Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

24
Set21

Do Outono que não há em mim!

Maria

Eu sempre disse que sou muito mais verão! Logo, continuo a não gostar nada da ideia de acabar o verão. 

E de uma visão geral as pessoas são mais bonitas de verão. São mais sorridentes, mais bem dispostas, mais luminosas. Mais leves cheias de boa onda. A música é mais animada. Os lugares mais bonitos. Isso ou sou eu que me sinto muito mais assim e revejo nos outros...

Não gosto de ter que me despedir do verão e dito assim, deve ser defeito de despedidas que são coisas que me custam a aprender.

Não gosto da descida das temperaturas. Os dias mais pequenos, mais castanhos e frios. Não gosto do acordar de manhã sem saber o que vestir porque o tempo anda maluco, ora faz sol, ora frio. De manhã e noite está mesmo fresco e durante o dia um calor bom e aquilo não dá para alinhar o sistema cá dentro e muito menos a vestimenta. Ora saio de sapatos e apanho um calor que me coze os pés, ora saio de sandálias e congela-me tudo e mais alguma coisa. Sair de perna ao léu é aquele risco, mas por amor da santa nem pensar em usar já meia-calça!

Não gosto de ter que mudar novamente o armário para as roupas pesadas (basicamente não gosto de ter que arrumar o armário, quando mais tiro parece que mais cheio fica e na indecisão não me apetece tirar nada). E aquilo com os brancos e os coloridos fica tão mais giro que com os tons escuros bálhamaDeus.

Não quero nem ouvir falar na mudança de horário porque detesto o horário de inverno! Sim eu sei que estamos a falar do outono, mas na verdade daqui a um mês começa o horário de inverno com um anoitecer às seis da tarde isto se não chover porque senão temos daquelas tardes que às três já estamos no lusco fusco. Oh não sou mesmo nada disso. Fico deprè, chatinha e morrinhenta.

Gosto tão mais de andar de chinelo no pé, de roupa leve, ombros à mostra, de não ter que secar o cabelo - nunca uso secador de verão! De sair de casa com óculos de sol. De não precisar de casacos. Da pele menos cor de lula deslavada. De rosa choque nas unhas. De finos e tremoços. De não precisar de guarda-chuva. De ficar ali sentada na varanda a ver o lusco-fusco. De parecer que saimos do trabalho e ainda temos um dia para gozar. 

Não fico deliciada com as primeiras chuvas e mais uma vez aviso, se me lerem "já estava farta do verão" cortem-me os pulsos porque certezinha algo não vai nada bem. Nada mesmo.

Nunca fui "castanhos" por mais que a moda nos empurre para lá. Nem cinzentos. Não gosto dos pés gelados. Voltar aos jeans e aos casacos é inevitável (olá ao look do dia de hoje). E eu sou tão feliz de calções, havaianas e ombros ao léu. Oh se sou!

Sorrisoincognito

Sorrisoincognito

Eu sou tão, mas tão mais verão! 

E este verão foi bom. Muito bom. E venha lá o que tiver que ser, mas continuo a ser muito mais verão e a não encontrar outono em mim 

E vocês, são mais verão, ou mais outono?

23
Set20

Do Outono que não há em mim!

Maria

Eu sempre disse que sou muito mais verão! Logo, continuo a não gostar nada da ideia de acabar o verão. 

Não gosto de ter que me despedir do verão. Não gosto da descida das temperaturas. Os dias mais castanhos e frios. Não gosto do acordar de manhã sem saber o que vestir porque o tempo anda maluco, ora faz sol, ora frio. De manhã e noite está mesmo fresco e durante o dia um calor bom e aquilo não dá para alinhar o sistema cá dentro e muito menos a vestimenta. Não gosto dos dias pequenos e como já se notam! Não gosto de ter que mudar novamente o armário para as roupas pesadas (basicamente não gosto de ter que arrumar o armário, quando mais tiro parece que mais cheio fica e na indecisão não me apetece tirar nada). E aquilo com os brancos e os coloridos fica tão mais giro. Não gosto de ter que voltar às meias, aos sapatos e botas e botins. Só de pensar em enclausurar os pezitos por mais uns meses já me custa. Pensar em enfiar já os meus pés em meias é sufocar um pouco mais a minha tiróide. Não quero nem ouvir falar na mudança de horário porque detesto o horário de inverno! Sim eu sei que estamos a falar do outono, mas na verdade daqui a um mês começa o horário de inverno com um anoitecer às seis da tarde isto se não chover porque senão temos daquelas tardes que às três já estamos no lusco fusco. Oh não sou mesmo nada disso.

Gosto tão mais de andar de chinelo no pé, de roupa leve, de não ter que secar o cabelo. De sair de casa com óculos de sol. De não precisar de casacos. Da pele menos cor de lula deslavada. De rosa choque nas unhas. De finos e tremoços (ainda que em casa devido à pandemia). 

Não. Não fico histérica com as primeiras chuvas e se me lerem "já estava farta do verão" cortem-me os pulsos porque certezinha algo não vai nada bem. Nada mesmo.

Aquele cheiro a terra molhada até gosto, mas dispensava na boa a puder fazer com que o verão se prolongasse.

Nunca fui "castanhos" por mais que a moda nos empurre para lá. Nem cinzentos. Não gosto dos pés gelados. Voltar aos jeans e aos casacos é inevitável. E eu sou tão feliz de calções, havaianas e ombros ao léu.

IMG_20200923_124950.jpg

IMG_20200922_213653.jpg

 

Eu sou tão, mas tão mais verão! 

E este verão foi muito bom. E venha lá o que tiver que ser, mas continuo a ser muito mais verão e a não encontrar outono em mim

E vocês, são mais verão, ou mais outono?

09
Set20

Carta de amor #5

Maria

Desde que fui madrinha, o meu coração nunca mais foi o mesmo. Nem a minha vida. E nem vejo a minha vida já sem ti, isto porque estou contigo quase todos os dias e quando não estou quase sempre falo contigo ao telefone.

E isto é ajudar-te a crescer e acompanhar-te sempre que posso. Ser madrinha é isto, certo?

20200909_173422_0000.png

 

Sentir que também gostas de mim, que gostas de passar tempo comigo, que gostas muito de vir lá para casa, que queres ir à praia comigo, ou mesmo quando me perguntas "vens minha casa hoje?".

Continuo a dar-te colo sempre que pedes. A dar-te a mão para te ajudar a caminhar. A brincar sempre que posso e a ser a tua palhaça de serviço. Tão bom!

Não somos do mesmo sangue, mas isto é família.

Desejo que cresças feliz. Com esse sorriso bom que tens e que não percas esse sentido de nos fazer rir pela marota que és.

Posso não te dar o mundo, mas nunca te faltará amor. Obrigada por seres minha afilhada e por dares cor a esta minha caminhada!

Grata.

Parabéns minha pequena.

Amo-te muito ♥

24
Set19

Faceweek*

Maria

Há mais de um mês que não há faceweek e já precisam disso porque sei que muitos gostam de ver as minhas fotografias mal amanhadas de looks tão simples quanto banais e coisas que tais (ahah). Mas continua a ser assim por aqui... e ali no instagram. Tudo muito terra à terra.

E com as fotografias do desafio que fiz em Agosto também optei por não partilhar tanto esta rubrica.

IMG_20190917_115616.jpg

IMG_20190917_115750.jpg

IMG_20190923_132220.jpg

 

Ficam agora com alguns looks usados desde então. Já com uma cor diferente como o pós férias, mas que, neste momento já voltava a umas férias para o tom não ir embora e voltar aquela cor lula deslavada (que está quase). Mas adiante.

Partilho com vocês que, não há peças de roupa novas apenas o que estrei foram as sapatilhas das adidas que foram a mais recente aquisição. E em alguns looks podem ver peças que este ano tinham deixado de servir. Tal como comentei aqui, em Junho, quando fiz a mudança do guarda-roupa de verão, constatei que a maior parte de roupa de verão do ano passado, por exemplo, não servia. E foi aí que me senti mal (pelo facto de gostar da roupa que tinha e não ia conseguir usá-la). E resolvi ter o foco e ir na mudança porque prometi que tinha que vestir essa roupa.

Cumpri. Dos looks acima, o vestido preto, os calções brancos, um dos calções pretos, as calças brancas, o body preto, a blusa florida, as calças cinza e pasmem-se as calças de ganga (essas não vestia há dois anos, usei-as a ultima vez que fui à Madeira) voltaram a servir. E bem. Sem ser a rebentar pelas costuras ou mesmo a não poder respirar.

Espero que tenham gostado dos looks.

Quanto às caminhadas, nunca mais fiz. Agosto foi para esquecer e o início de Setembro também. Fui ontem fazer uma, mas nesse ponto falhei à séria. Não faltei a nenhuma aula/treino mas precisava de ter mais, que uma por semana não faz milagres.

IMG_20190920_214247_035.jpg

O pormenor da ultima manicure feita! Verniz que adoro usar no verão!

Podem sempre acompanhar todas as novidades: 

23
Set19

Do Outono que não há em mim!

Maria

Não. Continuo a não gostar nada da ideia de acabar o verão. Eu sempre disse que sou muito mais verão!

Não gosto de ter que me despedir do verão. Não gosto da descida das temperaturas. Os dias mais castanhos e frios. Não gosto do acordar de manhã sem saber o que vestir porque o tempo anda maluco, ora faz sol, ora frio. De manhã e noite está mesmo fresco e durante o dia um calor bom e aquilo não dá para alinhar o sistema cá dentro e muito menos a vestimenta. Não gosto dos dias pequenos e como já se notam! Não gosto de ter que mudar novamente o armário para as roupas pesadas (basicamente não gosto de ter que arrumar o armário, quando mais tiro parece que mais cheio fica e na indecisão não me apetece tirar nada). E aquilo com os brancos e os coloridos fica tão mais giro. Não gosto de ter que voltar às meias, aos sapatos e botas e botins. Só de pensar em enclausurar os pezitos por mais uns meses já me custa. Pensar em enfiar já os meus pés em meias é sufocar um pouco mais a minha tiróide. Não quero nem ouvir falar na mudança de horário porque detesto o horário de inverno! Sim eu sei que estamos a falar do outono, mas na verdade daqui a um mês começa o horário de inverno com um anoitecer às seis da tarde isto se não chover porque senão temos daquelas tardes que às três já estamos no lusco fusco. Oh não sou mesmo nada disso.

Não. Não fico histérica com as primeiras chuvas e se me lerem "já estava farta do verão" cortem-me os pulsos porque certezinha algo não vai nada bem. Nada mesmo.

Aquele cheiro a terra molhada até gosto, mas dispensava na boa a puder fazer com que o verão se prolongasse.

Nunca fui "castanhos" por mais que a moda nos empurre para lá. Nem cinzentos. Não gosto dos pés gelados. Voltar aos jeans e aos casacos é inevitável. E eu sou tão feliz de calções, havaianas e ombros ao léu.

Eu sou tão, mas tão mais verão! 

IMG_20190923_132945.jpg

IMG_20190923_133900.jpg

 

E este verão foi muito bom. E venha lá o que tiver que ser, mas continuo a ser muito mais verão e a não encontrar outono em mim ☆

09
Set19

Carta de amor #3

Maria

Hoje é o teu dia. Dois aninhos.

O meu coração desde que fui madrinha, nunca mais foi o mesmo.

E tu, sem dúvida que dás muito mais cor aos meus dias.  Sou muito mais feliz por fazeres parte da minha vida e babo-me a cada dia que passa por saber em ti que também gostas de mim.

Ouvir-te chamar "Maiinha" cutica-me. Gostares de passar tempo comigo. Quereres o meu colo. Dares-me miminhos, beijos e um xi. É tão bom.

Ver-te crescer. Acompanhar cada passo e crescer contigo.

Ver-te sorrir. Ser marota, brincar muito e querer estar em minha casa. Brincares com o Nenuco que foi meu. E gostar de estar com os meus pais. Não sendo família, mas fazendo parte.

Tudo é tão diferente contigo cá. E já nem imagino de outra maneira.

Grata.

Parabéns minha pequena.

Amo-te muito ♥

24
Set18

Do Outono que não há em mim.

Maria

Não. Continuo a não gostar nada da ideia de acabar o verão. Eu sempre disse que sou muito mais verão!

Não gosto da descida das temperaturas. Os dias mais castanhos e frios. Não gosto do acordar de manhã sem saber o que vestir porque o tempo anda maluco, ora faz sol, ora frio.De manhã e noite está mesmo fresco e durante o dia um calor bom e aquilo não dá para alinhar o sistema cá dentro e muito menos a vestimenta. Não gosto dos dias pequenos e como já se notam! Não gosto de ter que mudar novamente o armário para as roupas pesadas (basicamente não gosto de ter que arrumar o armário, quando mais tiro parece que mais cheio fica e na indecisão não me apetece tirar nada). E aquilo com os brancos e os coloridos fica tão mais giro. Não gosto de ter que voltar às meias, aos sapatos e botas. Ai nem quero pensar, principalmente hoje que estou de calção branco, ombros ao léu e sandália. Pensar em enfiar já os meus pés em meias é sufocar um pouco mais a minha tiróide. Não quero nem ouvir falar na mudança de horário porque detesto o horário de inverno! Sim eu sei que estamos a falar do outono, mas na verdade daqui a um mês começa o horário de inverno com um anoitecer às seis da tarde isto se não chover porque senão temos daquelas tardes que às três já estamos no lusco fusco.

Não. Não fico histérica com as primeiras chuvas e se me lerem "já estava farta do verão" cortem-me os pulsos porque certezinha algo não vai nada bem. Nada mesmo.

Aquele cheiro a terra molhada até gosto, mas dispensava na boa a puder fazer com que o verão se prolongasse.

Nunca fui "castanhos" por mais que a moda nos empurre para lá. Nem cinzentos. Não gosto dos pés gelados. Voltar aos jeans e aos casacos é inevitável. E eu sou tão feliz de calções e havaianas.

Eu sou tão, mas tão mais verão! 

IMG_20180924_190841.jpg

 

IMG_20180924_192016.jpg

 

E este verão foi muito bom. E venha lá o que tiver que ser, mas continuo a ser muito mais verão e a não encontrar outono em mim ☆

10
Set18

Carta de amor #2

Maria

20180910_162237.jpg

 

Fizeste ontem um ano princesa linda da madrinha!.

O que mais amo em ti é esse teu sorriso, não gostasse tanto eu de sorrisos.

Essa tua facilidade em rir. Esse teu à vontade. Sorriso fácil e esses olhinhos que fazes à madrinha e que me deixam babada. Essas marotices. Essas asneiras tão tuas com gargalhada marota. Essas bochechas que só apetece dar mimos.

Eu sou uma sortuda.  Vens de amizades boas. Daquelas poucas e raras mas que nos acrescentam. Muito. E eu sou feliz em poder ser-te quem sou. Em poder gostar de ti. Cuidar de ti. Fazer parte deste nosso crescimento juntas. Desta família em que nos tornamos neste sangue que não é o mesmo mas que se cruza no coração.

Grata.

Parabéns minha pequena.

Amo-te muito ♥

 

PS.: A carta começou a ser escrita ontem depois da tua festa, mas acho que fiquei tão cansada quanto tu, que aterrei.

25
Set17

Do Outono que não há em mim.

Maria

Não. Não gosto nada da ideia de acabar o verão. Não gosto dos dias mais frios. Do acordar de manhã sem saber o que vestir porque o tempo anda maluco, ora faz sol, ora frio. Não gosto dos dias pequenos. Não gosto de ter que mudar novamente o armário para as roupas pesadas (basicamente não gosto de ter que arrumar o armário, quando mais tiro parece que mais cheio fica e na indecisão não me apetece tirar nada). Não gosto de ter que voltar às meias, aos sapatos e botas. Não gosto. Não gosto ter noites em que já não dá para estar na esplanada na conversa. Não quero nem ouvir falar na mudança de horário porque detesto o horário de inverno!

Não. Não fico histérica com as primeiras chuvas e se me lerem "já estava farta do verão" cortem-me os pulsos porque certezinha algo não vai nada bem. Nada mesmo.

Aquele cheiro a terra molhada até gosto, mas dispensava na boa a puder fazer com que o verão se prolongasse.

Nunca fui "castanhos" por mais que a moda nos empurre para lá. Não gosto dos pés gelados. Voltar aos jeans é inevitável. E eu sou tão feliz de calções e havaianas.

Eu sou tão, mas tão mais verão! 

 

Verão

IMG_20170925_140632.jpg

 

E este verão foi maravilhoso.

Venha lá o que tiver que ser, mas que sou muito mais verão. Sou!

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub