Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

06
Mai19

Faceweek*

Maria

IMG_20190506_131230.jpg

Aqui ficam alguns looks que usei na semana passada. 

IMG_20190506_132925.jpg

Esteve uma semana óptima quanto a temperaturas. Deu para aproveitar mais o bom tempo lá fora e o fim-de-semana correu bem com um bom tempo no dia da Mãe para passear. Na primeira secção de fotografias podem ver a saia-calção que adoro. Bem confortável e fica bem gira. Os calções de ganga e a t-shirt foram as últimas compras na @Primark. No look da t-shirt do gato estou a usar batom do beijo da @Quem disse, berenice? aprovado pela @Helena Coelho no tom vinhê, que comentei na ultima "Faceweek" e que gostei bem do tom. Durou bem, mas tem que ser retocado ao longo do dia, senão depois seca em demasia e não fica bem.

20190502_204646.jpg

Eu já vos disse que adoro o pôr do sol? Aquela altura do «lusco fusco». As montanhas.

20190505_155046.jpg

IMG_20190506_003037_129.jpg

Ontem foi o dia da Mãe e foi dia de passeio. Como sempre. Gosto de o fazer com ela. E leva-la a sítios que gosta. Assim foi. Estava um tempo muito bom e fomos passear junto ao Douro. Comer um gelado. Ver paisagens. E ficar ali só a apreciar aquela paz. E sem dúvida, aquela beleza.

IMG_20190502_223221_795.jpg

O pormenor da ultima manicure feita! Verniz lindo da @Andreia nº H19 Hibridgel!

Podem sempre acompanhar todas as novidades: 

05
Mai19

Mãe ❤

Maria

20190505_113911_0001.png

 

Primeiro eu, sempre eu depois tu. Primeiro eu e o mano e só depois tu. Sempre foi assim. Continua a ser assim.

Primeiro o meu sorriso depois o teu. Primeiro os teus filhos depois tu.

O primeiro prato é para os filhos, a primeira cadeira na esplanada. A primeira água na sede de ambos. A melhor carne passada, o ovo com melhor gema, o salmão melhor grelhado. A melhor parte na sopa. As costelas do anho. As coxas do frango. A primeira colher do arroz de cabidela para sair aguado ainda que tu fiques com o mais seco.

Sempre nós, depois tu.

Sempre foi assim, cresci assim e ainda hoje é igual. Nada a fazer. Está em ti. Esse amor maior por nós. Teus filhos. E eu quero poder sempre retribuir-te aquilo que me és. Mesmo nas nossas birras, no meu não querer dar o braço a torcer no teres sempre razão. Quero poder ser o teu melhor. Tu és o meu melhor na vida. O meu tudo. O meu sentido. O que me fez ser hoje quem sou. O melhor exemplo que podia ter. Oh Mãe, como tu és grande. Nunca te dás o valor devido nem imaginas o valor que tens. Mas tu és tanto e eu faço questão de te provar isso sempre que possa. Cada vez mais. Isto não fazia sentido se assim não fosse. Obrigada por estares sempre ali a meu lado, nas alegrias, nas tristezas, quando caio e principalmente quando os joelhos doem da queda e tu me dás a mão e dizes, "és mais que isso".

Tu sabes que estou sempre contigo, que faço o que posso para te ver o melhor possível. E nestes dias de coração apertado que temos passado, tens sempre a minha mão para sentires que tudo vai correr bem! 

Juntas somos tanto, porque tenho a sorte de te ter na vida. Obrigada. Obrigada por tudo. 

Um feliz dia MÃE!! Amo-te! 

Um beijinho a todas as mães. Um especial à minha Mãe ♥

15
Fev19

A minha rua é melhor que a tua #9

Maria

Ontem quando cheguei a casa, o comer já estava no forno quase quase pronto. A mesa para o jantar também já estava posta e inevitavelmente reparei com um prato a mais. "eu não trouxe ninguém para jantar cá a casa" digo eu, acompanhada de uma gargalhada que acabou por ser geral. Diz o meu pai "ainda vais ter um first date sem contar!", mais gargalhadas claro!

Não, diz a minha mãe. Sabes, hoje vem cá jantar a vizinha (uma vizinha que mora sozinha). Disse-me que hoje o filho não vinha jantar com ela e eu, como fiz comer que chegue disse-lhe para vir cá jantar connosco. Afinal de contas ela também me tinha dado umas batatas um dia destes. Vá, e hoje é um dia de amor. 

Compreendem agora quando eu digo que a minha Rua é melhor que a tua? Pois, é isto. E a minha Mãe é a maior. Óbvio!

19
Nov18

À [minha] Rainha ❤

Maria

Gostava que todos tivessem a sorte de te conhecerem, de te terem como eu tenho.

És só a melhor pessoa do Mundo. Sem filtros, sem "ses". Gostava que soubessem que este Amor maior é de facto um amor maior. Porque estás em primeiro. Porque por ti é tudo.

Gostava, porque sei que nem todos têm essa oportunidade, têm a mesma sorte, que soubessem mesmo o que é este Amor. Que nos une. Que nos faz crescer. Que dura sempre a ser maior que tudo. E que me faz sentir orgulho. Faz agradecer a cada dia novo.

Temos a melhor gargalhada. Os melhores abraços mesmo que eu seja muito mais de sentir a pele que tu. Sou muito mais lamechas. E tu tens o melhor coração que conheço. Mas não és de grandes manifestações. És muito mais de estar lá. De ir. De ficar.

Tens sempre uma palavra a dizer. Tens dificuldade em dizer não. Ajudas o mais que podes. És sempre muito mais pelos outros que por ti. Tantas e tantas vezes. Só vês o bem. És muitas vezes ingénua. E tenho um medo enorme que te magoem.

Continua a saber-me bem quando te sentas ao fundo da minha cama para conversar. Para cuscar e para rir muito à gargalhada. Ou mesmo para partilhares comigo alguma coisa para "roer" antes de dormir.

Somos duas #MariaTexugas. E eu só tenho este amor pela comida porque tu és a melhor cozinheira que conheço.

Obrigada por tanto que me continuas a ensinar todos os dias. Pelas lições que me dás, os abre olhos e os puxões de orelha. Obrigada pelo coração gigante. E pelos valores que sempre me passaste. Por seres sempre pela Família. Obrigada pela pessoa que és. Pela grande Mãe que és!

Que sejas feliz. Que eu possa partilhar muitos mais anos assim contigo. E que eu possa ajudar-te no melhor que o mundo tem para te oferecer.

Os meus Parabéns e que venham muitos mais anos, juntas, de sorriso no rosto e cúmplices, minha Mãe. 

AM❤TE

 

23
Out18

Casamento à primeira vista

Maria

Ontem depois da minha mãe se inteirar do novo programa da SIC "Casados à primeira vista", de ter gostado da boa onda do Dave e de nos termos rido à brava com o casal e principalmente com amigos/amigas da Graça e do Zé Luis, virou-se para mim  ao jantar (e naquele tom a despachar-me) e disse:

Oh Maria inscreve-te pode ser que te saia alguém bom na rifa.

Eu: E se não sair?

Deitas a rifa fora.

...

...

20
Nov17

À Rainha ❤

Maria

Enquanto puder agradecer a Deus por te ter comigo vou sempre conseguir encher, preencher e transbordar o meu coração. Agradeço a sorte que tenho por te ter comigo. Por poder passar o teu dia contigo e tantos outros. Agradeço por seres a pessoa que és. Tudo o que me ensinaste e continuas a ensinar. As lições que me dás e os puxões de orelha. As dicas, os abre-olhos. Agradeço o coração bom que tens.  E o sorriso que me deixaste herdar. Obrigada, pela Mãe, amiga e pessoa que és.

Que sejas feliz. Que eu possa partilhar muitos mais anos assim contigo. E que eu possa ajudar-te no melhor que o mundo tem para te oferecer.

Ontem, 19 Novembro foi o teu dia. Que soubemos preencher muito bem. Os meus Parabéns e que venham muitos mais anos, juntas, de sorriso no rosto e cúmplices, minha Mãe. ❤

07
Nov17

A inversão do papel Mãe e filha..

Maria

Esta noite dei "colinho" à minha Mãe.

Há uma altura na vida em que parece que os papéis se invertem. Não há uma idade. Não é a partir de uma meta. Não há nada traçado. Mas há uma altura em que inevitavelmente isso acontece.

Já sou eu que digo vezes sem conta, cuidado com os carros a atravessar a rua, cuidado com as escadas, tem cuidado com o sol, não apanhes frio. Queres um chá. Põe o cinto. Estás bem? Não comas isso que te faz mal.

Há um dia ou outro, que dá vontade de lhe pedir colo, como talvez pedia com cerca de dois anos, mas que agora que sei falar um pouco melhor não utilizo palavras, mas que também inevitavelmente ela percebe se realmente eu estiver a precisar de "colo".

Ontem, ela estava doente.

A minha Mãe, é a super-Mãe. Nunca está doente. Muito raramente a vi adoentada, Graças a Deus.

Ontem estava. E há uma inevitável preocupação, talvez devido a essa inversão de papéis que me fez querer ficar em casa a dar-lhe colo, a ver cada minuto para que melhorasse, a querer estar ali junto a ela para não me escapar nada. Não deu, mas tentei estar ali o mais que pude, ora a correr para casa assim que consegui, ora a ligar-lhe.

Que chata. Quando cheguei ao fim do dia pensei exactamente isso. E tive a noção do que é acharmos tantas vezes as nossas mães chatinhas por se preocuparem demasiado com tudo e mais alguma coisa, mas na verdade, nesta fase de papéis invertidos não somos diferentes. Eu pelo menos não o conseguiria ser. Até a querer que ela se deitasse à minha beira e eu ficar ali a dormir meia acordada sobressaltada a cada movimento e a gastar a expressão "estás bem?".

Hoje, com ela já bem melhor já nos rimos, por esta Maria chata que sou quando me preocupo, quando tenho medo pelos outros, ,quando vejo a dor dos meus como minha.

Essa altura na vida em que os papeis se invertem, é inevitável não tentar ser-lhe um pouco daquilo que ela sempre foi comigo. E querer ser lhe mais.

Mãe galinha. Porque mesmo sendo eu a filha, serei a mãe sempre que (precisar e) conseguir ser-lhe. E que me seja a Mãe que tem sido!

02
Nov17

Dos 1 de Novembro. Do ser solteira. E dos desbloqueadores de conversa de gente cusca.

Maria

Desde que me lembro, os meus 1 de Novembro é dia de família. De voltar lá, a eles. Aos meus. É dia de reencontros, de sorrisos e abraços. De lembranças. De agradecer muito. De sentir. Ter saudade. De ver a família. De falar, contar novidades. Das inevitáveis e nunca surpreendentes perguntas do estar solteira, dos namorados, do casamento, dos filhos... é dia dos da cidade virem à aldeia e acharem-se os maiores junto dos parolos até lembrarem que nasceram ali. É dia de norte, de descer ao rio. De respirar aquilo tudo. E ficar com ciscos nos olhos.

Ontem não "cumpri" o dia 1 de Novembro. Não fui à família. Não fui ao cemitério, até porque o faço imensas vezes e não preciso deste dia para o fazer.

Ontem foi dia de passeio com a comadre. Fomos ao passeio e às compras.

Hoje a minha mãe liga-me e diz, sabes que ontem falaram de ti lá no cemitério.

Ai sim? Perguntaram se já me tinha casado (basicamente todos os anos o mesmo desbloqueador de conversa!)?

Não. Mas quase. Disseram que tinhas um namorado muito giro. Alto, elegante. Muito bonito. Que ficavam muito bem juntos. E ao que parece é engenheiro.

...

...

Depois de me rir, perguntei-lhe, e tu que disseste?

- Que nos devia apresentar que nem eu nem tu o devíamos conhecer. ahahah

...

(É o que faz pôr fotografias com um primo que não vive cá e vem cá passar uns dias e já pensarem que é o namorado!!! Por acaso lindo, alto, elegante. Muito bonito e por acaso médico. Falham em tudo esta gente cusca. Só a mim?! - btw o que já me ri)

Sobre mim

foto do autor

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Espreitem Como eu Blog

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D