Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

23
Mai17

[meu sempre] Porto ♥

Maria

Foi um ano mau. Foi (mais um) ano mau. Muito mau em muitos aspectos.

O Porto não é equipa para ficar tanto tempo sem ganhar nada.

O que é que está mal? Tudo. Muito mais interno que externo. Os adeptos estão lá. O amor pelo clube está lá. Mas não temos o mesmo feedback interno. E é isso que nos deixa de pé atrás. Tem sido anos de más decisões. Temos um presidente que durante anos passou o clube acima de tudo mas que nos últimos perdeu-se pelo caminho.

O Nuno saiu. Se não me engano nem aqui falei dele este ano. Por entre rascunhos feitos não conseguiu trazer aquilo que o clube precisava.

Não tenho muito mais a dizer sobre isso. Foi um ano que não me apaixonei pelo futebol do meu clube, foi uma no que trouxe-me menos jogadores a querer ficar do que aqueles que não me dão saudades. Foi uma ano que tiraram oportunidades a quem as devia ter e deram oportunidades àquilo que nunca foi o motivo de garra do nosso clube.

No final da época passada só pedi que nesta época amostrassem aquilo que sempre me apaixonou. A mística, a garra, a confiança, a luta, o empenho, a atitude, a alma, o dar tudo por tudo de mão ao peito de orgulho. Ser Porto. É isto. Mas não foi. Falhou. Falharam.

Há gente podre. E isso, como se sabe, só afecta o que está mais próximo.

Não deixem.

A quem é de poder, não deixem. Assim como eu não deixarei de amar de alma e coração o [meu] Porto, não o matem.

fcp3.jpg

 

Classificação época 2016/2017:

1º Benfica

2º Porto

 

17
Mai16

Época 2015/2016

Maria

Quem por aqui passa sabe que eu sou uma apaixonada por futebol. No entanto nos últimos tempos nem tenho falado sobre isso. Percebe-se, sou Portista. Com um orgulho enorme e um coração azul gigante. Tenho alma de portista, fé e esperança que aquilo mude e que se sinta lá dentro o bater de um coração à Dragão como se sente tanto cá fora em cada adepto. Foi (mais um) ano mau. Haveria tanto para dizer que sinceramente não me apetece. Há muito que me resignei a pôr o "coração ao largo" nesta época. Mas custa pra carago. Tivesse este Porto jogado à Porto jogo sim, jogo sim. As coisas teriam sido tão diferentes. Não foram. O que eu quero é que este tenha sido um ponto final parágrafo. É mais que necessário. Há tanta coisa para rever. Há tanta coisa para mudar aquando da pergunta "mas onde andas tu [meu] Porto?!".

Resumindo. Cada um com as suas coisas, com as suas vitórias, com as suas derrotas. O que é dos outros, dos outros é.

Ontem um amigo meu apareceu cá no estaminé para dar o ar da sua graça em modo vermelho.

- Tricampeão Maria. Isto deveria ser feriado. Fazerem ainda mais festa. Não tens vontade de mudar para um clube como o Benfica? O Porto já foi Porto. Agora Adeus.

(pois que vibro muito mais com as minhas vitórias, do que com as vitórias de outros devido às nossas derrotas mas...)

- Serei sempre Porto. Não querendo entrar por aí, a vossa sorte foi o Porto não dar luta. Só assim ganharam. Antes do teu clube ser tri, o meu também o foi e penta já agora.

E é isto. Cada um com a sua paixão. Falamos de futebol. A bola é redonda e as possibilidades estão à mão de cada um. Mas vibremos sempre mais com as nossas vitórias do que com as derrotas dos outros, a isso chamo, ser Porto.

Meu Porto, que mostres na próxima época aquilo que sempre me apaixonou. A mística, a garra, a confiança, a luta, o empenho, a atitude, a alma, o dar tudo por tudo de mão ao peito de orgulho. Ser Porto. É isto.

fcp3.jpg

Classificação 2015/2016:

1º Benfica

2º Sporting

3º Porto

05
Abr16

Renascer = Nascer de novo/renovar-se/tornar a aparecer/ tornar ao estado de graça

Maria

porto.jpg

 

Poderia gastar todos os caracteres disponíveis para falar do [meu] FCPorto. Desse eu asas a verbalizar toda a raiva, tristeza, mágoa e desilusão que tenho em mim. Falasse eu de tudo o que gere uma equipa. Dos jogadores, da equipa técnica, da direcção, do presidente, da claque. Não vale a pena. Não vale a pena dizer muito. Falar com eles, é falar para um vazio. Foi nisso que se tornaram. Um Porto não é assim. E tão só por isso, vou remeter-me ao silêncio de olhar para uma equipa que sai do campeonato, não de rabinho entre as pernas, mas de cara feia, orgulhosos talvez dos milhões que ganham para fazer a merd@ que têm feito. Saem antes de lutar até ao fim. Isso não tem desculpa. Parabéns a todos os outros clubes, que têm usado o querer ganhar até ao último minuto.

Facadas no meu coração e de todos os portistas, é o que é!

Cresce um pouco [meu] Porto. Precisas de renascer.

FCPorto 0 x 1 Tondela

19
Jan16

Sabem aquelas pessoas que não nos inspiram confiança?

Maria

E o que é que o FCPorto precisa?

Confiança. Mística. Empenho. Garra. Confiança. Alma de dragão. Orientação. Confiança.

Oxalá, José Peseiro nos traga o que precisamos. Não estava à espera como aliás acredito que não estariam a maior parte dos Portistas, mas que o tenham escolhido não apenas para "ocupar lugar" mas para trazer aquilo que o Porto precisa. Orientação.

08
Jan16

O Adios a Lopetegui.

Maria

 

Não posso dizer que não estou contente. Porque definitivamente estou. Não posso dizer que agora é que vai ser tudo nosso. Porque efectivamente apesar de o querer muito sei que aqui não se acabaram os obstáculos e agora é que vai ser uma dor de cabeça.  Mudou-se o (fracassado) cérebro e agora vai haver o período de adaptação. Período esse que conta com jogadores que, convenhamos ultimamente não têm mostrado assim tanto e nem vou falar em não ver em nenhum a alma de um Dragão (André André talvez se não tivesse um Lopetegui sempre a cortar-lhe nas pernas). Helton está no banco e foi o único daqueles a merecer a braçadeira de capitão. Depois andou ela ali de braço em braço quando deveria ser de peito em peito. Não quero voltar a falar nisto. Mas quando me lembro de jogadores à Porto é inevitável não sentir saudades. E há alguns que bem que poderiam voltar, mas esta incessante procura por jogadores de milhões quebra-me a magia e o acreditar que nem sempre o dinheiro traz a qualidade. Quero apenas e só que agora o Porto encontre o seu caminho sem aquele que o fazia andar às voltas. Não foi de agora que não gostava do Lopetegui, foi de início. Nunca fui com a cara dele, muito mais com a personalidade de alguém que não sentia o que é SER Porto. Que não admitia quando falhava. Há definitivamente uma linha que separa o jogar/trabalhar no Porto e o SER Porto. Esse "adios" já vem tarde. No entanto é uma boa altura para reflectir. Será que os problemas passavam só pelo treinador? Acho que está na altura de olhar para a parte mais bonita do futebol. Jogar e deixar os milhões de lado.

Isto é tudo muito bonito dito por uma pessoa, Eu, que de milhões percebe pouco, também nada me garante que quem percebe de milhões perceba daquilo que o nosso FCPorto precisa, bom futebol.

07
Jan16

Assim não dá.

Maria

fcp1.jpg

Na passada segunda-feira, depois do desastre que aconteceu em Alvalade e depois de tantos protestos no Dragão à chegada da equipa, os Super Dragões lançaram um comunicado:

 " Quando num clube com mais de 120 anos de história, com páginas douradas de conquistas, com glórias europeias de corar de inveja os seus adversários, com um domínio interno jamais visto em Portugal, as vitórias são menos frequentes do que o habitual, é normal que a frustração e a contestação suba de tom.
Quem como nós percorre todo o país e a Europa a apoiar o mágico Porto, deixa família e amigos em segundo plano, faz "meias" refeições e dorme poucas horas, tudo para nunca faltar apoio à nossa equipa, sente ainda mais essa frustração, desencanto e tristeza.
As manifestações espontâneas de desagrado que têm ocorrido recentemente, são portanto naturais neste contexto, e são algo que quem está no nosso clube, tem que estar preparado para lidar. Aqui vence-se desde 1893, pelo que a exigência é uma constante, e não queremos que a mesma jamais desapareça do nosso quotidiano diário.
Os Super Dragões estão e estarão sempre na primeira linha dessa exigência! Queremos sempre mais e melhor. Queremos um clube mais vitorioso, mais dominador, sempre e para sempre superior aos nosso rivais!

A época em curso tem trazido alguns resultados frustrantes para todos os portistas...e como temos sofrido com isso!
Temos menos vontade de sorrir, menos vontade de trabalhar, menos alegria de sair à rua todos os dias.
Nunca esperem de nós que ignoremos um resultado menos positivo ou uma competição perdida, independentemente da importância da mesma.
Queremos sempre ganhar, quer se trate de um amigável ou de uma final europeia.

Mas se a nossa maior preocupação é ver o Porto a vencer, está na hora de todos e de cada um engolir o seu orgulho próprio, as suas convicções sobre este ou aquele, as suas preferências ou gostos pessoais. O Futebol Clube do Porto tem que ser maior que tudo isso, tem que ser superior a todo o resto.
Apoiar todos aqueles que envergam as nossas cores, independentemente da função que exercem, é a nossa maior responsabilidade. Não o fazer é ir contra as nossas convicções, contra aquilo que o coração nos dita.
Com esta postura não queremos "tapar o sol com a peneira" ou "meter a cabeça na areia". Estamos atentos, estamos exigentes, estamos sedentos de vitórias, conforme tivemos oportunidade de expressar presencialmente a quem nos lidera na passada madrugada de sábado.
No entanto, os níveis de contestação actuais estão a ter um efeito negativo em todo o grupo de trabalho, e isso é algo que é precisamente o contrário da nossa vontade. Estamos aqui para ajudar, para apoiar, para empurrar a equipa para a frente, rumo ás vitórias que todos ansiamos.

A época vai a meio e tudo está em aberto.
Avizinham-se jogos fundamentais, onde toda a concentração é pouca, onde toda a ambição é pouca, onde todo o apoio é necessário.
Queremos juntos festejar títulos e glórias, não queremos em grupo dividir mágoas ou insucessos.

Apelamos por isso a todos os Super Dragões e Portistas em geral que nem por um só minuto deixem de apoiar a equipa. Fazer o contrário será fazer precisamente o que os nossos adversários querem, será falhar na nossa função de apoio, será passar a ser um factor de instabilidade, quando o que desejamos é a união entre todos.
Não pedimos a ninguém para aplaudir quando não querem ou elogiar quem não gostam. Mas pedimos que quando forem assobiar se contenham. Pedimos que nesta fase, sempre que vos apeteça contestar, reflictam sobre o melhor para o clube. Pedimos que percebam que com isso não estão a contribuir para as tão desejadas vitórias.

A nossa história diz-nos que apenas juntos e muito unidos somos mais fortes.
Essa história que tão orgulhosa nos deixa, mostra-nos que sempre que nos dividimos as coisas não correm bem.
Só com todos a remar para o mesmo lado poderemos alcançar os nosso objectivos, poderemos estar em Maio na sala de visitas da nossa tão amada cidade a festejar mais um título.
Juntos somos temidos e indesejados...divididos somos um alvo fácil!

O futuro é já 4.ª feira frente ao Rio Ave, seguido de viagens ao Bessa e a Guimarães.
Só aceitamos vitórias, só aceitamos que o nosso brasão abençoado seja devidamente defendido e honrado.
Que todos sem excepção ajudem nessas vitórias.

SOFREMOS POR TE AMAR...CONOSCO NUNCA ESTARÁS SÓ! "

Daqui.

Ontem um amigo que foi ao Dragão ver o jogo partilhou comigo: «os adeptos foram os únicos a querer ganhar o jogo, se há coisa que o FCP não se pode queixar é de falta de apoio. Já de futebol é o que se vê, ou viu, nada».

Não tenho muito mais a dizer. Não tenho dúvidas que quando nos pedem ajuda nós portistas fazemos de tudo para que a sintam. O resto já não depende de nós. Mas não nos peçam muito mais. Têm que sentir ser PORTO dentro de campo.

FCPorto 1 x 1 Rio Ave

03
Jan16

Oh Porto, oh [meu] Porto!

Maria

O Campeonato ainda tem muito ponto para ganhar, ainda há muito caminho para percorrer, ainda há muita relva para pisar. Não me interessa. Hoje posso dizer que estou triste. Desiludida. Saudosa. Mas nem quero ir por aí e dizer de quem me traz saudades ao lembrar do [meu] Porto que sempre me apaixonou. Olho para a equipa e não vejo muitos que consigam agarrar a camisola com garra a gritar pelo Porto e a dar três murraças no próprio peito. Mas todos aqui sabem da minha paixão pelo Quaresma (só um exemplo). Porque ele era a cara de um jogador que comia relva a ser preciso para chegar à frente. Há coisas que não valem a pena. Há jogadores que querem ser do Mundo e há jogadores que querem ser o mundo de onde estão para talvez por aí serem do mundo. 

Só querem saber de milhões, esquecem-se de ser campeões. Da história. Da mística. Da garra. Da alma de ser Dragão. Não sentem "bamo lá" e o "até os comemos". Não respiram Porto. Não têm sangue azul. Estão a deixar apagar a magia...

No ultimo jogo do ano passado que perdemos em casa com o Nacional, o Helton soube pedir desculpas aos adeptos. Não esteve bem, admitiu-o, não fugiu dali assim como fez ontem o nosso pseudo-treinador mal suou o apito final.

12368_914423105310080_3607074978052613417_n.jpg

Nós não merecíamos um treinador como o Lopetegui. Já o disse imensas vezes e volto a dizer mesmo que ele consiga chegar a um lugar que nós queremos no final do campeonato. Continuo a não ver nada nele que me lembre o [meu] Porto. Isso dinheiro nenhum dá. Tem que vir lá de dentro. E ele não é Porto. E o Porto não é ele.

O Sporting ontem mereceu ganhar. Há que dar a mão à palmatória.

Sporting 2 x 0 FCPorto

21
Out14

A voz de muitos Portistas!

Maria

porto.jpg

 

"A mística! A mística que se cheirava quando se entrava no estádio, a mística que se respirava no balneário, morreu. Deixaram apagar a tocha. É algo que me fere bastante e que me faz ficar triste e desiludido, pois tivemos tudo ao longo destes anos onde nos destacávamos de qualquer outro em Portugal, para sedimentar a nossa posição, para criar ainda mais alicerces. Mas não, rebentámos com a alma da equipa, transformámos o plantel numa feira da vandoma dos ricos. Vendemos a alma ao diabo por um saco de moedas. Hoje em dia não se respira Portismo na equipa, respira-se percentagens de passes, comissões, compras inacreditáveis super inflacionadas... completamente mercantilizados e a equipa completamente desprovida de ALMA.

Tínhamos TUDO, mas TUDO para reforçar os alicerces! Batalhámos DÉCADAS, suámos o nosso sangue, fomos tratados como cães nesta caminhada de ascendência no futebol Português, comemos o pão que o diabo amassou para nos emanciparmos e nos superiorizarmos. Conseguimos ao fim de décadas amordaçados chegar a um patamar acima dos restantes clubes com muito sacrifício, com muito esforço, com muito suor. Conseguimos resultados desportivos e financeiros, conseguimos pela 1ª vez na nossa HISTÓRIA ter mais recursos financeiros do que os crónicos da capital, e o que fizemos com isso? Deixámos morrer o segredo do nosso negócio. Deixámos a Mística escorrer-nos por entre os dedos das mãos. Pusemo-la de lado. Quando partíamos à frente de qualquer outro, nos tempos correntes, pura e simplesmente...

...deixaram apagar a tocha. Por OPÇÃO. Fere. Magoa. Desilude. Revolta."

"mmmkk" in www.fcporto.ws

 

Sinto cá dentro isto.Tal e qual. Cada palavra. Em cada novo jogo. E dói. Mesmo. Sou Portista carago e sempre amei "este" [meu] PORTO.

Não consegui não partilhar este comentário que vi algures nos comentários da página em questão. E mais logo temos mais um jogo importante na Liga dos Campeões. Estamos juntos. De coração que estou. Mas são estas palavras que matracam cá dentro, em busca do Porto e da sua mística. E com isto não interessa outros clubes, não são palavras de segundas intenções para com os outros, é SÓ para com o meu clube do coração.

Se o visado assim o entender retirarei a partilha do mesmo.

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D