Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

19
Ago22

Plágio [in]consciente!

Maria

Plágio

 

《 plágio 》
Há ainda um longo caminho a percorrer para consciencializar certas pessoas de direitos de autor. Sejam fotografias, palavras, textos...

É triste assistir diariamente a pessoas que partilham coisas mas retiram as menções. Se já acho triste em modo pessoal acho ainda mais triste em marcas/profissionais.

Já assisti a quem literalmente gamou textos meus e ainda agradeceu os "aplausos" às palavras partilhadas como sendo suas.

É o nosso cantinho, a nossa paixão, o nosso trabalho, que é literalmente roubado, beliscado.

Até acredito que haja quem use o copiar/colar sem maldade. Que essa pessoa não veja mal nenhum, e que em algum momento não pense de todo que está a usurpar. Mas... as pessoas são advertidas, umas assobiam para o lado outras até assumem, mas não corrigem. Não entendo.

(Quando não há referência é uma coisa. Mas não me refiro a tal, obviamente)

Quem diz copiar/roubar diz o fazer printscreen/screenshot ou o descarregar uma imagem... é intencional, mas depois vai lá e não a partilha assim, edita-a faz o recorte da mesma tirando a quem de direito e lá vai partilhar. Mas tudo muito intencionalmente.

Balelas 《 plágio 》

E é triste.

Só hoje, estou eu de férias, acordo e dou logo com duas publicações a fazerem isto, uma profissional e uma pessoal...
É constante e isto senhores, por essa internet fora é tipo ervas daninhas.

[ Vocês fazem um trabalho para dar ao chefe. Um colega copia e vai lá entregar primeiro como sendo seu - é fodido não é? é a mesma coisa. ]

Todos erramos. Eu também. Mas é importante corrigir o erro.
Estamos aqui para aprender!

15
Mar18

Assim como quem não quer a coisa...

Maria

Há coisas (muitas) que parte-se do princípio não deveria ser preciso avisar, chamar a atenção.

Isto tudo para dizer que, sendo uma pessoa blogger, tendo uma página numa qualquer rede social, sabemos que partilhar o que quer que seja, desde uma única palavra, a uma imagem, um texto, um pensamento (whatever) não deveria ser necessário que, se algum o quisesse partilhar o fizesse mencionando sempre a parte de aquilo pertencer a alguém, não como sendo seu, se apropriando para olhos de  terceiras pessoas de algo que não é seu como sendo.

Mas já vi que é lutar contra o vago. É algo que parte-se do principio não deveria ser preciso dizer, mas as pessoas não ligam a isso. E nem precisas pôr a fonte, mas aquelas - aspas - que fazem toda a diferença.

Não é a primeira vez que vejo por exemplo coisas que escrevi partilhadas por amigos ou conhecidos. E às vezes apetece ir lá dizer "fui eu que escrevi isso". Só que não.

Aqui no blog também eu volta e meia partilho uma ou outra imagem que não é minha. Mas há um aviso a dizer que possivelmente há imagens retiradas da internet ((que não consigo perceber quem é a fonte) e quem se sentir lesado me avise. Já aconteceu com uma imagem que usei mas que era de uma determinada marca e vendiam objectos com ela e que me pediram se eu podia retirar. Ora pois claro. Estavam no seu direito. 

 

Muitas vezes é intencional, é só por si só a partilha, outras vezes é o fazer crer que foi a pessoa que escreveu. E isso sim, fica assim meio que "coiso".

 

Há uma maioria que se calhar não acha que tenha qualquer importância. Mas quem escreve apercebe-se mais. E não tem que ser algo que partilham nosso. 

No entanto e porque há limites meio confusos de palavras o que na minha opinião está mal é mesmo os que usam fazendo suas palavras, literalmente as palavras de outros.

Mas pior que isso é quando as pessoas que escrevem textos de outros são elogiadas pela escrita e ainda dizem coisas do género "estou inspirada/o".

13
Set16

Plágio

Maria

Nunca vou perceber porque partilham as frases ou textos de outros sem umas aspas. Nunca vou conseguir perceber porque partilham as frases de outros sem fazer referência. Não percebo porque partilham uma frase, um poema, um texto de (por exemplo) Bob Marley entre aspas e no fim com a devida referência mas uma frase/texto meu, não.

Não percebo porque partilham as palavras de outros como sendo deles.

img1.jpg

Pronto é coiso. É isto.

25
Abr16

Desafio 52 semanas | Semana 15/52

Maria

 

Semana 15: O que há de pior no mundo virtual?

 

Plágio - Quando te dás conta de que, as palavras de alguém estão ali, "nas mãos" de outrem sem aspas, sem ligações, apoderando-se do que outros escrevem para partilhar como palavras suas. Mas quem diz palavras, diz imagens, textos, opiniões... Partilhar? Sim, mas com as devidas menções. Inspirar? Claro que sim, mas se for só para se inspirarem em coisas próprias, não passa por um pegar copiar e colar. É injusto. 

As viroses - Rais que as parta. Não são boas de aturar em lado nenhum.

O cyberbulling - Ou haters. Pessoas que estão mal com todos porque sim. E vivem disso, pior, alimentam-se disso. É triste.

O acesso fácil - Qualquer pessoa tem acesso ao mundo virtual. Uma pena, isso quer dizer que infelizmente não há detector de gente estúpida, e gente estúpida com acesso a um computador é do pior que há.

Publicidade - Demasiada. Atacam por todos os lados. Não largam. São pragas. Queres ver algo obrigam-te a ver publicidade. Cansa.

#52semanas

E para vocês, qual a maior praga do mundo virtual?

25
Mar14

O que me faz não gostar de um blog?

Maria
08
Jun10

Urticária na blogosfera

Maria

Ainda não consegui perceber estes ciúmes, invejites agudas e picardias (e também aqueles comentários de anónimos a tratar mal, sim se tratam mal são anónimos, anónimo deve ser giro) que existem entre a blogosfera! Ou mesmo os plágios (coisa mais parva), desde aqueles perfeitamente escarrapachados aos que optam mais pela (in)discrição. Isto é um mundo tão grande, não há espaço para todos?

[para isso já temos "the real life"!
aqui devia ser tudo boa onda...]

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub