Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

04
Jun13

My hair!

Maria

 

  Eu adoro o meu cabelo, já aqui o disse, não é novidade. E comprido. Dá trabalho? Oh pá, dá. E tem dias que não estás mesmo para ali virada mas compensa. Raramente vou à cabeleireira porque não tenho paciência e eu mesma trato dele. Vou lá cortá-lo quando o rei faz anos ou quando os nervos andam à flor da pele e não sossego enquanto não for lá, mas é coisa para me atacar pouco, o ir lá. Volta e meia continua a dar-me o desejo de fazer o tal corte radical mas, e porque há sempre um mas, continua a passar-me ao lado. Eu adoro cabelos compridos, apesar de ter que serem bem tratados para andarem bonitos e isso dá trabalho, tira tempo mas assim sendo faço o que quiser dele, e se um dia me apetece liso no outro pode ser encaracolado. Um dia apanhado com rabo de cavalo, no outro é com trança. Um dia é com um apanhado de lado no outro é com espuma e volume. A grande diferença de ter um cabelo comprido é que podes mudar tu mesma consoante o teu humor matinal.

Quanto a produtos para o cabelo, nada de especial, não gosto de usar muito tempo o mesmo champô, neste momento uso o Elvive da L’Oréal Nutri Gloss para cabelos compridos (cor-de-rosa), quanto a máscara e já usei muitas mas não encontrei nenhuma que goste tanto como estas, ou a Lumino Contrast Expert ou a Vitamino Color Expert ambas da L’Oréal Profissional, são igualmente óptimas, um bocadinho mais caras que outras que se vendem em grandes superfícies comerciais, mas compensa, nas minhas mãos dura imenso tempo um boião de 500ml e o meu cabelo é bem comprido, não se esqueçam de só utilizar nas pontas. E uso também um sérum alisador com termo activador de fortalecimento com queratina para usar nas pontas quando estico o cabelo, devido ao calor dado pelo secador nas pontas, sérum Gota Dourada. Nunca uso placa.

A verdade como podem ver na fotografia a seguir é que, eu já fiz muita mudança no meu cabelo, mas o comprimento está lá.


Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D