Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

08
Jun17

A vida ensina...

Maria

37. Recomeçar.jpg

 

Aquele que nunca erra é aquele que nunca arrisca.

Aquele que não sente a dor é aquele que não se permite a sentir.

[ Vou sempre respirar fundo as vezes que forem necessárias para recomeçar ]

Mesmo que a vontade por vezes não seja a maior.

Mesmo que o Mundo às vezes pareça injusto.

Mesmo que o acordar não seja o melhor.

Mesmo que o sorriso custe a sair.

Mesmo que os actos dos outros te decepcionem.

Mesmo que o que sempre acreditaste te falhe.

Mesmo que leves com os estilhaços da porta que fechou.

Mesmo que o sol esteja escondido.

Mesmo que alguém te faça sentir que não és capaz.

Mesmo que tu própria chegues a duvidar.

Respira fundo as vezes que forem necessárias para recomeçar.

E recomeça!

[ ♥ ]

13
Set16

Plágio

Maria

Nunca vou perceber porque partilham as frases ou textos de outros sem umas aspas. Nunca vou conseguir perceber porque partilham as frases de outros sem fazer referência. Não percebo porque partilham uma frase, um poema, um texto de (por exemplo) Bob Marley entre aspas e no fim com a devida referência mas uma frase/texto meu, não.

Não percebo porque partilham as palavras de outros como sendo deles.

img1.jpg

Pronto é coiso. É isto.

14
Fev16

O Amor é um lugar estranho.

Maria

insta.jpg

 

Eu quero falar de Amor.

Não deste estampado em boxers aos corações e em lingeries sexys. Não deste em jantares certinhos perdidos no meio de tantos outros igualmente programados. Não deste que é muito hoje. Tudo hoje e pouco amanhã. Não.

Quero falar de Amor mas deste que nos abalroou algures por aí. Que nos tirou os sentidos dando um sentido. Deste que nos corre nas veias e faz o coração palpitar a cada segundo. Quero falar de Amor. Deste que nos transborda a alma. Que nos rouba o corpo. Deste que nos faz sentir como se tudo fosse a primeira vez. Mágico. Surpreendente. Falar de Amor… deste que nos faz ser mais, que nos soma, que nos acrescenta. Deste que nos faz ganhar um brilhozinho nos olhos, uma cor no rosto e um aperto no peito. Deste que negamos mas que sentimos. Deste que nos leva para a frente como se deixássemos de conseguir guiar os nossos próprios passos. Queria tanto falar de Amor. Deste que nos consome as horas e nos faz perder no tempo. Deste que faz com que não tenhamos idade para as loucuras por amor. Deste que nos faz sorrir dia sim, dia sim. Deste que nos faz querer ter força para ultrapassar tudo. Quero falar de Amor... Deste que primeiro negamos, fingimos não sentir e depois admitimos que nem queremos acreditar mas está lá. Deste de pôr a mão no rosto e ficar a ouvir embevecida quem amamos. Deste que nos faz ficar com um sorriso parvo que todos notam menos nós. Queria tanto falar de Amor. Deste de um Eu e um Tu e um Nós. Deste de palavras partilhadas. Deste que nos faz querer sair por aí de mão dada e de olhares cúmplices. De carinhos tão nossos e de lamechices que jurávamos não ter.

Deste Amor que nos faz aprender todos os dias como a vida é - também - isto!

Mesmo que ao nosso lado não esteja um amor, podemos falar de Amor?

[ ♥ ]

Partilhado em primeira mão no Ansiedades.

29
Dez15

O melhor de 2015

Maria

“Desafiada” pelo Inspira-me (btw já não existe) do blogs do sapo, em anos anteriores escrevi - O melhor de 2012, 2013 e 2014. Agora volto a sentir-me desafiada para tal. Destaco o que merece com uns pequenos ajustes aos pontos que destaquei nos anos anteriores.

  1. Um momento:

Aquele momento em que dei um passo atrás. Marcou-me o ano. Não sei bem se de forma positiva ou negativa, mas desde então aprendi algumas coisas, entre as quais, desde que façamos as coisas por nossa vontade, não há tempos para arrependimentos, teremos apenas que levar com as consequências, de coração aberto e com muita força.

  1. Uma viagem:

Ao Algarve. Este ano fui ao Algarve duas vezes, uma em Maio outra em Julho (escrevi aqui e aqui). Andei pela primeira vez na Ryanair e nada de negativo tenho a dizer.

 

  1. Um destino:

WP_001591.jpg 

A Madeira foi distinguida pela World Travel Awards como o melhor destino insular do Mundo. Mais que merecido.  E merece ser partilhado. É nossa. E continua a ser mais do mesmo, muitas vezes os de fora reconhecem muito mais o que é nosso que nós próprios!

  1. As férias:

26.05.jpgal4.jpgAlgarve. Este ano tive a sorte de como já disse no ponto dois, fazer duas viagens ao Algarve. De férias. E foram as duas pra lá de espectaculares.

 

  1. O post mais lido de 2015:

Expressões à moda das "tripas" do Porto!

É um post já de 2013 em actualização que está todos os meses no top dos mais lidos.

 

  1. O post:

Os posts do coração são sempre os meus preferidos. Porque são muito eu. São muitas vezes inspirações de sentimentos que não consigo deitar cá para fora.

O amor é um lugar estranho. Mas eu queria tanto falar de amor, posso?

Às vezes a pessoas como eu, que estão sem uma companhia, olham-nos como se não conseguíssemos expressar por palavras o amor. Já eu tenho sempre a ideia que mesmo não tendo ao nosso lado um amor, devemos sempre acreditar e falar no amor.

Outro post que quero partilhar e que reflecte um pouco o ano de 2015, não sendo ele assim tão bom, mas que me fez ganhar uma consciência que era necessária: Do alto dos 31.

 

  1. O post de terceiros que veio parar aos favoritos:

Mulheres pela Maria das Palavras

“Amem-nos inteiras. E poderão esperar o mesmo em troca.”

 

8. O trabalho:

Ter completado 8 anos de trabalho cá na empresa. não foi fácil, não tem sido fácil, mas estamos cá para seguir caminho, até onde der.

10
Mai15

O amor é um lugar estranho. Mas eu queria tanto falar de amor, posso?

Maria

Queria tanto falar de amor. Não deste que enche, mas deste que nos transborda. Deste que nos soma. Que nos dá. Falar de amor...Deste que nos arrebata o peito, que nos faz sorrir sem perceber e ficar com cara de parvos só para os outros. Queria falar de amor. Deste que primeiro todos negam, todos fingem que não existe, todos não querem nem pensar. Deste que nos leva, nos dá a mão e sem jeito nós vamos. Queria tanto falar de amor. Deste olhar pela janela tão bonito, desta paz que nos traz, deste brilhozinho que fica tão bem no nosso olhar. De um amor que nos enaltece. Nos confia o ser, o querer, o ter coragem. É tão bom falar de amor. E sorrir ao falar só porque sim. Deste amor que nos faz suar as pontas dos dedos e nos faz desatinar o sentido das pernas. Destas cucas que se ganham que jurávamos não ter. Deste amor que nos traz vida. Deste amor que dá forças. Deste que nos deixa sem jeito. Envergonhados sem o sermos. Destas brincadeiras tão inocentes de "joguinhos" tão nossos. Queria tanto falar de Amor. Deste de palavras partilhadas e de mensagens trocadas. Deste que nos faz querer sair. Para onde? Não sei. Por aí... Deste Amor que nos faz aprender todos os dias como a vida é - também - isto!

Mesmo que ao nosso lado não esteja um amor, podemos falar de amor?

[ ♥ ]

19
Dez14

O melhor do meu fraco 2014!

Maria

“Desafiada” pelo Inspira-me (btw já não existe) do blogs do sapo, em anos anteriores escrevi - O melhor de 2012, 2013. Agora volto a sentir-me desafiada para tal. Mesmo que este ano tenha sido um ano mais para baixo que para cima destaco o que merece com uns pequenos ajustes aos pontos que destaquei no ano passado.

1. Um momento:

O dia em que por cenas que não interessam agora numa sala de espera de um hospital, cruzei-me com uma senhora. Nesse dia eu tinha doado sangue, ela tinha acabado de receber uma transfusão de sangue. Há coisas do caraças. E coisas que não têm preço e nos enchem o coração.

 

2. Uma viagem:

À Madeira. Tenho lá um pedaço de mim e há lá coisa melhor que reencontros e pôr os pedaços de nós nos devidos sítios ainda que apenas por dias?

Madeira

3. Uma cidade:

A cidade do Porto que foi eleita como Melhor Destino Europeu 2014 pela European Consumers Choice na competição "European Best Destinations". Um orgulho.

4. As férias:

O Algarve, onde passei umas férias fantásticas com um grande amiga dos tempos de escola. Onde conheci gente boa. Onde me diverti muito. Onde conheci imensos sítios que desconhecia. Uma aventura.

515567be-4e4d-4251-8bc5-a81bf392fb64.jpgede32fe5-141f-42e5-845f-495cc290c5fb.jpg

 5.O post mais lido por aqui em 2014

Expressões à moda das "tripas" do Porto!

É um post já de 2013 em actualização que está todos os meses no top dos mais lidos.

 

6. O post

Porque teria muitos que destacar, destaco apenas estes por razões diferentes.

Um apenas porque sim: Amo-te muito!

Outro porque cada um de nós tem alguém que está longe e isso dói: Ninguém mais que os que vão gostavam de ficar...

 

7. O post de terceiros que veio parar aos favoritos:

... pela Bad Girl

Porque adoro o blog dela, como ela escreve. Como diz as coisas.

04
Set14

Pensar no Natal?

Maria

Estamos a cerca de três meses e meio do Natal e falar dele parece-me cedo, no entanto, quando as minhas férias de verão vão embora lembro-me logo do Natal que serão as próximas férias. Não me lembro propriamente de presentes de natal e afins de todo um marketing criado. Não. Este ano, para este Natal só queria uma coisa. E sim, é aqui que acho que quem tem "isto" muitas vezes não dá valor, não sabe o presente que é ter e muitas vezes suspira por bens materiais que são tão, mas tão acessórios. Este ano, este natal só queria poder juntar à mesa a minha família. Só isso. Nada mais, sem nenhum presente que seja, sem bens materiais, sem coisas desnecessárias. Só a minha família à mesa, coisa que infelizmente não me lembra poder fazer e é isso que ao pensar no Natal me faz sonhar.

Inspira-me #26

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D