Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

17
Mai19

Dica compras online

Maria

IMG_20190517_000711_095.jpg

[ Esta Eau de Beauté da @caudalie é super refrescante para a pele e ainda actua como um bom fixador de maquilhagem. ]

 

Vocês sabem que eu não sou uma expert em compras online, mas também me aventuro. Muito menos em roupa que em outras coisas. Mas estamos cá para partilhar dicas. E a que trago hoje, deve-se à eficiência e rapidez com que nos chegam os produtos. Quem mora nas grandes cidades pode não entender tão bem, mas para quem, tal como eu mora numa aldeia sente outro tipo de dificuldades em encontrar certos produtos. Às vezes precisamos e aqueles "até cinco dias úteis" não dão muito jeito. Pois que, precisava da "Eau de Beauté" da @Caudalie e procurei na net, encontrei-a em promoção na @Farmacianaweb e dizem que fazem entregas em 24 horas. Mas foi melhor que isso. Além de terem um chat online onde foram extremamente rápidos e simpáticos, fiz a encomenda na passada terça feira a meio da tarde e a meio da manhã de quarta já estava lá em casa. Óptimo serviço. Fica a dica.

E hoje que é o dia Mundial da Internet este é um óptimo exemplo de a usar!

07
Fev19

Essenciais diários

Maria

IMG_20190207_124630_965.jpg

Estes são os meus essenciais quase diários. Não essencialmente estes, mas dentro da mesma categoria.

Depois do creme hidratante a base claro, é que a minha cor lula deslavada de inverno pela manhã mete medo. Esta é da @FLORMAR. O que mais uso de maquilhagem, aquela coisa básica mais básica não há e não preciso ser pró, lápis preto também da @FLORMAR e rimel e este é da @kikomilano.

Perfume sempre! Este é da @bulgariparfums. Relógio este da @misssixtyglobal. Nunca saio sem brincos salvo raríssimas excepções (e nunca durmo com brincos por mais pequenos que sejam), estes da @bijoubrigitte. E anéis, pelo menos um trago sempre (manias e paixões), estes são da @One e @Pandora. Os óculos são Max & Co. 

E vocês não saem de casa sem?

14
Dez18

Dúvidas existenciais! #17

Maria

IMG_20181214_111812_032.jpg

 

Gosto muito de batons com cores mais fortes, mas é um projecto encontrar batons que "não façam transferência", que não deixem marca - não sei o termo técnico porque vocês sabem a minha relação com maquilhagem.

Atentem, há batons com cores lindas, ficam super bem nos lábios mas depois em dois tempos aquilo desaparece e deixa marcas em todos os sítios.

Pensem comigo, acabei de tomar café e a minha chávena ficou toda esborratada de batom e eu não gostei do que vi. Imaginem eu num "date" com um "perfect match" e o batom fica esborratado em todo o lado. Vai olhar para mim como quem olha para uma "Bridget" - um caos.

 

18
Out18

Não sou nem nunca serei uma fashion blogger, muito menos em...

Maria

Maquilhagem (como é óbvio)!

Eu posso ter mais alguns batons que há uns tempos tinha, pois que não usava simplesmente. E posso ir do oito ao oitenta adorando usar vermelho, mas... o que continuo a usar mais, que uso quase todos os dias e que continuo a adorar é mesmo o meu batom da Labello rosinha.

Pois é isto. E é por estas e por outras que, como vocês sabem, não sou e nunca serei uma Fashion Blogger.

29
Mar18

Eu e a maquilhagem

Maria

Ultimamente têm me perguntado "começaste a usar maquilhagem?", "namorado novo?" (WTF?!), "já sabes usar maquilhagem?".

Para terem a noção de como grande parte da minha vida a maquilhagem me passou ao lado. Completamente. E quando não passou, sempre foi um desastre. Que continua a ser.

Não percebo nada de maquilhagem. E sou capaz de perceber mais de nomes técnicos de futebol que propriamente acessórios de maquilhagem. Nunca tive problema com isso porque nunca me senti menos mulher por não adorar maquilhagem e nem perceber patavina.

Comecei nos últimos tempos a usar mais maquilhagem e como já tinha dito vou explicar porquê. Eu não ganho muita cor na cara. Uma cena marada de infância... mas na verdade não sou muito de ganhar cor na cara, mesmo quando fico morena a cara está sempre muito mais branca. E a minha cor normal é pálida. Ou melhor como costumo dizer cor lula deslavada. Sim é mesmo. Agora imaginam quando ando adoentada?! Não queiram. Até me costumam dizer "parece que não tens pinta de sangue rapariga" e inclusive já me sugeriram algumas vezes umas pancadinhas na cara a ver se a mesma reage... adiante. Os últimos tempos a coisa não tem facilitado quanto a andar adoentada. E tudo começou no fim do ano passado. E foi exactamente nessa altura, semanas depois de  dias inteiros fechados em casa a definhar e a bajular esta cor de lula deslavada que surgiu a ideia. Da minha mãe "Oh rapariga põe lá uma corzinha nessa cara que ainda te fazem o funeral antes de morreres". Sim confesso, eu sou daquelas pessoas que ficando adoentada a minha cara é notoriamente o meu cartão de visita. E não engana. A não ser que lhe ponhas uns pozinhos é de bradar aos céus a palidez.

Ora que começou por aí. Mesmo quase sem pachorra. Comecei a pôr uma base, mais uma cor. A voltar a pôr rimel, o risco preto nos olhos e basta. Começou por aí, algo que já fazia muito de quando em vez. Batons nada. Até que, comecei a olhar para os mate como aqueles que eram capazes de me encher as medidas. Vai daí a experimentar. Passei da que não gostava de batom para a que talvez gosto mais dos vermelhos. Tal e qual. Não houve melhor altura para experimentar. Porque aquilo foi quase um acto necessário para não me atirar para a cama cada vez que me via ao espelho pela manhã e uma tentativa de não me fugirem a sete pés.

Nem todos os dias o fiz claro, mas confesso que houve dias complicados enquanto estava adoentada e que a maquilhagem disfarçou - houve dias seguidos de quase directas - não era bonito de se ver. Eu não me sentia bem. Confesso. E posso dizer que isso foi uma ajuda.

Fiquei-lhe com um gosto. No entanto não me senti melhor por o fazer. Mas marcou diferença. O que não quer dizer que não continue um desastre, porque continuo. E continuo a não saber usar mil e dois produtos, a não querer saber porque existe trezentos e quarenta e dois pincéis para pintar um rosto. E continuo a usar vermelho quando me apetece. Continuo a sair sem maquilhagem um dia e no outro quero tudo. Não quero exageros. Mas não quero regras. Quero maquilhar-me no dia a dia e não o fazer quando vou sair. Se assim for o meu apetite assim será. Ou vice-versa. Quero usar dois dias seguidos maquilhagem assim como uma semana esqueço que ela existe. Essa sou eu. Continuo a ser.

Não sou uma fashionblogger muito menos em maquilhagem.  E continuo a dizer - Darem-me uma caixa de maquilhagem é como darem uma caixa de marcadores a um puto. Um autêntico desastre portanto... E mesmo que se faça acompanhar de manual de instruções não melhora a coisa...

 

PS1.: Eu até já vi vídeos. Tipo "passo a passo" e mesmo assim, é como eu dizer que vou ao Porto e afinal chego a Lisboa. Completamente o oposto.

PS2.: Por falar em maquilhagem hoje estou a fazer uma experiência com um batom vermelho mate da Maybelline que comprei para  ver o quanto dura e se marca. Sigam nas stories do instagram.

22
Jun17

Red lipstick day

Maria

Quem por aqui anda, sabe como me dou desastradamente com a maquilhagem. Resolvi por isso mesmo, partilhar o dia em que pela primeira vez resolvo usar um batom vermelho que comprei há uns dias. Já tinha olhado para ele algumas vezes mas não tive a coragem (é a palavra certa) para o usar.

Hoje acordei, da janela não se via um metro à frente, nevoeiro muito denso. Bem mais fresco que os últimos dias. Resolvi escolher a roupa para vestir, muito básica, uns jeans e uma t-shirt branca. Antes mesmo de sair de casa e olhar para o espelho e reparar bem na t-shirt pensei e porque não hoje colorir o dia?

redlipstickday

 IMG_20170622_104636_941.jpg

Cá está. 💋

10
Mar16

#MariaTexuga

Maria

Eu ainda sou muito patega nisto no que toca a ginástica, exercício físico. Mas ninguém precisou ensinar-me que não vou para o ginásio (ou para onde calhar) fazer ginástica maquilhada. A prova de que muita mulher vai ao ginásio apenas para dar um oi e passear é a quantidade de maquilhagem que leva na cara. Sim querem ver que se forem para dar ao litro lá e abanar bem o corpinho vão assujeitar-se a estar lá com a cara em obras pelo correr da tinta (ou o fixador de maquilhagem tem que ser muito bom, digo eu que não percebo nada de exercício físico mas muito menos de maquilhagem)? No way é que já estou mesmo a imaginar o passar da toalha branca quando a coisa começar a escorrer…

Sim foi mais ou menos o que aconteceu um dia destes numa aula. Entrou uma mulher com os olhos bem carregados de lápis preto eyeliner e afins. Vi logo que se o treino fosse intenso ia dar para o torto. O treino foi bem intenso e claro com o suor a escorrer… imaginem alguém que levou dois murros nos olhos. Enfim, só eu sei quando não consigo tirar o rímel e vou a uma aula o medo que tenho daquilo começar a desbotar, o raio é que são bons que até com o desmaquilhante custa a sair.

Isto ou então eu sou mesmo uma #MariaTexuga patega que passo a aula a passar a mão na cara e no cabelo. Sim também já apanhei alguém que tinha ido à cabeleireira antes. Serious?

25
Fev15

Today's Details

Maria

25.02.jpg

 

"Com um vestido preto nunca me comprometo". Quem dera, a verdade é que um vestido preto não quer dizer tudo está bem. Mas ajuda. Eu pelo menos adoro vestidos pretos. Confesso que não era adepta de peplum e também não passei a ser. É apenas diferente e acho mesmo que só depois de se experimentar é que se tem uma melhor ideia de como assenta no nosso corpo. Como já tive experiências do género, olhar para o vestido e não me agradar no cabide mas depois no corpo ser diferente, experimentei e acabei por comprar. E já vi tops com efeito peplum que também assentam bem. E fica uma peça diferente. Eu acabei por gostar deste e comprei. Com salto alto fica muito bem, mas num dia como o de hoje optei por bota de rasa. O casaco quente de pelinho e imagine-se até usei batom, que não o de cieiro mas mais parece. Vocês sabem eu e a maquilhagem não temos uma relação muito próxima mas de quando em vez uma pessoa vai na onda. Unhas de azul bem escuro, verniz marca Andreia. E cabelo esticado que diga-se de passagem dá uma trabalheira pela manhã.

25
Nov14

Não sou uma fashion blogger, nem de longe nem de perto, muito menos em maquilhagem.

Maria

Um dia destes senti-me uma peça de antiguidade. Fui a uma loja onde trabalha uma amiga. Mal me viu entrar disse que me queria mostrar uma coisa. Lá vem ela com uma revista de produtos de venda por catálogo. Entusiasmadíssima com que eu lhe comprasse alguma coisa. Estava então no balcão a dar uma vista de olhos na revista e digo-lhe eu "sabes comigo nisto não terás muita sorte, não uso nada disto". – "Não?" Pergunta ela.

E eu continuo… não. Não uso praticamente maquilhagem nenhuma. Raríssimo usar. Posso adiantar-te que em casa não tenho uma única caixa de sombras, não tenho batons, não uso, salvo de cieiro e um gloss de século em século. Não tenho anti-olheiras. Não tem blush. Tenho um rímel que com certeza a esta hora deve estar cheio e seco. E tenho um lápis preto que é talvez a única coisa que goste de usar. Uso também de vez em quando base no rosto. Tudo o resto nada. E confesso há muitas coisas a nível de maquilhagem que nem sei para que servem muito menos como aplicar.

E foi nesse preciso momento que sinto a outra colega a revirar a cabeça para ver quem dizia tal barbaridade. E ficamos ali as três em frente ao balcão. Elas com cara de “mas que mulher é esta”, eu a sentir que estava a deitar a bomba.

Não tenho nada contra quem usa. Aliás há mulheres que sabem maquilhar-se muito bem. Quanto a mim, não acho que seja isso que vá fazer de mim mais ou menos mulher.

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D