Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

13
Fev19

Dicas para namorados distraídos?

Maria

valentines day

 

Está quase aí o dia mais aguardado dos apaixonados. Dizem. Aquele dia de boxers aos corações, jantares em restaurantes lotados e a acabar onde já se sabe. 

Digo namorados distraídos porque a esta altura já devem ter tratado das coisas, mas caso tenham deixado para a última aqui ficam. Mas também são dicas para mulheres distraídas porque as opções para ambos são óptimas 😍

Deixo algumas dicas para oferecer às amadas, que nós mulheres gostamos de uns miminhos claro e vá os peluxes já não são aquela base, e tem também dicas de presentes para os dois.

Podemos começar pelas jóias. O anel da @Pandora e também os colares são da @Pandora e há toda uma coleção deles dedicada ao dia dos namorados com coisas fofinhas para a ocasião. Os relógios são @One e também são alusivos à data. 

Lingerie fica sempre bem, a não ser que andem à nora de tamanhos, porque vão ter que aturar uma mulher caso se enganem no tamanho. A lingerie é da @Women's Secret e aproveitem que há promoções além de peças giras e sexys. O body em renda é também ele um estrondo de se receber e usar, é da @Intimissimi e têm toda uma coleção para se deliciarem a escolher. 

Serem surpreendidas com uma caixa de rosas da @The Florist também nos arrebata o coração. As caixas são lindas e o baterem-nos à porta com uma caixa especialmente escolhida para nós cutica-nos.

Para os dois, há um sem número de dicas que poderia dar, sem ser o típico sentar numa mesa de restaurante, se possível o mais badalado lá do sítio e por consequência em estado "lotado" que retira qualquer ar amoroso à coisa. Mas podem marcar uma massagem a dois para relaxarem juntos, a @Odisseias tem enviado emails muito intuitivos nesse sentio, para mim e para a minha cara-metade, mas a minha cara metade ainda anda perdida, como sabem. 

Um cruzeiro pelo Douro é outro presente para os dois desfrutarem, da paisagem que é brutal e daquela magia de andar no barco ao sabor do vento e que podem escolher vários tipos de experiências dentro do tema.

Por último e não menos importante, um jogo para apimentar a coisa, fazer libertar a intimidade dos dois e o à vontade e serve também de preliminares. Há muitos jogos sexuais e têm que puxar um bocadinho pela imaginação. Há os de tabuleiro e há muitos outros que podem até serem inventados por vocês. Como por exemplo um "jogo strip", que pode ser um jogo de cartas em que, quem perde tira uma peça de roupa. E a coisa começa a aquecer, além de ser algo diferente e com muitas gargalhadas à mistura...

05
Dez18

Love on top

Maria

Um dia destes à noite, estava eu quase mais para lá que para cá, e numa de zapping ao passar na tvi em que dava um directo ou um diário não sei bem, apanhai uma imagem de um quarto, em que três camas estavam a ter umas rotações em movimento de edredões. Quase em simultâneo. Sendo que quem estava numa parou, aproximou-se de outra das duas que estavam em altas rotações, (altas mesmo percebem?) e perguntou: Onde está o teu tabaco?

QTF?

refostedos que eu digo, envergonham qualquer jovem de hoje em dia. Mas acho que só eu é que achei aquilo de tão baixo nível que não percebo como ainda há programas desta categoria capazes de demonstrar as personagens que se estão a formar por aí fora.

Aplausos para eles que se acham os maiores perante tais actos. Esses maiores que se assim são em frente às câmaras eu nem imagino o que são atrás, ou sem elas.

25
Jul17

"As cinquenta sombras de Grey"

Maria

 

 

Ora, nada melhor do que, estar em casa doente, de repouso, com uma "proibição" de sair de 48 horas no mínimo e arranjar o que fazer. Pois eu cá gosto de ver filmes.

Nunca consegui perceber muito bem o alarido em volta do filme. Nunca tinha visto sequer o trailer. Aliás, na maior parte das vezes gosto de ir às escuras. Os trailers tiram-nos a surpresa. Agora que vi o primeiro filme "As cinquenta sombras de Grey" também não consigo perceber, no entanto consigo perceber o porquê de quererem tanto ver o segundo. É que por exemplo a mim, seja qual for o género do filme, comédia, drama, suspense, romântico... ficar aquela ponta do véu levantada é cuticar-me e aí sou uma cusca do pior. Assim até eu, quero saber o que o Mrs Grey vai fazer com a pressa toda a sair daquela reunião com a Anastásia na cabeça.

Falta só dizer uma coisa, sim o Mrs. Grey consegue dar a volta a muita gente. E não estou a falar do sexo. Só. Estou mesmo a falar de todo aquele ar misterioso. Seguro. Confiante. Elevadores. De como as pessoas nem sempre se conhecem verdadeiramente até alguém as fazer conhecer a elas próprias. E de como muitas vezes quando entras de cabeça, sais de coração. Sexo incluído.

Por isso retiro esta da rubrica "eu nunca..." mas podem vir de lá, na mesma as chibatadas :p

_____________________________________________________________________________________________

 

 

ADENDA:

Já vi o segundo e a conclusão que tiro é que, acontece muitas vezes, aquela pessoa que controla, reformulo, que acha que controla - o que quer que seja - acaba por ser controlada.

No fundo, um Mrs Grey está realmente nos sonhos de muitas de nós... porque acha que controla a situação, domina vá, mas no fundo, acba por ser dominado... em tudo, no sexo também é claro, mas não só...

09
Fev17

Venham de lá as chibatadas (quase literalmente, dizem)! # 12

Maria

Aqui me confesso, como já aqui disse na estreia do primeiro filme, eu nunca li o livro "As cinquenta sombras de Grey" e nunca vi o primeiro filme "As cinquenta sombras de Grey".

 

Em dia de estreia do segundo filme, continuo a não saber bem do que se trata além de sexo. Continuo a não ter visto trailers (nem do primeiro), não li nada sobre o mesmo. Continuo a não saber se vale a pena inteirar-me agora do assunto ou se agora sim, estou banida, percebendo porque não sou nem nunca serei uma fashion blogger!!

17
Out16

Let’s talk about sex or men's is the same! *6*

Maria

Tive um fim-de-semana "no stop" de trabalho. Acontece de quando em vez. Desta devido a uma feira de exposição. Já aqui falei várias vezes que no trabalho raramente lido com mulheres. Só homens. Ora na feira durante estes três dias de trabalho, não foi diferente. A minha convivência foi quase exclusivamente e apenas com homens. Desde colegas de exposição, clientes, fornecedores e amigos que o trabalho já me trouxe. Trouxe um sono irremediável. Um cansaço para curar durante esta semana. Peripécias, histórias, experiência, gargalhadas e mais umas quantas ilações de conversas encontros e afins. Trabalhar há tanto tempo nesta área faz com que muitas vezes já nem usem filtros em determinadas conversas porque sabem que à partida, já ouvi coisas (e vi) que são propícias a quem lida todos os dias apenas com homens. Num destes dias, ao almoço éramos quatro. Eu e três homens. As conversas começaram por eles e sim é basicamente aquilo que uma mulher pensa quando eles se encontram. Começaram a falar de trabalho, uma cusquice ou outra (sim os homens também são uns cuscos), passaram inevitavelmente pelos carros e acabaram, claro está, em mulheres. Ouvi de tudo, porque tal como disse às vezes esquecem-se que ali estou eu e não usam filtros. Quase no fim um deles pergunta-me, "estás à espera de conhecer um homem que não seja assim? És capaz de conhecer um por cento, só um conselho, certifica-te se é homem". Aquilo, independentemente do que penso sobre esse assunto, deu para umas boas gargalhadas. Há coisas que cada vez mais menos confusão me faz, porque fazem-nas parecer tão banais, que qualquer coisa que eu vá dizer sobre o mesmo não terá importância e depois ainda me perguntam, estás sozinha? Porquê?

Há 0.05% de vontade de acreditar que poderei um dia encontrar alguém em quem confiar. Mas enquanto me infiltrar nas conversas que me infiltro(am), sem filtros, não será com certeza fácil de confiar.

Dei por mim, enquanto comia uma coisa ou outra a pensar "isto até parece que lhes está no sangue". E provavelmente está.

25
Mai16

Love On Top!

Maria

No início cusquei aquilo como qualquer outro reality show. Não percebi patavina da coisa e fui à vidinha, num zapping voltei a dar caras com aquilo numa altura em que deu para entender tudo. O "badboy" e o "misterioso" fazem as delicias de todas as mulheres. O "badboy" come-as a todas e elas não se sentem enganadas, ele é o playboy logo deve ser o melhor. Há que atacar, ou deixar ser atacada. Ele tem sempre razão em relação a tudo o que outra mulher possa vir "aconselhar" sobre ele. Até porque mulher fala mal de mulher. Todas. Uma ou outra vez. Não se gramam, quase se matam, mas há sempre uma altura em que trocam duas/três palavras; "amiga", "gosto de ti", "cabra".

Todos foram à procura do amor, nada de sexo. Sexo só com sentimento, nem que seja daquele que mal acaba a coisa, sacode pro lado e vai contar a toda a casa o que fez. E reparem cá fora todos são quase de primeira viagem e não querem passar imagem daquilo que não são!! "Salva-se" a que entrou logo a dizer que era stripper e que não é nada pudica, mas que passado uns dias apaixona-se...não pelo "badboy" mas pelo "misterioso".

Aquilo chama-se "Love on top" e o casal que se apaixonou a sério (dizem) foi expulso.

Refostedo é o que é.

É basicamente isto.

18
Mar16

Intimidade...

Maria

"Muitas pessoas confundem sexo com intimidade.

Há casais que vivem 'juntos' durante décadas, 'dividem' a mesma cama, fazem sexo diariamente e não são íntimos.

No entanto, há pessoas que se encontram por alguns minutos, trocam um olhar e, sem mesmo se 'despirem' ou 'tocarem' criam uma relação de intimidade.

Viver junto, não é morar na mesma casa.

Dividir não é partir a meio.

Despir-se não é tirar a roupa.

Tocar-se não é encostar um corpo no outro.

Quando somos íntimos, mesmo com roupas, estamos despidos, mesmo à distância, estamos unidos."

(Eva)

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D