Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

10
Mai19

(mais) 10 Factos sobre mim

Maria

20190510_133953.jpg

 

Depois deste post de 10 factos sobre mim e depois do desafio que me fizeram no instagram, ficam mais 10:

  1.  Choro facilmente quando me enervo. Mas raramente me viram chorar, mesmo os meus.
  2.  Faço imensos filmes na minha cabeça por qualquer situação. E digo já que tenho cá uma imaginação que nem é bom. Do género um carro vem na minha direcção e quase colidimos. Na minha cabeça, em segundos, faço todo o filme de como poderia tudo ter acontecido a seguir. É cansativo.
  3. No ultimo ano cheguei a engordar quase dez quilos (poucos perdi).
  4. Uso sempre anéis. E sempre que lavo as mãos, tenho que tirar os anéis (e isso já me valeu umas peripécias pelo facto de que os pouso e não me lembro).
  5. Nunca durmo com brincos. Sejam eles grandes ou pequenos. Mas nunca saio de casa sem uns.
  6. Não consigo viajar sozinha. Já andei de avião sozinha mas tinha alguém do outro lado à espera.
  7. Sou doadora de sangue e tenho muito orgulho!
  8. Uso muitas vezes uma aliança que é como um amuleto. Foi-me oferecida por alguém que já faleceu.
  9. Já fui convidada para ir a um programa de Tv por causa do blog e recusei.
  10.  Tenho duas afilhadas, ambas filhas de amigos (devo ser boa amiga!).
11
Fev19

10 anos!

Maria

Esperem lá... inspira/expira... 10 anos! Como assim 10. Já? Sim, 10 ANOS DE BLOG!

(toda eu ciscos nos olhos)

 

3650 posts

11114 comentários

345 480 visitas

1275 reacções

3928 likes no Facebook

875 Seguidores no Instagram

7 posição no Blogs Portugal (Categoria pessoal)

Muitos destaques no blogs do sapo que continua a ser uma equipa fantástica 

10 anos de existência 

10 anos!

 

De mim, de vocês, de muitas partilhas, de muitos sorrisos incógnitos, de NÓS! 

 

A sério 10? É o que mais me tem ocorrido nestes últimos dias. Continuo a sentir-me surpreendida pelo blog continuar a fazer parte da minha vida a cada ano que passa. E sempre muito presente. Há dez anos atrás não imaginei isso nem que lhe sentisse a falta. Deste constante desafio. Deste apego. Desta partilha. De tantos que vieram, dos que ficam. Dos que passam. Daquelas borboletas na barriga por escrever.

Lembro-me dos que me fizeram criar este espaço, que muitos já não existem mas que me deixaram uma marca. E saudades. De uma altura em que os blogs eram muito mais "nós". Mais genuínos. Mais verdadeiros. Menos interesseiros. Menos marcas. Mais sem filtros. Menos "fama". Poucos. Bons.

Como já aqui o disse, o blog da mini-saia da Mónica Lice foi o primeiro que segui ainda do tempo de Bissau. E como era tudo tão diferente. E fico feliz de ver a Joana comemorar hoje dez anos de amor e eu ainda me lembrar de como começou aquele amor! Joana comentaste o meu post inicial nunca me esqueço de ti!

Já conheci gente que veio do blog. Já fui convidada para um programa de televisão. Já fiz desafios para quem me segue, já entrei noutros. Já aprendi muita coisa com o blog nomeadamente que há gente que tem um blog que nem sabe o que isso deveria ser, assim como há gente que vive mesmo isto de ter um blog. Já partilhei imensas histórias e conheço imensas histórias.  Há gente que continuo a seguir do início e não tem como não conhecer tanta coisa.

Há dez anos atrás criei o blog para partilhar sorrisos de tudo e de nada, para falar do que me apetece, quando me apetece. O propósito continua o mesmo. Deixar-me partilhar a minha inspiração na escrita. E como eu gosto disso. E continuo a ter partilhas boas disto. Continuo a conhecer outras tantas partilhas que gosto. Continua a trazer-me gente de sorrisos que me ajuda. Energia positiva. Sempre. Já espalhei muitos sorrisos, já recebi muitos sorrisos. Já partilhei lágrimas, e recebi ainda mais sorrisos. Já escrevi coisas tão minhas que me vão na alma. Já foi completamente anónimo. Já serviu tanta vez de diário, de um ombro para desabafar. Trouxe-me pessoas novas. Trouxe-me histórias partilhadas. Trouxe-me PPC’s e continua a trazer-me Pais Natal secretos. Trouxe-me miminhos de blogs com gente dentro. Trouxe-me partilhas que não mais vou esquecer... Continua a ser uma aventura. Todos os dias.

Enquanto continuar a fazer sentido, cá estamos. E eu gosto de cá estar (incluindo com a equipa blogs do sapo). Acreditem. E agradeço a quem está também. Muito!

(10 anos carago!)

E ao pessoal do Facebook e do Instagram

Obrigada! ♥

Cá beijinho  e sorrisos mil!

[ Conseguiriam aguentar um blog tanto tempo? Se já têm um assim há tanto tempo, qual o vosso segredo? ]

14
Mai18

Dias felizes!

Maria

Ontem, 13 de Maio de 2018 foi -[NOS] um dia Especial. Feliz.

IMG_20180514_015845_828.jpg

 

No dia em que me convidaram para ser tua madrinha, fiquei com ciscos nos olhos e um coração a transbordar. Ainda nem te conhecia. Mas foi ali que comecei a amar-te.

Tu nasceste um dia antes do baptizado da minha outra afilhada e foi um fim de semana de coração cheio

 

{ Eu sou grata. Sempre agradeço o que a vida me traz de bom. E sou uma afortunada nas amizades de sangue bom.

Nas que valem a pena. Nas que se tornam sangue.

Sou uma babada por ter como afilhadas filhas de amigos meus de já há muito e que ficam para a vida.}

 

E eu não consigo prometer nada mais que, certezinha, irei tentar ser [-TE] o meu melhor. Dar o meu melhor. E fazer com que nunca te falta amor.

Espero que um dia te orgulhes de me ter como eu já me orgulho de te ter. Muito.

E tal como tenho feito, sempre que possa estarei por perto. A dar colinho. Mimos. A ser a palhaça de serviço. A dar-te a papa. A ir contigo ao médico. A mudar-te a fralda mesmo com "presente". A ir ao passeio. A fazer de babysitter. Nas brincadeiras e nos "nãos" da vida.

 

20180514_235823.jpg

 

IMG_20180515_001432.jpg

 

Ontem foi um dia especial. Assumi perante Deus ser tua madrinha de Baptismo. Ter esse papel na tua vida. Acompanhar-te na fé, na vida, no amor.

E mesmo doentinha como estás, estiveste com o melhor dos teus sorrisos numa festa maravilhosa.

Que eu esteja sempre à altura do que mereces. E que não nos falte tempo para este amor para a vida toda ❤

Grata.

O sentires ser importante na vida de alguém que te escolhe, é que, a Vida é um eco, e isso é sinal de que o que estás emitindo é do bem.

21
Mar18

Hoje sim, começa-me a primavera!

Maria

Mano, foste prenda de primavera,

Hoje sim, começa-me a primavera!

Sempre associei o teu dia, aos melhores dias. Sempre o disse. Sempre o senti. E as datas de calendário são uma seca. Eu gosto de sentir os dias. Diz que ontem foi o equinócio de Março, correspondente do inicio da primavera. Mas para mim, hoje sim, mal acordei e me lembrei de ti lembrei também que a Primavera chegou. Que venha cheia de alegria. Cores. Flores a abrir. Muito sol e azul. Calor. Mangas arregaçadas. Sorrisos. Muitos sorrisos. E abraços. Como eu queria.

Não te desejo menos que isso. Sempre. Mas hoje é especial. É o teu dia. E sorrio-te para que sorrias também, mesmo que lá dentro, o coração esteja apertado de tanta saudade. Cheia de ciscos nos olhos por me lembrar de cada aniversário que tive a oportunidade de partilhar contigo. Os ciscos são saudade. Faz parte. Mas seriam os mesmos se hoje pudesse estar ao teu lado.

Tu sabes, sou uma lamechas do pior. Isto dos sentimentos trama-nos. E a família é o meu bem maior.

Quero muito que sejas feliz.

Onde quer que estejas, mas gostaria muito muito muito muito que fosse aqui do meu lado. A vida não é bem como nós queremos. E que a distância que nos separa nunca passe apenas disso mesmo, distância. Que nada tenha a ver com o coração. Aí estamos juntinhos.

Tenho o melhor irmão que a vida me podia oferecer. Não trocaria se tivesse escolhido.

Nunca te amarei menos por estarmos longe...

Que hoje o dia te seja bom. Que venha um ano melhor. Que venham muitos mais anos com saúde. O resto a gente vai dando o jeito.

Quero-te o melhor que o mundo tem para oferecer.

Manos <3

 

Beijo de Feliz Aniversário, feliz dia e um Abraço gigante, sentido!

PARABÉNS MANO! L♥ve you* always & always ♥ ♥ ♥

11
Fev18

9 anos!

Maria

Esperem lá... inspira/expira... 9 anos! Como assim 9. Já? Sim, 9 anos de Blog!

(toda eu ciscos nos olhos)

 

3397 posts

10210 comentários

294 777 visitas

940 reacções

3876 likes no Facebook

516 Seguidores no Instagram

356 posição no Blogs Portugal

Muitos destaques no blogs do sapo que continua a ser uma equipa fantástica 

9 anos de existência 

9(7).jpg

 

  

De mim, de vocês, de muitas partilhas, de muitos sorrisos incógnitos, de NÓS! 

 

A sério 9? É o que mais me tem ocorrido nestes últimos dias. Continuo a sentir-me surpreendida pelo blog continuar a fazer parte da minha vida a cada ano que passa. E sempre muito presente. Há nove anos atrás não imaginei isso nem que lhe sentisse a falta. Deste constante desafio. Deste apego. Desta partilha. De tantos que vieram, dos que ficam. Dos que passam. Lembro-me dos que me fizeram criar este espaço, que muitos já não existem mas que me deixaram uma marca. E saudades. De uma altura em que os blogs eram muito mais "nós". Mais genuínos. Mais verdadeiros. Menos interesseiros. Menos marcas. Mais sem filtros. Menos "fama".

O blog da mini-saia da Mónica Lice foi o primeiro que segui ainda do tempo de Bissau. E como era tudo tão diferente.

Já conheci gente que veio do blog. Já fui convidada para um programa de televisão. Já fiz desafios para quem me segue, já entrei noutros. Já aprendi muita coisa com o blog nomeadamente que há gente que tem um blog que nem sabe o que isso é ou poderia ser, assim como há gente que vive mesmo isto de ter um blog. Já partilhei imensas histórias e conheço imensas histórias.  Há gente que continuo a seguir do início e não tem como não conhecer tanta coisa.

Há nove anos atrás criei o blog para partilhar sorrisos de tudo e de nada, para falar do que me apetece, quando me apetece. O propósito continua o mesmo. Deixa-me partilhar a minha inspiração na escrita. E como eu gosto disso. E continuo a ter partilhas boas disto. Continuo a conhecer outras tantas partilhas que gosto. Continua a trazer-me gente de sorrisos que me ajuda. Energia positiva. Sempre. Já espalhei muitos sorrisos, já recebi muitos sorrisos. Já partilhei lágrimas, e recebi ainda mais sorrisos. Já escrevi coisas tão minhas que me vão na alma. Já foi completamente anónimo. Já serviu tanta vez de diário, de um ombro para desabafar. Trouxe-me pessoas novas. Trouxe-me histórias partilhadas. Trouxe-me Pais Natal secretos e PPC’s. Trouxe-me miminhos de blogs com gente dentro. Trouxe-me partilhas que não mais vou esquecer... Continua a ser uma aventura. Todos os dias.

Enquanto continuar a fazer sentido, cá estamos. E eu gosto de cá estar. Acreditem. E agradeço a quem está também. Muito!

(9 anos carago!)

E ao pessoal do Facebook

Obrigada! 

Cá beijinho  e sorrisos mil!

15
Nov17

Diz que, há sempre uma primeira vez*

Maria

Eu já aqui tinha comentado que nunca recebi flores no escritório. Pois que, houve alguém que me surpreendeu ontem e disse que há sempre uma primeira vez para isso acontecer.

Não tinha uma câmara na altura a filmar a minha reacção quando chegou a transportadora, senão acredito que iam rir tanto quanto eu.

Primeiro achei que não fosse para mim. Depois só pensei "quem me está a fazer isto que vou matá-lo". Depois fiquei corada e sem saber onde me enfiar.

20171114_144920.jpg

 

20171114_150019.jpg

20171114_161119.jpg

As flores são lindas.

A surpresa foi grande, não estava nada, mas mesmo nada, nada à espera.

Mas o gesto... esse sim foi simpático.

Obrigada [a quem de direito]. Pelas flores, pelo gesto, por te lembrares de mim, pela surpresa, pelo carinho e muito pelo sorriso.

You know, I know.

Obrigada [ ♥ ]

* actualização da lista "Eu já..."

28
Set17

Carta ao...

Maria

Só de dizer o teu nome já fica apertadinho cá dentro.

Um dias destes perguntaram-me "isso tem mesmo muito valor para ti, não tem?".

20170928_141019.jpg

 

Mesmo antes de responder os olhos ficaram cheios de ciscos e só isso deu a resposta. Sabe-me a amuleto.

Tu sabes, eu não preciso de nada físico que te lembre. Tu estás e estarás sempre, sempre em mim. És das melhores pessoas que conheci na vida. E nunca vou ter palavras que te cheguem.

Há uma saudade de tudo. Do sorriso, do cheiro, do abraço, das "caralhadas". Do passar férias em tua casa. Daquela banquinha de madeira que me fizeste. Dos bailes a que me levavas. Do me teres ensinado a andar de lambreta. Da tua força. Saudade da tua voz.  A tua voz faz[-me] muita falta.

Às vezes dizem que temos anjos que nos protegem. Eu lembro sempre disso quando ando aos trambolhões e sinto ali aquela mão a proteger.

São dezoito anos sem ti. Dezoito caramba. Como o tempo passa. Como te sinto tão presente. Como te tenho saudade.

IMG_20170928_005034_960.jpg

 

Padrinho, tu sabes, daqui até ao infinito, Amo-te ♥ 

12
Set17

Do transbordar amor no coração ♥

Maria

Quem me conhece sabe [-me] o amor pelas crianças. Sempre disse, talvez muito para mim que gostava de ter um/a afilhado/a. 

Este foi um fim de semana de coração cheio. Preenchida. Grata. Orgulhosa. Babada.

Imensamente feliz!

No domingo 10/09 foi o dia de baptizar uma afilhada depois de no sábado 9/09 nascer[-me] outra!

 

IMG_20170912_062653.jpg

 

Agradeço aos pais, meus amigos, por me terem escolhido para ser quem sou na vossa vida, na vida deles, e vocês na minha.

Há sim, AMIZADES que valem muito.

Não sei se é sorte, mas tenho grandes amizades que compensam todas as outras que não passaram de rascunhos mal interpretados.

Tenho orgulho de ter comigo bons amigos, destes que me escolhem para ser tão importante para a vida dos filhos.

Destes que me deixam cheia de ciscos nos olhos e de muito amor no coração.

Destes que me querem na vida deles como eu os quero na minha.

Destes que me fazem ficar orgulhosa da pessoa que me tornei e tenho sido.

Amo-vos muito, afilhadas do coração  ♥

08
Set17

Dos ciscos nos olhos.

Maria

30. Grata.jpg

 

Estou ansiosa.

Hoje acordei toda eu sensível. Quem leu o post de anteontem no facebook talvez perceba [-me].

Há alturas na vida, em que podemos pôr em causa muita coisa, inclusive quem somos, quem nos tornamos, o nosso caminho, as opções. Alturas há em que as coisas nem fazem assim tanto sentido. Mas depois vêm dias de clareza. De que consegues acima de tudo perceber que aquilo em que te tornaste é [-te] feliz.

Não há nada que me deixe mais rica na vida que sentir o amor dos meus, sejam família ou bons amigos. Na vida nada do que é obrigatório te satisfaz tanto como tudo aquilo que te vem com vontade, amor, amizade, carinho e fruto da pessoa que és.

Estou feliz por todos os caminhos que tenho escolhido, mesmo que por vezes tenha sido mesmo difícil, mesmo que por vezes vá pelo caminho mais longo, mesmo que os muros às vezes tenham deixado feridas, mesmo com as lágrimas e as dores que me chegaram... foram todos esses momentos que ao chegar ao hoje me ajudaram a ser quem sou. Àqueles que trago comigo, obrigada. Tenho sido feliz.

Sobre mim

foto do autor

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Espreitem Como eu Blog

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D