Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

21
Mar20

Da Primavera que sempre me chega hoje, 21 de Março!

Maria

És a minha primavera que me começa desde que me conheço a 21 de Março.

Não são as datas. Mas é o teu dia.

Programei estar talvez aí, hoje, por ser fim-de-semana, mas a vida é isto das voltas. Das incertezas e das maiores certezas que a vida é isto. 

Mas também é saudade. Muita. De nos ver juntos. De não ter esta distância que nos separa. De te poder abraçar e de rirmos ali juntos. 

Tenho saudades da nossa infância. De como nos gostávamos, protegemos e tentamos lidar sempre com a educação que tivemos com todas as dificuldades.

Crescemos juntos e fomos sempre muito amigos. Talvez nunca conseguisse entender como há irmãos que não se dão. Nós ainda hoje, falamos quase todos os dias, mesmo estando a milhas de distância.

Ensinaste-me a crescer rápido porque me levavas contigo para todo o lado. Os meus amigos foram em grande parte os teus amigos, logo pessoal mais velho que eu. E que hoje não mudaria nada.

Contigo aprendi a fazer a fazer costeletas às duas da manhã que fosse, porque não te deitavas sem petiscar alguma coisa, muito menos quando vínhamos da night. Agora entendem esta #MariaTexuga que gosta de comer antes de se deitar? 

Tenho saudade desse tempo. 

Aqui, ali ou acolá, mas juntos mesmo com esta distância que nos separa.
Desejo-te um dia feliz! Uma vida feliz e mil sorrisos! Mais cedo ou mais tarde estamos juntos.
Parabéns Mano! Amo tu 

21
Mar18

Hoje sim, começa-me a primavera!

Maria

Mano, foste prenda de primavera,

Hoje sim, começa-me a primavera!

Sempre associei o teu dia, aos melhores dias. Sempre o disse. Sempre o senti. E as datas de calendário são uma seca. Eu gosto de sentir os dias. Diz que ontem foi o equinócio de Março, correspondente do inicio da primavera. Mas para mim, hoje sim, mal acordei e me lembrei de ti lembrei também que a Primavera chegou. Que venha cheia de alegria. Cores. Flores a abrir. Muito sol e azul. Calor. Mangas arregaçadas. Sorrisos. Muitos sorrisos. E abraços. Como eu queria.

Não te desejo menos que isso. Sempre. Mas hoje é especial. É o teu dia. E sorrio-te para que sorrias também, mesmo que lá dentro, o coração esteja apertado de tanta saudade. Cheia de ciscos nos olhos por me lembrar de cada aniversário que tive a oportunidade de partilhar contigo. Os ciscos são saudade. Faz parte. Mas seriam os mesmos se hoje pudesse estar ao teu lado.

Tu sabes, sou uma lamechas do pior. Isto dos sentimentos trama-nos. E a família é o meu bem maior.

Quero muito que sejas feliz.

Onde quer que estejas, mas gostaria muito muito muito muito que fosse aqui do meu lado. A vida não é bem como nós queremos. E que a distância que nos separa nunca passe apenas disso mesmo, distância. Que nada tenha a ver com o coração. Aí estamos juntinhos.

Tenho o melhor irmão que a vida me podia oferecer. Não trocaria se tivesse escolhido.

Nunca te amarei menos por estarmos longe...

Que hoje o dia te seja bom. Que venha um ano melhor. Que venham muitos mais anos com saúde. O resto a gente vai dando o jeito.

Quero-te o melhor que o mundo tem para oferecer.

Manos <3

 

Beijo de Feliz Aniversário, feliz dia e um Abraço gigante, sentido!

PARABÉNS MANO! L♥ve you* always & always ♥ ♥ ♥

21
Mar16

Hoje começa-me a primavera!

Maria

E o melhor mano do Mundo faz anos. O meu.

Independentemente do que quer que seja. Esta relação será sempre o que foi até agora. Ele será sempre o meu mano. Que eu amo. E que tenho saudades dia sim dia sim.

A distância nada muda. Não pode. Nem a saudade que faz sentir.

Sempre tivemos uma boa relação de irmãos e espero que isso nunca mude. Gosto-nos tanto e só sei dizer "rais que parta a merd@ da distância".

Quero-te o melhor que o mundo tem para oferecer.

Beijo de Feliz Aniversário, feliz dia e um Abraço enorme!

PARABÉNS MANO! L♥ve you* always & always ♥ ♥ ♥

E sim, hoje começa-me a primavera. Hoje apenas hoje porque sim.

10
Abr15

Dia dos Irmãos!

Maria

Manos <3

Eu até podia contar as vezes que me escondia debaixo da mesa da sala na hora que o mano estava para chegar da escola, só para o ouvir perguntar “Onde está a Maria?” era o momento “querido” antes de voltarmos ao cão e gato. Eu até podia contar como ele me levantou o dedo a avisar que ai de mim lhe pegasse na bicicleta vermelha que tanto estimava, visto que eu nem sequer sabia andar e já se sabia o desfecho. Não só peguei às escondidas como rua abaixo aprendi, o problema é que só parei no meio das silvas e cheguei a casa sem bicicleta. Anos mais tarde teve a sua nova bicicleta de montanha parece que ainda estou a vê-lo a lançar-me aquele olhar de “se lhe pegas levas uma malha”. E aqui a Maria teimosinha que chegue foi logo na primeira oportunidade, era quase maior que eu, quase que nem chegava com os pés aos pedais quanto mais pôr os pés no chão mas os muros ajudavam a subir, já quando tive que parar sem muro à beira ou passeio, catrapum lá fomos as duas ao chão. Até podia contar como lhe dava cabo dos carrinhos enquanto ele me tirava as cabeças aos nenucos. Até podia contar como ele gostava do seu saco de boxe e eu não o deixava de melgar até ao dia que pegou em mim e disse que fazia de mim como ao saco de boxe. Até podia contar como puxei a toalha da mesa num aniversário dele só porque também queria uma festa para mim. Até podia contar como levávamos a minha mãe ao limite até apanharmos os dois de tão pestinhas que éramos.

Mas… também podia contar como ele me defendia de tudo e de todos. Podia contar como o meu irmão cedo me levou a sair com ele. Podia contar como fui falar com um brutamontes um dia na discoteca porque lhe queria bater e estava a confundir o meu irmão com outra pessoa. Podia contar inclusive que um dia ele ia passar 15 dias de férias a Nazaré com um amigo, só os dois e eu claro também queria ir. Mas que raio iam agora os dois (na casa dos vinte e picos) para irem às gajas e iam levar a irmãzinha mai’nova atrás, era o que faltava. No dia antes de irem perguntou-me “tens a tua mala feita?” (isto não é para todos não) e posso adiantar que foram umas férias fantásticas. Podia contar as quantas vezes eu me chateava com um namorado meu quando andávamos todos na night ou não queria ir embora tão cedo e vinha ter com ele a dizer arranjas-me boleia? Nunca me falhou. Podia contar como os amigos dele é que foram os meus amigos porque independentemente da idade que nos separa levavam-me para todo o lado, jantaradas, nights, férias… Podia contar como chorei baba e ranho dias a fio quando ele foi trabalhar para fora…

Até hoje. Oh pá podia contar tanta coisa destes dois. Tanta coisa sobre o que é isto de ser irmão. Falar de como o sangue que nos corre nas veias foi-me feliz ao dar-me o irmão que tenho hoje… mas faltam palavras. É um amor maior. Assim mesmo nestes milhões de centímetros que nos separam fisicamente mas que nos unem lá dentro.

Eu sou a melhor irmã do mundo, eu sei, mas só porque ele é o melhor irmão do mundo.

* diz a Rádio Comercial

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Posts mais comentados