Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

23
Jun21

A vida é um lugar estranho e bom. Mesmo com dias de merda.

Maria

A Douro

 

É impossível não partilhar isto. Não escrever sobre isto. Não dizer duas ou três coisas que preciso.

Ainda que, não saiba o que dizer. Como o dizer. Ou se quero sentir o que vou sentir ao escrever. Mas partilhar em palavras aquilo que sinto sempre foi a minha melhor versão.

Perdi há duas semanas, uma das melhores pessoas da minha vida.

Do meu crescimento. Do meu sangue. Daquelas que partilhavam o mesmo lema de sorrir, todos os dias "no matter what". Daqueles que me ensinou que a criança dentro de nós é preciso mantê-la para bem da nossa [in]sanidade. Daqueles que me faziam sorrir quase todos os dias, ainda que há distância com as parvoíces que me enviava e que era constante no seu estado de boa disposição. Sempre pronto a ajudar. Sentido de família. Cheio de vida e onde estivesse não deixava ninguém indiferente. Com uma facilidade em fazer amigos em qualquer lado. Sempre na tanga a dar-nos aquela dificuldade em perceber se era "agora" que estava a falar a sério. A ver o copo sempre a transbordar.

[ Dá saudade. Dos encontros que já tínhamos meio definidos para juntar os estarolas. Dá saudade a cada fotografia. Dá saudade a cada canto da vossa casa. Dá saudade ao olhar para os miúdos. Para os teus pais. Dá aquele aperto, daquela mistura de saudade e de ainda estarMOS a tentar acreditar que aconteceu.

Há uma semana vi-te a ultima vez na despedida e por entre as lágrimas só me apeteceu dizer-te "vá deixa-te de tangas levanta-te daí". Porque tu eras assim. Os encontros de família não vão ser mais os mesmos. De todo.

Porque há dias de merda. e o dia em que partiste foi definitivamente um dia de merda. Sem tentar perceber o que pode explicar o inexplicável é tentar aceitar. 

Cada um sente a perda de alguém de diferentes formas. Nem todos nos tocam da mesma maneira e isso nunca se impõe. É simplesmente  sentido e verdadeiro o que cada um é na nossa vida.

O fugaz e inesperado, o que surge sem aviso prévio é ainda mais difícil. Os dias passam a dor não tem diminuído e o facto de muitas vezes não se conseguir exteriorizar coisas é ainda mais difícil. Dizemos sempre que o tempo ajuda. Mas o tempo aumenta a dor, as perguntas e o difícil que é não há nada a fazer. 

Entre o luto, os silêncios, as noites, as lágrimas, as recordações faz eco a tua gargalhada, a tua sempre grande e efusiva gargalhada. "Oh prima Oh prima" fica-me para sempre cá dentro. Muito mais nestes dias de merda que as tuas mensagens já não entram para me fazer soltar aquela gargalhada enquanto dizia "só tu!" ]

Há dias em que a Vida nos prova que é uma grande filha da puta. Que é injusta. Que leva os melhores de entre nós demasiado cedo.

 dia 9 foi um desses dias.

E eu só quero que estejas em paz ❤

 

 

Podem sempre acompanhar todas as novidades pelo Facebook. Ou pelo Instagram - @sorrisoincognito 》

05
Mar21

Pensei não aguentar uma semana. Passaram catorze anos!

Maria

Sim, hoje agradeço não pertencer aos "quadros" do desemprego há 14 anos... como costumo dizer já faço parte da mobília! E isto é uma típica relação normal. Altos e baixos. Quase desistências. E dias muito bons. Luta dia após dia. Dias com menos fé e dias que só se olha para o futuro. Juntos.

IMG_20210305_105643_748.jpg

 

Continuo a dizer que não me acreditava neste dia se mo tivessem dito lá no início. Mesmo após as primeiras semanas. Que foram bem difíceis e onde fui, literalmente deitada aos lobos. Assim mesmo sem ninguém ali com paninhos para enxaguar tanta lágrima que deitei e acalmar os nervos que aquilo me deu. Foi ali que comecei a ganhar cabelos brancos. Acreditem. Não foi nada fácil. Não é. Por muito que eu faça parte da mobília e isto seja já muito "Eu" há dias não. Mas depois tenho a melhor equipa e ambiente de trabalho.

Afirmo novamente:

Atentem numa coisa, isto é um abre olhos para aqueles que começam num trabalho novo e é difícil, às vezes as coisas depois descomplicam um pouco. Às vezes vale a pena não ir pelo caminho mais fácil - desistir. 

Continuo a lembrar-me como se fosse hoje a primeira vez que pisei esta empresa. Lembro-me tanto das primeiras peripécias. Lembro-me de cá chegar e chorar a dizer que não aguentava uma semana. Uma semana que passei quase sempre a panicar com os nervos, o stress e as peripécias. Quem diria. Aqui estou Eu!

Continuo a ter mil e duas peripécias para contar desta empresa que já me trouxe tanta coisa boa e algumas menos boas, o que é perfeitamente natural. Quem me segue há mais tempo conhece bem algumas peripécias que vos conto porque na sua maioria são mesmo de arrancar risadas.  Isto realmente, tem dias que é de loucos.

Já chorei, mas já dei tanta risada boa, tanto com os funcionários, como com o boss, com os clientes (esta foi óptima), com os fornecedores ou mesmo com outros indivíduos que me aparecem à frente. Estou mais que atrofiada é certo. Fazer o quê?!

Mas isto é família.

E eu continuo a agradecer por nos dias que correm, nestas crises que fui ultrapassando, ter trabalho. Este ano de pandemia não foi diferente e fui uma privilegiada. Continuo a agradecer as oportunidades que me vão sendo dadas. Continuo a resmungar todos os dias para sair da cama pela manhã, queixo-me pela cabeça massacrada com que chego muitas vezes ao fim do dia, bato o pé pelas vezes que ganho um cabelo branco por aturar gente que me tira do sério, dias há em que me revolto por ter tanta coisa nos meus ombros que às vezes me tira o sono, mas caramba, se ficasse em casa, se não tivesse trabalho, se fizesse parte da enorme lista de desempregados do país, aí sim o atrofio seria muito maior.

São 14 anos de trabalho na mesma empresa. Como isto passa tão rápido, tão rápido mesmo, como isto é tão importante! Mas a empresa também está de Parabéns por me ter porque sempre tento ser uma funcionária exemplar. Sei que me tratam como parte importante, como sendo da família e sei que sou mimada também, porque me respeitam e sabem o quanto dou de mim a esta empresa - e aqueles croissants ou donnuts que muitas vezes me trazem pela manhã são um exemplo. Hoje fui eu que trouxe!

Pensei não aguentar uma semana. Passaram catorze anos!

É um exemplo de superar expectativas. De não desistir. De não ir pela primeira impressão. De superação.  É realmente, um abre olhos.

Hoje é mais um dia cá. Para a semana oxalá também.

 

Podem sempre acompanhar todas as novidades pelo Facebook. Ou pelo Instagram - @sorrisoincognito 》

 ▪ Texto em destaque no SapoBlogs e na página do @SAPO

22
Fev21

Coisas que aprendi com relações falhadas

Maria

Todos temos relações falhadas. Uns mais que outros. Mas há sempre uma que falhou. De mais ou menos tempo, mas que em algum momento nos foi importante. Aprendemos com elas? Sempre! Mas nem sempre nos apercebemos logo da lição a tirar dali. Seja quem for que tenha falhado e seja quem for que a tenha dado como terminada.

[imagem retirada da internet]

 

  •  Vamos amar sempre muito aquela pessoa até todo o sempre - só que não.

na verdade quando estamos apaixonados, quando estamos numa relação e quando já amamos aquela pessoa, achamos que é para sempre. Às vezes não é, outras tantas mesmo deixando de se estar juntos o amor fica (pelo menos até alguém preencher um cantinho do que ficou).

  •  vai haver um momento, com outro alguém, que nos vai remeter a um outro momento passado no que falhou.

Pode não fazer mossa, mas vai lembrar.

  • Há um som de alerta que tem que estar pronto a tocar a qualquer momento e tu foge!

Sim. Na verdade se esse som soar foge, mas foge mesmo e nem tentes arranjar desculpas para o que quer que seja. Há coisas que não têm desculpa. E se aceitas que te agridam verbalmente, emocionalmente, psicologicamente ou fisicamente estás a cair num fosso que ficará para sempre aberto. Por muito entulho que lhe queiras pôr de forma a esquecer... não dá! Foge.

  • devemos ser minimalistas nesse sentido e deslargar tudo o que nos leva aquela relação.

Ou então arrumar numa "gaveta" em que só tenhamos acesso se realmente quisermos ter acesso e não uma que se anda a esbarrar dia sim, dia sim. Isso não vale. É jogo sujo com nós mesmos.

  • as redes sociais são um dano colateral irreversível.

Isto do irreversível é como quem diz, uma vez na internet para sempre na internet. Há pessoas que partilham tudo e mais alguma coisa que na volta há gente que muda mais vezes de fotografias com alguém que eu a mudar a roupa do armário na troca de estação. E isso não é bonito. É assim, cada qual faz o que quiser com quem quiser, é a minha opinião. Mas.. andar cá a pôr fotos e a tirar é aquela base... mais vale pensar duas vezes antes de partilhar.

  • "Vou-te excluir do meu orkut" já dizia a música e na verdade é o melhor.

vamos sempre espreitar, "ficar à espera" de novidades, vamos reagir internamente ao que vamos dar de caras e isso, isso é passado e passado é lá trás. Ninguém quer ler palavras soltas ao vento para outro alguém que antes eram para nós, certo? Mas se a amizade boa ficou, onde se consegue separar as águas... isso são outros quinhentos.

  • acreditamos que não vamos voltar a ser felizes no Amor.

na verdade pode muito bem acontecer, é a vida. Mas as probabilidades de voltar a acontecer são do tamanho do nosso optimismo e no "deixa andar" estando abertos a... por isso o luto é necessário. E vamos andar a chafurdar na lama... Mas nada de encarnar a escuridão nos dias. Longe disso porque energias negativas atraem energias negativas (xô xô).

  • nunca voltar aos sítios onde já fomos felizes - o tanas.

devemos voltar sim onde quisermos se o lugar for mesmo importante para nós. Porque podemos voltar a ser felizes ali, sozinhos ou acompanhados. Há lugares que podem fazer-nos lembrar alguém, mas.. isso é só um pormenor, que não deve ser maior que a vontade de ir algum lugar que gostamos mesmo.

  • aprendemos com os erros.

e isso quer dizer que não voltamos a errar? Não, muito pelo contrário. Mas de certeza que alguma coisa aprendemos com aquela cabeçada.

  • dois olhares sobre a mesma coisa não vão sentir o mesmo nem tampouco tirar a mesma conclusão.

é a vida, se até no futebol conseguimos olhar para o mesmo lance e interpreta-lo cada um à sua maneira, muitas vezes claro está, puxando a brasa para a sua sardinha, num relacionamento a coisa não é assim tão diferente quando são duas pessoas, com diferentes pontos de vista, diferentes emoções, valores e atitudes. O bom é encontrar alguém que te ajude a suportar essa diferença e a contorná-la. Mas é por isso que às vezes as coisas falham ali mesmo em frente a um qualquer obstáculo.

  • O problema não és tu, sou eu!

Balebas. Balelas.

 

Podem sempre acompanhar todas as novidades pelo Facebook. Ou pelo Instagram - @sorrisoincognito 》

 ▪ Texto em destaque no SapoBlogs e na página do @SAPO

05
Ago20

Testes à Covid 19 : Madeira VS Açores

Maria

MADEIRA.png

 

A Madeira foi a primeira a chegar-se à frente com a ideia de para entrar em território Madeirense tem que fazer-se um teste. Tudo bem e concordo com a medida. E eles assumem os custos. 

Os Açores foram atrás da ideia, mas anteciparam-se à coisa e na volta assim que isso começou já tinham acordo com mais de cem laboratórios espalhados por todo o país.

A Madeira abriu com um laboratório em Lisboa. Apenas dias mais tarde. Abriu Coimbra. Mais tarde um no Porto, há cerca de uma semana e pico um em Vila Real e recentemente em Barcelos.

A partir daqui, já não está tudo bem.

[Açores 1 x 0 Madeira]

Marcação de testes à Covid 19 para os Açores, consegui marcar com menos de uma semana de antecedência do vôo e no mesmo dia em que enviei um email para um laboratório no Porto, passadas poucas horas, recebi logo um email de confirmação do mesmo.

Marcação de testes à Covid 19 para a Madeira, mandei email para marcação para o Porto e passados quatro dias respondem-me a dizer que não têm hipótese. Mandei email para Vila Real a pedir marcação no sábado dia 25/07 e mais de uma semana e meia depois ainda estou à espera de resposta... (se tivesse viagem entretanto já foste!) e nem vou comentar o atendimento telefónico que recebi ao ligar na passada sexta-feira para pedir informações.

Sendo que, para passageiros com viagens marcadas às terças e quartas-feiras (como é o meu caso - olha o karma) ainda têm outro senão: os testes têm que ser feitos ao fim-de-semana e para isso não há - ainda - solução, quando já passou um mês de terem aberto as portas aos turistas e há AINDA MAIS essa anomalia.

"Não é possível realizar testes aos sábados, domingos e feriados. Os voos que saem às terças e quartas-feiras para a Madeira nem sempre poderão ser agendados neste ADC. Estamos a trabalhar para resolver esse problema." uma das respostas recebidas.

E depois ainda leio comentários de Madeirenses a dizer que se o povo tivesse consciência não ia para lá fazer o teste só no aeroporto. O que se esquecem é que há todo um processo que ultrapassa quem tem viagem marcada para ir. E que quer mesmo fazer o teste antes. E que não se importa de fazer mais de  70 quilómetros (s-e-t-e-n-t-a para cada lado) para o fazer.

O que me cutica a paciência é não trabalharem bem quando fazem propostas deste género.

E anda uma pessoa a pagar um balúrdio para uma viagem dentro do nosso país e é toda uma dor de cabeça para fazer férias cá dentro. Que já quase não apetece.

(e eu não vou propriamente por férias, mas para reencontrar família!!)

Sinceramente...

 

Podem sempre acompanhar todas as novidades pelo Facebook. Ou pelo Instagram - @sorrisoincognito 》

 ▪Texto em destaque na página do @SAPO

14
Out19

13 Reasons Why - 3ª Temporada

Maria

 

Saiu a terceira temporada da série "13Reasons Why".

E é aquele vício de quereres ver logo, mas já saiu algum tempo e eu só agora acabei de ver.

Foi uma série que tal como disse aqui, apesar de à primeira vista não ser a minha onda uma série de adolescentes, mas que foi uma série que me prendeu do início ao fim. Bastante actual. E muito surpreendente. Quando acabou apesar de querer mais porque a série foi realmente boa, não me fazia sentido ter continuação. A segunda temporada desiludiu-me um pouco em relação à primeira porque foi muito sobre o julgamento e só. Não foi nada interessante e foi chata.

Esta terceira temporada está muito boa. Voltou aquele suspense da primeira. Aquele querer ver o que vem a seguir. Aquele entusiasmo inicial. Aquele desconfiar de tudo e de todos e o estar sempre a ter informações novas de todos. Prende-nos até ao ultimo episódio e foi, para mim, melhor que a segunda temporada. Virá outra?!

A dica para quem ainda não viu continua a mesma que da primeira série, não procurem nada sobre a série, traillers e algo do género, a expectativa de não saber-se nada do que vem a seguir é que a torna tão viciante.

Quem mais já viu? Quem nunca ouviu falar?

 

Já tenho outras na lista, mas comecei hoje a ver "Breaking Bad", só me dizem como é possível nunca teres visto?

Pois agora é que é, vamos lá ver se gosto...

10
Abr19

Do chegar lá. Do estar lá.

Maria

20190410_002906.jpg

[Fotografia: Paul Ellis/AFP]

Assim a quente não tenho o sangue frio para não falar mais que aziada do jogo. Não nos quero comparar na dimensão que é a equipa. Liverpool como quem conhece sabe que é uma grande equipa de topo. Raçudos em campo. Rápidos. Físicos.  Bola sempre lançada para a grande área do adversário.  Não é fácil conseguir parar aqueles alas. E ter pernas para os acompanhar. O Militão esteve gigante hoje. Ponto. O Liverpool foi claramente mais forte é certo. Nós entramos bem, mas no contra ataque rápido foram eficazes e aquele golo foi um iceberg lançado. 

O onze não foi o habitual e as opções também não eram muitas. Telles jogou mas nitidamente fora da forma dele. Maxi esteve muito bem em muitos lances. O Marega podia ter sido mais certeiro na finalização. 

Quanto à arbitragem. Nitidamente nós somos o FCPorto e eles são o Liverpool. Isto pesa. Ponto. Não vou falar em roubalheira, vou falar em pontos discutíveis e outros que nem tanto. O possível penalti logo na primeira parte que poderia ter sido marcado faz-me confusão.  Foi mão.  Foi corte na bola. Há VAR e nas repetições viu-se bem não marcaram. Ponto. O mínimo encosto que nós fizemos foi sempre falta. O lance com o Felipe que pedem também penalti é discutível. E a meu ver não o ter marcado é correcto.

Mas depois há aquele ponto que não pode ser discutível.  O lance do Danilo com o Salah, com o árbitro de frente para o lance, a ver perfeitamente, e o Salah leva o pé com os pitons à perna do Danilo. Vejam que na imagem até os adeptos deles parecem sentir a dor.

20190410_002926.jpg

 

Este foi um lance para vermelho directo. Mas nem amarelo o arbitro deu. Que como se viu estava a cerca de dois metros do lance e de frente para o mesmo. Em casos de vermelho o VAR deve intervir, como deixam passar aquilo em branco? Numa liga dos Campeões que são sempre tão donos da verdade? Ah esperem, é o Liverpool,  vá e foi o Salah.

Inacreditável. 

Adiante. Nós não nos damos por vencidos. Até porque fomos nós que lá fomos dar o corpo às balas. Que lutamos para conseguir segurar um jogo difícil e em desvantagem por dois desde os 25 minutos. E conseguimos, com mais ou menos fôlego,  mas com garra e sempre a tentar fazer das adversidades novas opções. 

Não será um jogo fácil cá.  Mas nós vamos à luta. Mesmo!

Liverpool 2 x 0 F.C. PORTO (1ª mão dos quartos de final da Liga dos Campeões)

 

Podem sempre acompanhar todas as novidades pelo Facebook. Ou pelo Instagram - @sorrisoincognito 》

 ▪Texto em destaque na página do @SAPO

30
Jan19

Coisas que aprendi a trabalhar só com homens!

Maria

work.jpeg

 

- Os homens são mesmo uns criqueiros no que toca a estar doentes.

- a tampa da sanita (aquela saga) é um objecto no qual eles não tocam e a tocar nunca será para baixar.

- eles também ficam parados a olhar para o espelho da casa de banho.

- A caixa das bolachas tem sempre bolachas, mas nunca sabem como elas vão lá parar.

- Também são cuscos e também falam de bisbilhotices.

- As conversas deles juntos é mesmo isso que pensam, carros, futebol, mulheres, muito futebol e mulheres, vá e trabalho.

- Não são todos farinha do mesmo saco, naturalmente há os que cantam de galo e são provavelmente os que menos fazem. Os caladinhos às vezes enganam mesmo.

- Há os "pau para toda a colher". Fazem de tudo, são desenrascados, deitam a mão a tudo. Querem aprender de tudo. Fazem mais que o trabalho deles. Dão opinião. São confiantes. Põem a mão na massa. 

- Também há o que critica tudo do outro, o que opina sempre sobre o trabalho do outro. O que cusca sobre o outro e o que faz "queixinhas" - naturalmente - dos outros.

- Os homens percebem quando está sujo, mas nem sempre percebem quando está limpo.

- Há os que reparam quando cortas o cabelo, nem que seja só as pontinhas, e há os que não reparam de todo, mesmo quando mudas de morena para loira e em que percebem que alguma coisa está diferente mas não sabem bem o quê!

- Se há um rabo de saia na área que eles dêem conta percebe-se o "slow emotion" dos mesmos (e das máquinas)!

 

Podem sempre acompanhar todas as novidades pelo Facebook. Ou pelo Instagram - @sorrisoincognito 》

 ▪Texto em destaque na página do @SAPO

10
Ago18

Amigos

Maria

72. Amigos.png

 

Daqueles que há à vontade para que os silêncios não incomodem. Daqueles que nos ligam sejam nove da manhã, cinco da tarde ou três da manhã já animados e que ainda nos arrancam gargalhadas ensonadas. Daqueles que viram família de tão bons que são. Daqueles que nos convidam que insistem, persistem e nos arrancam de casa em dias menos bons. Daqueles que querem que façamos parte das experiências. Daqueles que nos deixam com ciscos nos olhos, nos apertam o coração e nos fazem pensar que há amizades que valem a pena.

Daqueles que nós fazemos parte da história deles, nas páginas mais importantes. Daqueles que nos conhecem as vitórias, os sorrisos, as conquistas mas também as derrotas, as falhas, as cicatrizes. Daqueles que uma cerveja sempre é bem-vinda. Daqueles que conhecemos a porta de entrada da casa. Daqueles que o sofá já quase tem a nossa marca ou que já há uma peça de roupa por lá esquecida. Daqueles que nos sabem a dor por detrás do sorriso. Daqueles que sabem que o copo é sempre cheio. Assim como a mesa. Daqueles que não há "um dia destes marcamos isso" mas sim um "é já". Daqueles que sabem que nem sempre os dias são azuis, mas tu serás sempre azul "no matter what" literalmente. Daqueles que fizeram parte de algum "what happens in Vegas stay in Vegas", que é o mesmo que dizer algum momento que não se relata em lado nenhum. Daqueles que estão lá. 

Daqueles que nos dizem que não devíamos ter feito isto ou aquilo mas que se fod@ estão lá do nosso lado para as consequências.

Eu sou feliz por os ter. Assim mesmo. Destes malucos que nos entendem a loucura, a parvoíce, as gargalhadas e nos permitem o sorriso. Sentir. Sentir amizade é do melhor que a vida nos pode trazer.

 

Podem sempre acompanhar todas as novidades pelo Facebook. Ou pelo Instagram - @sorrisoincognito 》

 ▪Texto em destaque na página do @Sapo

06
Abr16

Luís Franco Bastos!

Maria

Na quinta-feira passada, 31 de Março, fui ver o espectáculo do Luís Franco Bastos (sim sou uma luzinha daquelas, algures nas cadeiras de orquestra ali no canto inferior direito) ao Coliseu do Porto.

IMG_20160331_230603.jpg

Para que conste, segundo ele, aquelas letras lá trás, LFB, foram caras com' ó car@lho!

Foi sinceramente uma barrigada de riso. Até me doíam as queixadas. Ri muito. Piadas muito boas, sentido de oportunidade com o público, imitações de chorar a rir por mais. Como Bruno de Carvalho é o máximo e como professor e agora Presidente Marcelo é do melhor. Mas podemos ouvir Jorge Jesus, Pinto da Costa, Cavaco Silva, Cristiano Ronaldo - "vou fazer sumo para mim, queres sumo para ti?". Tão bom. Conta histórias do incrível e falou indiscutivelmente à Porto. Com muitos palavrões à mistura mas sem cansar e não levar ao exagero. Ficava ali na boa mais uma hora.

Uma dica: Deixem as crianças em casa porque o espectáculo poderia muito bem ter bolinha vermelha, há conversas e piadas que não interessam nada aos pequenos.

Isto depois de ter ido à minha primeira experiência de Sushi (falarei num post a seguir).

No final ainda fui beber um Gin. Eu não sou nada fã de Gin, mas já provei uns que detestei como já provei alguns que não estavam nada maus. No entanto não faz ir daqui ali por um. Até este. Foi no Gin House. Adorei o espaço, a simpatia, a música, o ambiente.

IMG_20160401_000511.jpg

Pouco tempo depois de lá estar entrou nada mais nada menos que o Luís Bastos e até teve piada, trocamos umas impressões sobre o espectáculo, uma fotografia, um autografo muito original e com piada claro está, e uma equipa que o acompanhava bem simpática.

Vejam os próximos espectáculos dele, e se puderem não percam. Há toda uma gargalhada que vai mudar o vosso dia.

IMG_20160406_103317_312.jpg

Há dias que são uma autêntica surpresa. Só mesmo o espectáculo, de resto nada estava programado a começar pelo nascimento da minha afilhada. Tudo foi acréscimo. E do bom!

____________________________________________________________________________________

Adenda:

Este post esteve em destaque na página principal do SAPO (www.sapo.pt) Obrigada!

destaque sapo.JPG

 

11
Mar15

Se há coisa que o Porto tem é garra. E Norte! ♥

Maria

fcp.jpg

[ Foto: FRANCISCO LEONG / AFP ]

 

Ontem o [meu] Porto deu-nos uma noite mágica. A mística esteve em destaque num jogo fantástico para a Liga dos Campeões.

Começamos o jogo com um empate que trouxemos da casa do adversário Basileia no jogo da primeira mão. Começamos também sem Jackson Martinez que se lesionou no ultimo jogo, sexta-feira, com o Braga. Evandro entrou novamente (e tem aproveitado a oportunidade) para o lugar de Óliver Torres.

Expectativas máximas e esperança ali no topo. Sempre. Porque nós Portistas, temos essa alma de que somos grandes, somos fortes, merecemos estar na Liga dos Campeões e damos luta em campo caralho (expressão que melhor descreve aquilo que quero dizer, aqui no Norte entendem-me).

Que jogaço. Uma goleada. Brahimi entrou a matar, num jogo de franco crescimento que tem mostrado e que converteu um livre em um golo fantástico. Outro jogador que tem vindo a aprender e a crescer é Casemiro, que nas primeiras vezes parecia uma tractor a arar todo o campo que lhe aparecia pela frente tal "bicho" que é e agora cada vez mais começa a ser mais assertivo. Primeiro teve um lance que quase dava golo com um remate fortíssimo ali rés-bés barra da baliza adversária, e mais tarde marcou um golo sensacional, daqueles que raramente se vê. Certeiro, pontapé fortíssimo. A bomba. Decisivo. Hector Herrera e Aboubakar com os outros dois golos também eles muito bons.

Houve um momento que marcou  o jogo que foi a lesão do ontem capitão do FCP, Danilo. Ainda bem cedo no jogo. Um choque "feio" com o Fabiano em que caiu inanimado no chão tendo saído directamente do campo para o hospital de ambulância. Um aperto no coração para todos os portistas. Indi entrou para substituir Danilo e não desiludiu.

Acho sempre que o Porto quando é cuticado no coração, ergue-se ainda mais. Parece que deu ali uma outra força aos jogadores. E deram um litro numa altura que era crucial.

Tivemos um Basileia, com o "cheirinho" que já nos trazia do primeiro jogo, muito duro. Muito faltoso. E o árbitro foi bastante generoso com eles. Muitos cartões por mostrar. Muitas faltas bem feias. Um Samuel expulso nos ultimos minutos que bem podia ter saído mais cedo.

Ei Maria parece que ganhaste o euromilhões, calma é só um jogo de futebol. Eu sei, mas como nunca ganhei o euromilhões não sei como reagiria. Mas quando o meu Porto me dá alegrias destas, este meu Porto que é uma paixão eu viro do avesso e parece que ganhei o mundo. E se calhar ganhamos, um pedacinho mais do mundo.

Estamos nos Quartos de Final da Liga dos Campeões.

Com os grandes. Com os melhores. Desculpem mas chegar ali não é decididamente para todos. E com este futebol que demonstramos ontem muito menos.

Muitos Parabéns meu Porto. Muito orgulho. Allez Porto allez ♥

Liga dos Campeões - Oitavos de Final - 2ª Mão = FC Porto 4 x 0 Basileia - Passagem aos quartos de final FCP 5 x 1 Basileia

____________________________________________________________________________________

Adenda:

Este post esteve em destaque na página principal do SAPO (www.sapo.pt) Obrigada!

 

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub