Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

01
Jul14

IMTT a falhar desde... sempre!

Maria

Eu já estou pelos cabelos do IMTT, o facto de esperar 10 meses e 10 dias pela minha carta de condução foi de bradar aos céus tanta incompetência. E agora vêm dizer que é falta de pessoal e deve-se às greves da casa da moeda e patati patatá. Treta meus senhores, tudo treta. No meu caso foi o tal tempo de espera em que me obrigou a faltas de trabalho para deslocações para carimbar a guia com que tinha que andar para conduzir, mas agora tenho outro caso lá em casa. O meu pai teve que validar a carta de condução, já lá iam seis meses sem a mesma até que ontem a nova carta deu ares da sua graça. O meu espanto, «olha a tua sorte, só ficaste seis meses sem ela, menos mal», mas demorei muito pouco a perceber que tanta rapidez (rapidez!!!) vinha com rabo preso, não é que mandaram a carta nova e lembraram-se de mudarem-lhe a morada? Sim meus senhores alteraram-lhe a morada sem ele solicitar. Fui logo ver a guia dele para ver se a merda já tinha sido feita antes e não, na guia tudo estava correcto, foi mesmo no IMTT que fez o erro e o seilábemporquê de se terem lembrado de lhe mudar a morada. Conclusão, a carta veio passados seis meses e mal.

Eles batem na tecla que tudo se deve à falta de pessoal, eu bato na tecla que é incompetência. Pura.

24
Jun14

Habemus Carta de Condução!

Maria

Passados dez meses e dez dias chegou a minha carta de condução. Termina hoje aqui a minha longa espera pela carta de condução que tinha ido para fazer apenas a alteração de morada. O IMTT demorou cerca de dez meses para proceder à alteração de morada numa carta de condução. QUE VERGONHA! E depois de emails trocados com o mesmo, do qual me disseram que desde o dia 1 de Abril a carta estava pronta para expedição, hoje dia 24 de Junho a carta chega-me às mãos. Que miséria de serviço este. Que vergonha. Que incompetência. Que desilusão esta de morar num país que presta serviços destes às pessoas. Além destes 10 meses e 10 dias de espera, tive que me dirigir à loja do cidadão mais duas vezes para carimbarem a guia com que até então tinha que me fazer acompanhar, perder umas horas de trabalho que ninguém me paga e fazer cerca de 60 klms de cada vez. E estava impedida de conduzir fora do país porque a guia não o permitia. Que país é este com tantos impostos, com tantas punições para quem não cumpre o que eles querem e que nos brindam com serviços de merda destes?

05
Mai14

Ainda aquela vergonha do IMTT - Aviso

Maria

Ainda sobre o post que escrevi um dia destes sobre o IMTT e a vergonha da lentidão dos seus serviços, tenho a dizer-vos que me dirigi ao balcão da loja do cidadão à qual tinha feito o processo da alteração da morada e que me faz andar sem carta de condução há quase 9 meses e avisaram que as cartas que foram alteradas em Agosto de 2013, como o meu caso, já começaram a serem entregues. Fica o aviso porque reparei que ainda há muitos que estão a levar por tabela devido a essa incompetência de serviços que nos prestam, para quem fez depois de Agosto, boa sorte no tempo de espera! Em todo o caso, estou a vender o peixe que me venderam.

22
Abr14

IMTT, uma vergonha.

Maria

Por razões parvas tive que fazer a alteração da morada na minha carta de condução. Mais precisamente acrescentar o número da porta. Tarefa difícil. Parece-me, pois devido a esta alteração à qual fui obrigada se não quisesse ser autuada por o número da porta não constar na carta de condução, estou há oito meses sem a mesma. Uma vergonha inaceitável. Um serviço ser tão demoroso. Uma vergonha o trabalho do IMTT ao qual não arranjo qualquer tipo de desculpa para a alteração de um documento ter um tempo de espera destes. Além desta pouca vergonha de serviço, ainda temos que nos dirigir ao IMTT ou ao balcão de cidadão para carimbar a guia que nos dão por um período de 120dias. Ora no meu caso, tenho que fazer cerca de 35 klms para a loja de cidadão mais perto, esperar com muita sorte uma hora e levar um carimbo numa guia que segundo o ultimo agente de autoridade com quem falei numa operação stop ainda me disse “sabe, você não pode conduzir fora do país com essa guia” ao qual prontamente respondi, é a pobreza dos serviços que temos em Portugal.

Uma desilusão. Uma trabalheira para nós por incompetência de outros. Não se admite. Não há desculpas. Oito meses para fazer a alteração da merda de um número de porta aquando a junta de freguesia resolve mudar a toponímia da mesma. Que incompetência. Que vergonha ter serviços destes. Que vergonha esta, num país como este pagar-se 60 euros se não mudares o número da porta na tua carta de condução mas no entanto um serviço demora, no meu caso e para já, oito meses a imitir um documento e consequências zero.

15
Out13

A nova lei da treta sobre a circulação de bens.

Maria


E a palhaçada começa hoje. Eu sei que muitos são os que esta lei passa ao lado, muitos são os que gostariam que passasse mas não passa. Isto desde o início da fase de “teste” que é uma grande treta usar. A comunicação electrónica dos documentos de transporte é obrigatória  desde o dia 1 de Julho, mas o Governo deu um período de adaptação a este novo regime até hoje, 15 de Outubro, data a partir da qual as autoridades  podem aplicar coimas e apreender mercadoria aos incumpridores.  E é aqui que já se sabe que a partir de hoje eles vão andar aí like dogs em busca da multa. Sim sim, as coisas são mesmo assim, porque todos sabemos que quando é para fazer dinheiro vai tudo à frente, e partindo pelos senhores do governo o que eles querem é dinheiro a entrar nos bolsos, perdão, nos cofres do estado, logo importa lá bem se as leis que criam servem para alguma coisa ou não. Isto é, toda a mercadoria que saia aqui do estaminé tem que ser comunicada antes às finanças para isso as empresas, que já não têm encargos e impostos fiscais que cheguem, tiveram que se actualizar com programas informáticos para a tal comunicação, mas essa falha muitas vezes, porque imaginem num país terem um portal para todo aquele que transporta uma mercadoria aceder, é claro que dá barraca, erros e muitos nervos em franja. E lacunas na lei muitas. Mas isso não importa. Importa é que é lei e havendo ou não condições para, tem que se cumprir.

09
Jul13

Eu não disse que a nova lei sobre a circulação de bens era uma grande Treta?

Maria


Aqueles senhores que fazem leis, como já aqui tinha dito, fazê-las é fácil porque depois ficam sentadinhos na sua poltrona com o AC ligado e tudo pra lá daquelas quatro paredes é conversa. E uma pessoa que tenta trabalhar com essas leis da treta, sente-se pequenina e frustrada com tamanha incompetência. Façam leis pelas quais valem a pena e conseguem ter serviços a suportar essas leis senhores engravatadinhos do nosso governo. Agora para nos atrapalharem mais não é preciso, obrigadinha.

21
Nov12

Em dia Mundial da Televisão o irónico é,

Maria

Saber que para todos os efeitos vivemos num país de terceiro Mundo. Vivemos pois. Um país em que, nos dias de hoje tem zonas habitáveis que não apanham o sinal de televisão ou se apanham é porque as pessoas tiveram que gastar pipas de massa e mesmo assim continuam mal servidos chama-se o quê?

Eu mesma lá em casa deixei de ter Tv no quarto e depois de quase vintes anos a ter a coisa custou um bocado, cheguei a pensar fazer meninos que era como antigamente faziam, não tinham televisão faziam meninos, mas também fica caro, logo fiquei só mesmo pela ideia. E não está fácil. Sinto-me triste, triste por viver num país que incentivou ao aumento de natalidade desta forma e mesmo assim a coisa parece que piorou drasticamente. As pessoas estão tristes porque os “cães grandes” lembraram-se de tirar a única companhia que certas pessoas tinham, que era ver televisão. A sério, agora que escrevo sobre isto ainda acho mais triste aquelas pessoas que vivem principalmente em aldeias isoladas e que as notícias estavam atrás de um visor que de uma ou outra forma dava cor aos dias delas. E depois inventaram um tal de TDT que serviu para gamar (sim gamar descaradamente) dinheiro aos portugueses por um serviço de péssima qualidade. Gosto muito quando vou à padaria da terrinha e a tv está sempre em modo “encravado”, não é de quando em vez, é sempre. E isto é por todo o lado. E lá na terrinha toda a gente se queixa que os aparelhos não valem um corno, e que “dão chuva” e que encravam e que se desligam e que não apanham bem, e que tiveram que comprar antenas novas e blá blá blá que não se aguenta. E isto deixa-me triste. E envergonhada mais um bocadinho pelas medidas e leis que um país como o meu se lembra, que não lembra a ninguém. Isto é típico de quem vive de aparências, crise é crise mas vamos gastar o dinheiro em merdas que não prestam e não servem para nada.

Tenho dito, posto isto, é tudo por agora.

21
Abr11

O exemplo de país que nós temos!

Maria

Ah e coisa e tal que não há dinheiro, que estamos endividados até às pontas dos cabelos. Ah e coisa e tal que é melhor pedir ajuda senão não vamos lá das pernas e puff tolerância para os funcionários públicos. Toma, fica em casa de papo para o ar, que nós já pedimos ajuda exterior! VERGONHA meus amigos, vergonha é o que eu sinto de certas atitudes, opções e decisões que se tomam neste país!

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D