Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

01
Jun17

Há quanto tempo não brinca?

Maria

Se há coisa que eu gosto é de publicidades com lições dentro. Esta é mais uma. Simples. Directa. E verdadeira.

 

Há quanto tempo não brinco?

Sei lá, desde hoje de manhã, quando o meu chefe deixou cair uma parte da maquina de café, sujou tudo e eu não resisti a "já fez o seu contributo para o dia da criança"!

Sim, eu por norma sou uma pessoa que brinca sempre. Nunca me esqueci disso. Mas acho que é uma das essências da minha vida. Do meu sorriso. Da minha genuinidade.

Quem me conhece sabe isso.

Estamos perdidos num mundo que cada vez mais se fecha no mundo de cada um, no mundo da internet e dos smartphones (essencialmente). E a cada dia que passa matamos mais um pouco a criança que há dentro de nós e alimentamos mais um pouco as crianças que hoje crescem nas tecnologias.

 

Eu continuo a querer brincar todos os dias.

Se há coisa que agradeço é puder sair do escritório, e puder brincar com as "minhas" crianças. Sou a palhaça de serviço dos meus sobrinhos/as. Faço caretas piores que a deles e deito a língua de fora. Sento-me no chão para brincar na casa das bonecas. E continuo a fazer de conta que como o bolo de plástico que me preparam nas cozinhas de meio metro. Sou a primeira a calçar as sapatilhas para ir jogar à bola. E já joguei à macaca num bar para manter o sobrinho acordado! Dou a cara para fazerem maquilhagens maravilhosamente estranhas. Ajudo sempre a fazerem bolas de sabão. A mudar as roupas das bonecas. Ou a desenhar mesmo que seja péssima em fazer uma única linha. Nunca digo que não às escondidas, continuo a fingir não as ver e escondo-me sempre com o "rabo de fora" só para ouvir aquelas gargalhadas maravilhosas.

Mesmo em casa, continuo a entrar em bicos de pés e a "assustar" com um "buuu" os meus pais quando me lembro só para rirmos juntos da parva que continuo a ser.

Acreditam que há coisa melhor que isso?

Eu não.

 

Permitam-se a isso. Brinquem. Não deixam de ser quem são. Continuo a querer fazer todos os dias o meu trabalho melhor. Continuo a ter uma empresa em que todos os dias tenho que me empenhar. Continuo a ter que lidar com fornecedores, clientes e a ter reuniões chatas. Continuo a ter que fazer contas. Gerir contas. Saber o que é o Iva, pagar à segurança Social e lidar com prazos da AT. Continuo a ter que "ler" medidas de projectos. Mas não abdico de trabalhar para que a criança que existe dentro de mim não me morra.

(Sabem aquele momento em casa que as crianças dizem "anda brincar comigo" e vocês respondem que estão cansados porque se querem sentar no sofá pegar no telemóvel e ir para as redes sociais? Esqueçam isso)

Fica a dica :)

08
Nov16

Das publicidades... com lições dentro!

Maria

É claro que, confrontados com uma imagem de alguém a precisar de ajuda, ao nos questionarem a nossa atitude, com certeza vamos dizer o correto. Ajudaríamos. Ajudávamos a atravessar a passadeira, a apanhar alguma coisa que deixou cair, ajudávamos alguém perdido, alguém a carregar um saco ou a levantar-se depois de ter caído. Mas depois na prática, será que não estamos demasiado focados no nosso mundo a caminhar no mundo?

Para tirar uma lição.

Parabéns Lipton Ice Tea

 
01
Dez15

"É tempo de voltar a casa!"

Maria

Dezembro - o espírito que realmente importa.

O anúncio é de uma rede de supermercados da Alemanha - Edeka. E a mensagem que passam é brutal.

Um idoso chega a casa das compras e ouve as mensagens que tem no telefone dos filhos a dizer que não podem ir passar o Natal com ele. Prometem que o fazem no próximo ano. Mas parece que passam três anos e ele continua sempre sozinho à mesa na noite de Natal.

Depois vê-se os filhos a receberem cartas e mensagens a dizer que o pai morreu.

Regressam então a casa para o velório do pai, de luto, mas quando entram em casa encontram a mesa posta e o pai na cozinha.

“De que outra forma conseguiria que estivéssemos todos juntos?”, pergunta.

Um anúncio de supermercado mas com a verdadeira mensagem de natal. O que realmente importa. O espírito. O Amor. “É tempo de voltar a casa”!

 

 (para quem não percebe alemão, aconselho a activar as legendas em inglês)

 

Confesso, ontem quando vi o vídeo pela primeira vez emocionei-me. E cada vez que o vejo volto a emocionar-me. A mensagem é muito forte. E diz-me muito. Às vezes há mil e uma razões para estas coisas acontecerem, porque a vida assim o permite, mas depois há uma razão maior que todas que  faz não ter desculpas. E isso é tão triste. E dá-me muito medo. Isto sim. Porque sou muito deles. Dos meus. Dos que estão perto e dos que não estão. Mesmo que por mil e duas razões muitas vezes as coisas não sejam como nós queremos. Ou desculpas, sei lá. A vida é isto. E isto é uma lição, concordam?

 

________________________________________________________________________________________________

AVISO

Não se esqueçam dentro de dias o endereço do blog vai mudar para: sorrisoincognito.blogs.sapo.pt

17
Set15

TAP e o engana meninos.

Maria

Não gosto nada de publicidade enganosa. E por mais que eu diga que para viajar para a Madeira sempre usei a Tap, não quer dizer que numa próxima não vá experimentar uma low-cost. Mas eu já estou habituada a este marketing todo pomposo mas enganador da companhia, mas é só para quem não usa saiba que eles não dão cá por aquela palha e mais aqueles preços que praticam são realmente de levar as mãos à cabeça. Não é a primeira vez que lançam uma campanha de preços na volta dos 50€ para a Madeira mas na viagem de ida. E este “mas” tem um forte impacto, porque primeiro é difícil arranjarem uma viagem de ida realmente a esse preço e depois na viagem de volta eles cobram quase o dobro. Acreditem que já alguns anos ando sempre de olho atento às viagens para a Madeira e o docinho envenenado da Tap é sempre o mesmo. Daí a quando me ligam a dizer “Maria já viste a Tap está com promoção para a Madeira” lá tenho eu que dizer a mesma ladainha de sempre.

Desta vez, a campanha é de 47€ (apenas viagem ida) a partir do Porto e excluem-se viagens em época alta (Natal e passagem de ano claro!!!) então fui fazer a experiência de uma viagem para a Madeira para os meus anos (Janeiro de 2016 época baixa). Viagem neste caso com antecedência de quatro meses. E eu pagaria bem mais que o dobro desses 47€. E ainda mais que a ultima vez que lá fui em Janeiro do ano passado. Que a viagem tinha sido comprada pouco tempo antes sem promoções.

Um concelho, abram as vistinhas. Nem tudo o que parece realmente é. E a TAP, por mais que seja uma companhia aérea que mais segurança me dá e aquela que primeiramente uso quando vou para a Madeira, e que já passamos algumas juntas… é também uma engana meninos. É preciso estar atentos. E não se deixem enganar com os grandes alaridos.

19
Jun15

A voz de Pedro Teixeira.

Maria

Isto é apenas um AVISO. Se por acaso forem no carro e ouvirem o Pedro Teixeira a começar um anúncio a dizer "Olá, eu sou o Pedro Teixeira" e a dizer que tem apenas quinze segundos, mudem de estação. Tenho-vos a dizer que são 15 segundos que vos tiram toda a atenção e podem, sei lá, esquecerem-se que vão a conduzir. Aconteceu-me. E nem sei bem a que se refere, mas acho que é à Seaside.

Que porra de voz linda é aquela a "sussurrar-nos" ao ouvido?

Já não basta trocar os olhos ao vê-lo ainda me quer fazer ter acidentes!!

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D