre. Já espalhei muitos sorrisos, já recebi muitos sorrisos. Já partilhei lágrimas, e recebi ainda mais sorrisos. Já escrevi coisas tão minhas que me vão na alma. Já foi completamente anónimo. Já serviu tanta vez de diário, de um ombro para desabafar. Trouxe-me pessoas novas. Trouxe-me histórias partilhadas. Trouxe-me PPC’s e continua a trazer-me Pais Natal secretos. Trouxe-me miminhos de blogs com gente dentro. Trouxe-me partilhas que não mais vou esquecer... isto é uma aventura. Todos os dias. OBRIGADA a todos os que fazem parte dela e que continuam desse lado.

Enquanto continuar a fazer sentido, cá estamos. E eu gosto de cá estar (incluindo com a equipa blogs do sapo). Acreditem. E agradeço a quem está também. Muito! Porque isto faz sentido também com vocês desse lado.

(12 anos carago!)

E ao pessoal do Facebook e do Instagram 

OBRIGADA ♥

Cá beijinho  e sorrisos mil!

[ Para quem fica, o que vos faz ficar? ]

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Posts mais comentados

Em destaque no SAPO Blogs
pub