Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

20
Mai19

[meu sempre] Porto ♥

Maria

"Quem não se sente não é filho de boa gente". Tal e qual. Não poderia dizer melhor para começar este post.

Antes de começar a descambar, tivemos uma época boa. Nada fazia prever que as coisas chegassem a este ponto. Só quando começamos a perder pontos e a lidar com as imensas lesões é que tudo deu para o torto. Em contra partida foi nessa mesma altura, em que o nosso adversário mais directo ganhou força. E aproveitou.

Digo sempre que demos este campeonato porque não o soubemos segurar. Perdemos nove pontos quase seguidos quando estávamos numa fase de glória em primeiro lugar. E nem vou falar dos últimos pontos perdidos, depois de um jogo em que ganhávamos a dois e nos últimos dez minutos deixamos empatar numa fase crucial do campeonato que não se pode perder. Mas o problema esteve antes. Muito antes. Aquilo que não se conseguiu segurar.

Falar de arbitragens (quando vejo gente que comemora o campeonato orgulhosamente a envergar "colinho"!!) é dar valor aquilo que, pelos vistos não tem valor no futebol português e por isso não vou alongar a discussão. Todos já foram favorecidos, todos já foram prejudicados, houve escândalos demasiado óbvios para passar. Houve VAR que não serviu para nada. Mas eu continuo a crer acreditar no futebol. Nessa paixão que também a mim me move. Sem paralelismos. Más arbitragens. Emails. Frutas. Amigos do peito. Dinheiros... A ver.

Com o fim da época e campeonato, vem depois outra das minhas tristezas. A saída de jogadores. Se há alguns que não mexem tanto, outros há que fizeram parte desta família de corpo e alma e que os sinto tão Porto como eu. Herrera é nosso. Titular inquestionável. Bate a mão no peito com a convicção de que somos Porto. Abraça os nossos como família. Enfrenta os obstáculos com garra e foi um fiel capitão. Errou como todos erram. Mas é das saídas que mais me custa neste grupo. Neste grupo que vai ser abalado por diversas saídas e isso vai fazer (ainda mais) mossa.

Militão já está vendido algum tempo e acredito que agora valeria bem mais. Jogador espectacular. Duro. Sempre a dar tudo. Eficaz.

Telles. Como gosto quando ele corre de mão a estrafagar o emblema ao peito. Com aquela mística que abraçou, sendo ele um jogador à Porto, forte, convicto, preciso e bastante capaz. Titular inquestionável que deu, mesmo quando em dificuldade, tudo em campo. E que me trouxe lágrimas quando se lesionou e tentou mesmo assim estar lá. Grande Alex Telles. Que falta farás nas alas!

Felipe e aquele sorrisão que defendeu tantas vezes a fúria dos adversários. Que dava vontade de estrafagar num abraço de cada vez que falava e dava vontade de bater sempre que sorria até mesmo nos maus momentos. Carismático. Duro de roer. Raçudo. Vai fazer muita falta na defesa.

Marega é bicho duro de roer. Mas nunca foi o meu sonho quanto a finalização.

Brahimi e as suas loucuras com a bola. Foi um jogador que me dividiu tantas vezes entre o "és o maior" e o "apetece-me bater-te até te doer mesmo" de cada vez que pegava na bola e queria fazer tudo sozinho. Na verdade quando fazia em bom, era espectacular.

Casillas. Não falei dele aqui aquando do grande susto que defendeu com alma e garra na sua vida. O enfarte de miocárdio atirou-o para fora da sempre sua baliza. Todos, nós Porto, e não só, estremecemos naquele dia. Casillas entrou no Porto para ficar. Dedicou-se a elevar o Porto. Vem de outro patamar e demonstrou-o diversas vezes. No auge dos seus, hoje 38 anos (Parabéns Casillas!) foi sempre capaz. Foi lutador. Foi responsável. Foi líder. Foi "pai". Mística. Garra. Convicção. Paixão. Coisa que não lhe falta. A meu ver não voltará a defender as redes da baliza do nosso Porto. Em prol da sua saúde. Essa será também uma das grandes perdas deste grupo. Principalmente pela sua presença em campo. Experiência. Ensino. E sem dúvida, capacidade de gerir emoções. Vou aguardar pelas próximas notícias mas acredito que possa ficar na estrutura do Porto.

Sérgio Conceição. Um jogador do FCP vir a ser seu treinador é obra. Principalmente quando esse ex-jogador tem alma de dragão. Tem mística a correr-lhe nas veias. Tem sangue quente de um homem do Norte. Tem garra, peso, dureza e respeito pelo Porto. Por muito que digam que ele sai, eu não estou a acreditar e continuo a acreditar que permanece. Não foi um ano bom. De todo. E acredito que tenha dado bastante nas orelhas dos jogadores quando as coisas correram mal. Mas esteve lá sempre a dar a cara. Foi fiel aos seus princípios. E não me venham dizer que ele desrespeitou os adeptos, nomeadamente os "Super Dragões" porque discordo de todo. Aquela tensão deveu-se aos exageros que deveriam ficar de parte no futebol. No que é o Fair play, no que é o respeito pelo próximo. No que é o respeito pelo homem acima do posto de trabalho que ocupa. Não é por ser Portista de alma e coração que defendo todos os actos cometidos pelos mesmos. De todo. Repudio qualquer acto de violência, de desrespeito. Compreendo a cabeça quente em momentos complicados, mas não compreendo que se esqueçam que isto é só futebol e que deve ser um desporto saudável gerido por emoções passíveis e respeitosas para todos. Tudo o que ultrapassa essa linha, ultrapassa a minha paixão pelo futebol. Pelo jogo jogado. Pelas quatro linhas. Pelos jogadores que dão o litro. Pela emoção de ver os nossos conquistarem vitórias.

Continuo sempre a pedir que demonstrem aquilo que sempre me apaixonou. A mística, a garra, a confiança, a luta, o empenho, a atitude, a alma, o dar tudo por tudo de mão ao peito de orgulho. Ser Porto. É isto. Mas não foi. Falhou. Falharam. Em alguns momentos falharam todos. Logo falhou a equipa.

Não deixem.

Assim como eu não deixarei de amar de alma e coração o [meu] Porto, não o matem.

20190410_002906.jpg

 

Classificação época 2018/2019:

1º Benfica

2º Porto

18
Abr19

Do meu 💙

Maria

Ontem falhamos na finalização. Tivemos diversas oportunidades mas a finalização não esteve lá. Faltou eficácia. 

 

Mas tenho muito orgulho na caminhada que o meu PORTO teve nesta liga dos Campeões. E o 1-4 de ontem não me envergonha.  Porque não espelha o que foi o jogo e a nossa entrega. Aquele primeiro golo deles depois de mais de vinte minutos a levar o jogo sempre no meio campo deles foi mais que um balde de água fria. Depois foi o que se viu. Mas eu mantive a esperança com o que vi na primeira parte, mas depois do golo foi difícil. 

Orgulho naquele estádio cheio. Naqueles adeptos. No numero doze que não desilude na garra.

Vais falar de arbitragem Maria? Vou, mesmo que venham já para aqui com os dedos apontados que nós beneficiámos como se nestas duas mãos a arbitragem não tivesse nada a dizer contra nós. O Salah é um fiteiro, e isso ajuda um bom jogador como ele é.  Mas se já não tinha gostado de quando ganhou o melhor golo do ano passado, contra a bicicleta do Cristiano Ronaldo depois do vermelho que ficou por mostrar na nossa primeira mão ficou-me atravessado. Só tenho pena que o Danilo não tenha feito o espectáculo todo que ele fez ontem quando o Danilo quase nem lhe tocou. E ele mandou-se às cambalhotas. Enfim. Mas o arbitro viu duas mãos na bola dos jogadores do Porto quando uma até foi o Marega quando ia a correr de costas para a bola e deu falta. E a mão deles de frente para o arbitro da grande área deles não teve interesse. 

É  isso. Mas quem lá estava? O Porto. E saiu de cabeça erguida até onde conseguiu chegar. Agora ouvir hoje coisas como "que vergonha" de quem vê quartos de final de ligas dos campeões do sofá é ridículo. 

Orgulho [meu] Porto 💙

F.C. PORTO 1 x 4 Liverpool  (2ª mão dos quartos de final da Liga dos Campeões e eliminação do FCP)

10
Abr19

Do chegar lá. Do estar lá.

Maria

20190410_002906.jpg

[Fotografia: Paul Ellis/AFP]

Assim a quente não tenho o sangue frio para não falar mais que aziada do jogo. Não nos quero comparar na dimensão que é a equipa. Liverpool como quem conhece sabe que é uma grande equipa de topo. Raçudos em campo. Rápidos. Físicos.  Bola sempre lançada para a grande área do adversário.  Não é fácil conseguir parar aqueles alas. E ter pernas para os acompanhar. O Militão esteve gigante hoje. Ponto. O Liverpool foi claramente mais forte é certo. Nós entramos bem, mas no contra ataque rápido foram eficazes e aquele golo foi um iceberg lançado. 

O onze não foi o habitual e as opções também não eram muitas. Telles jogou mas nitidamente fora da forma dele. Maxi esteve muito bem em muitos lances. O Marega podia ter sido mais certeiro na finalização. 

Quanto à arbitragem. Nitidamente nós somos o FCPorto e eles são o Liverpool. Isto pesa. Ponto. Não vou falar em roubalheira, vou falar em pontos discutíveis e outros que nem tanto. O possível penalti logo na primeira parte que poderia ter sido marcado faz-me confusão.  Foi mão.  Foi corte na bola. Há VAR e nas repetições viu-se bem não marcaram. Ponto. O mínimo encosto que nós fizemos foi sempre falta. O lance com o Felipe que pedem também penalti é discutível. E a meu ver não o ter marcado é correcto.

Mas depois há aquele ponto que não pode ser discutível.  O lance do Danilo com o Salah, com o árbitro de frente para o lance, a ver perfeitamente, e o Salah leva o pé com os pitons à perna do Danilo. Vejam que na imagem até os adeptos deles parecem sentir a dor.

20190410_002926.jpg

 

Este foi um lance para vermelho directo. Mas nem amarelo o arbitro deu. Que como se viu estava a cerca de dois metros do lance e de frente para o mesmo. Em casos de vermelho o VAR deve intervir, como deixam passar aquilo em branco? Numa liga dos Campeões que são sempre tão donos da verdade? Ah esperem, é o Liverpool,  vá e foi o Salah.

Inacreditável. 

Adiante. Nós não nos damos por vencidos. Até porque fomos nós que lá fomos dar o corpo às balas. Que lutamos para conseguir segurar um jogo difícil e em desvantagem por dois desde os 25 minutos. E conseguimos, com mais ou menos fôlego,  mas com garra e sempre a tentar fazer das adversidades novas opções. 

Não será um jogo fácil cá.  Mas nós vamos à luta. Mesmo!

Liverpool 2 x 0 F.C. PORTO (1ª mão dos quartos de final da Liga dos Campeões)

 

Podem sempre acompanhar todas as novidades pelo Facebook. Ou pelo Instagram - @sorrisoincognito 》

 ▪Texto em destaque na página do @SAPO

09
Abr19

Até os comemos, vale?

Maria

IMG_20190303_000609_478.jpg

 

Hoje há jogo grande.

Hoje é dia de Liga dos Campeões onde está o meu FCP, único representante luso nesta fase. Uma fase em que já só se vê dos grandes e os adversários, qualquer um que fosse era uma dor de cabeça, calhou-nos o Liverpool, do qual não temos boas memórias, eliminou-nos o ano passado, e que está numa das suas melhores fases, sendo o actual líder da liga inglesa. É mais logo, às 20h, que vamos a Anfield Road tentar a nossa sorte.

A minha dúvida e de muitos portistas, será o onze que hoje não é o mais provável. Não podemos contar nem com Herrera nem Pepe, dois titulares claros mas que hoje ficam de fora. E ainda há a dúvida de Telles se está recuperado ou não. Outro nosso titular de peso. Não podemos contar com Manafá nem Mbemba porque não estão inscritos. Ora estas baixas podem ser decisivas. Mas confio no mister Conceição para o melhor onze a pôr em campo para lutar pelo emblema que levam ao peito. Numa liga que exerce muita pressão e que é preciso ter sangue frio para aguentar. Vá e experiência.

Há sempre esperança por muito difícil que seja a guerra.

E nós, de coração azul e branco, somos guerreiros, com vontade de vencer e espero que em campo demonstrem o quanto este jogo é importante para continuar esta caminhada rumo às meias.

Aguardo um apoio do nosso número 12 como vem sendo habitual como melhor pano de fundo! Eu estarei a sentir PORTO.

Somos Porto. Com garra determinação e foco. Até os comemos.

07
Mar19

Se há coisa que o Porto tem é garra. E Norte! 💙

Maria

FB_IMG_1551949580131.jpg

 

Após a primeira mão eu disse que acreditava na qualificação. E vim para jogo a acreditar.

Ontem o [meu] Porto deu-nos uma noite mágica. A mística esteve em destaque num jogo fantástico para a Liga dos Campeões.

Que jogo foi este? 120 minutos de um coração a bater em bombadas que não se explicam. Só se sentem. Foi um jogo de muita emoção desde o início. 

Entramos com a garra de querer ganhar o jogo. Pressionamos bem e gostei do onze inicial com o Danilo a titular e o regresso de Militão. Mesmo com o Brahimi no banco. Corona fez um jogo fantástico. E o Marega é de outro nivel quando já no prolongamento ainda fazia sprints para vir defender a sua baliza. 

Foi um jogo impróprio para cardíacos. E até para mim que principalmente no prolongamento comecei a sentir o jantar ali às voltas. Sim meus amigos, mulher também sofre por futebol! E se sofre!

Mas vi na minha equipa uma garra de fazer tudo por tudo para obter a passagem. Vi um Alex Telles a pedir substituição já no prolongamento e a ficar até ao fim e ainda ser o marcador do golo decisivo.  Vi um Herrera a dar tudo em todo o lado à capitão. Vi um Pepe a dar uma chapada de luva branca a todos os seus críticos. 

Viram o salto do Conceição de orgulho e alegria no final? Foi mais ou menos o meu! Um orgulho.

Acho sempre que o Porto quando é cuticado no coração, ergue-se ainda mais. Parece que deu ali uma outra força aos jogadores. E deram o litro num jogo que era crucial.

Estamos nos quartos de final da Liga dos Campeões. 

Obrigada [meu] PORTO 💙 Parabéns! Allez Porto allez.

F.C. PORTO 3 x 1 Roma (2ª mão dos oitavos de final e passagem aos quartos de final da Liga dos Campeões)

13
Fev19

Ao [ meu] Porto!

Maria

(Photo by Kirill KUDRYAVTSEV / AFP) SAPO Desporto

 

Fizemos uma fase de grupos fantástica. Passamos em primeiro lugar do grupo com 16 pontos.

E aquilo além de saber bem, claro, foi do c@ralho!

Ontem quis muito ver aquele Porto da primeira fase, sabendo à partida que estávamos noutra forma e infelizmente não a melhor. Não estava com total confiança, mas há sempre esperança. Quando confrontada que Corona também não jogava, a esperança esmoreceu mais um pouco.

O problema não é não acreditar só nos jogadores que estavam lá, mas passa muito pela falta que os que não jogam nos fazem. E o Marega faz muita falta. Ao jogo que o Porto se habituou a fazer. Muita falta mesmo e isso tem-se visto. A lesão de Marega abriu uma ferida ali na frente que já era o nosso calcanhar de Aquiles e não melhorou. O nosso jogo passa muito e durante muito tempo andou à volta do procurar o Marega lá à frente e os seus sprints para a finalização. Sem Marega, sem alguém com aquele caparro e os sprints fica difícil jogar da mesma maneira. E estava-se mesmo a ver que mais dia menos dia ia acontecer isso ao Marega, as queixas já iam andando a olho nu. Por consequência o Porto ia sofrer.

Ontem faltou-nos muito a finalização. Conseguimos aguentar bem o jogo na defesa, Iker muito bem, e meio campo, com um Felipe meio atordoado, mas com um Danilo impecável e um Militão a dar tudo, mas depois finalização longe de ser eficaz. Não culpo necessariamente Fernando. Foi lá posto para um lugar que pedia mais, e boa corrida coisa que não tem. E depois era a sua estreia naquela grande competição e sabemos, não é fácil. Há um grande nervosismo à volta.

No final da segunda parte com a mexida que estava a gritar para ser feita, Adrien, André Pereira (que esteva quase vendido!) e Hernâni entraram bem. Puxaram pela equipa e conseguiram alienar mais a bola perto da baliza adversária.

Infelizmente há mais um "senão". Brahimi. Brahimi saiu lesionado e junta-se assim a outras dores de cabeça. Brahimi é quase indispensável. E vai com certeza fazer mossa se a lesão levar demasiado tempo e não conseguir recuperar para grandes disputas que se avizinham.

Não foi o suficiente. E o suficiente nem sequer nos chega.

Visto que somos  a única equipa portuguesa a jogar na Liga dos Campeões deviam ser mais a torcer pelo Porto. Mas eles até fazem rezinhas e eu agradeço a honestidade de quem admite que nem por ser Tuga torce pelo clube rival. Mas sendo assim, quem ainda está lá somos nós. E porque eu continuo a acreditar na passagem, Força PORTO💙

ROMA 2 x 1 F.C. PORTO (1ª mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões)

11
Dez18

Ao [ meu] Porto!

Maria

 

Parabéns meu PORTO pela vitória. Pelos 16 pontos. Pela passagem aos oitavos de final. E por terem garantido já no jogo anterior o primeiro lugar do grupo.

És grande 💙

Galatasaray 2 x 3 F.C. Porto (ultimo Jogo da fase de grupos da Liga dos Campeões - passagem os oitavos de final)

 

Constatação da noite:

Só espero encontrar alguém que me faça arrepiar assim como quando o jornalista da TSF grita goooolo do PORTO 💙

25
Out18

Do [meu] Porto!

Maria

 [ parece que Casillas não chega lá, mas chegou ]

 

A noite estava fria, o que não deu para ver o Conceição em mangas de camisa uma pena. Mas começamos com sangue quente. Com vontade sempre em cima deles. Entramos bem. Fomos fortes. Mas depois começamos a deixar notar algumas fragilidades com a opção de ter o Oliver e o Herrera que não estavam a funcionar bem a fazer o trabalho de meio campo e a nossa defesa sofreu com isso. Aquele trabalho de não deixar o adversário chegar à nossa defesa falhou por vezes. Militão, que tem levado com elogios meus, até porque numa fase de adaptação que está tem mostrado garra e bom desempenho, ontem não teve boas decisões, pareceu-me mais lento, mas podia ser devido às posições e à perda de jogo a meio campo. Gostei da entrada do André Pereira. E tenho que frisar o golo do Herrera, primeiro porque acho que estava a precisar do golo, o jogo, e como capitão e porque toda a jogada até ao golo foi fantástica com bom desempenho do Corona que se revelou uma boa aposta ao ser titular. 

Até parece que tivemos ajuda dos dois portugueses a jogar no Lokomotiv de Moscovo, Manuel Fernandes falhou a concretização de um penálti logo nos primeiros minutos do jogo, e o Éder (bastante apagado) deu-nos um penálti ao qual Marega não perdoou e marcou.

Esta vitória foi muito importante para esta caminhada na Liga dos Campeões.

Parabéns [meu] FCPORTO  💙

 

Mas ainda continuo a pensar como uma pessoa muda completamente as feições do rosto parecendo outra pessoa, sim claro, falo do Herrera. Ainda não me habituei ao novo!

 

Lokomotiv de Moscovo 1 x 3 F.C. Porto (3º jogo da fase de grupos da Liga dos Campeões )

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D