Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

30
Jun22

O meu "pikeno"

Maria

Quem por aqui anda há mais tempo, já apanhou histórias do meu "pikeno". Sobrinho que desde sempre o tratei assim. Muitas são as conversas hilariantes que aqui partilhei com ele desde cedo. E esse humor dele foi sempre algo muito presente na sua personalidade. Tem um sorriso fácil, lindo, inteligente, amoroso, amigo e faz-me rir muito.

Eis que, estando ele um jovem, da minha altura, a calçar bem mais que eu e já com a voz a impôr-se, nestas ultimas férias pela primeira vez a conversa passou-se assim:

Eu: Vamos lá então. Pode ser que do outro lado esteja bom tempo, se não estiver temos sempre a Poncha a caminho.

Ele: "Oh pikena" mas só pensas em poncha?

Chamou-me "Oh pikena".

Caramba. Eu ri muito. Mas bateu cá dentro uma saudade!!

IMG_20220630_135013_744.jpg

 

Eles crescem e uma pessoa nem dá conta, certo?

28
Jun22

Madeira, minha linda!

Maria

Do voltar aos lugares que sempre somos felizes. Eu volto. Eu sou feliz novamente. Eu continuo a acumular histórias felizes.

Tenho sempre muitas razões para voltar à Madeira. Assim que me apaixonei por ela já lá vão uns quinze anos. Estou sempre com vontade de lá por o pé mais uma vez. Assim que volto.

Aproveitei uns dias e estive lá. Pela primeira vez em Junho, dizem por lá, o mês do capacete, isto porque o tempo é um bocadinho instável. Apanham-se muitas nuvens. Mas eu continuo a acreditar que há sempre um lugar com sol lá. E já se sabe, que num dia a poucos metros de distância encontras o tempo completamente diferente. Basta passar um túnel (ahah entendedores entenderão!).

Quem me acompanha nas redes sociais, vai vendo as fotografias que postei e que continuo a partilhar, também os stories foram o melhor e mais prático a actualizar.

Sempre que lá vou, a prioridade é estar com os meus. Aproveita-los. É sorrir muito. Desabafar. Ter colo. Aventuras e gargalhadas juntos. Nos entretantos vou a sítios onde gosto de voltar. Vou conhecendo outros. E há sempre sítios que ainda não conheço e que continuam na lista. Adoro ouvir quem diz que foi há Madeira passar o fim-de-semana e conheceu a ilha - sqn. A ilha tem lugares turísticos que todos querem conhecer (há tantos que não conheço). Mas há muitos lugares menos turísticos que são só lindos. E é preciso ter tempo para os aproveitar. Há lugares que merecem que "percas" ali uns minutos a saborear - a vista, a paisagem, a natureza, o mar, o infinito mar, as alturas, as escarpas, as estradas tão únicas... há tanta Madeira para conhecer e viver.

Maria foi à Madeira

[ Marina do Funchal ]

IMG_20220618_142705_594.jpg

[ Mercado dos Lavradores - Funchal ]

IMG_20220619_101227_498.jpg

[ Miradouro do Pináculo ]

Poncha

[ Poncha na Taberna da Serra D'água ]

Há tantos sítios para beber poncha e tantas ponchas diferentes que se perdem e são mesmo boas, mas esta da Serra D'água apesar de ser das mais badaladas é mérito porque é sem dúvida a que se tem de provar.

IMG_20220628_095935.jpg

Já tinha ido algumas vezes a Porto Moniz, mas nunca tinha ido entrado mesmo nas Piscinas naturais. São uma beleza natural de regalar os olhos. A água no dia em que fui custou a entrar, mas depois soube pela vida. Isto porque o tempo daquele lado da ilha também é mais instável, estava pouco sol e algum vento. Também fiz praia na Calheta, como já tinha feito anteriormente visto que é dos poucos sítos com areia amarela. Água boa e tranquila. Já conheço algumas zonas balneares mas desta vez fui à do Lido e aconselho. Bastante espaço. Piscina gigante. E mais que um sítio para ir nadar em "mar aberto" - isto para quem gostar.

O nosso Portugal é tão bonito!

É sempre bom voltar onde se é feliz. ❤

 

《 Podem sempre acompanhar todas as novidades pelo Facebook. Ou pelo Instagram - @sorrisoincognito 》

21
Mar22

Hoje começa-me a primavera. Sempre. 21 de Março

Maria

É o teu dia. E sempre me começa a primavera a 21 de Março.

Tenho tantas saudades de nós juntos. Da nossa infância tão boa. Grudados. Cão e gato. Juntos. Cúmplices, amigos, irmãos.

Foste o melhor que me poderia ter calhado e só tenho pena de não te esborrachar mais com os meus abraços. Sentidos. Cheios de tudo. Quando muito agora saudade.

Desejo-te em dobro o que desejo para mim. Desejo que os teus astros se alinhem. Que tenhas uma vida feliz. Que te sintas feliz. Que sejas, acima de tudo feliz.

Que eu esteja sempre perto. Ainda com toda esta distância que nos separa geograficamente.

Que tenhas saúde.

Amo-te milhões mano. Feliz aniversário  

11
Jan22

Obrigada sempre!

Maria

271266082_621538022447139_2199375917536102508_n.jp

 

Nunca me poupei em agradecer a quem merece.

A quem merece mesmo.

Agradecer pelo que nos são. Pelo que nos fazem. Por existirem. Pelas palavras. Os ombros amigos. Os abanões. Os lenços de papel a limpar as lágrimas. As gargalhadas. Os jantares partilhados. As confidências. As partilhas. Os dias. A vida.

Sempre soube dizer obrigado a quem de direito. Os meus amigos sabem o quanto lhes agradeço as boas amizades que tenho. A minha família sabe o quanto lhes agradeço o nosso amor. 

Gosto de lhes reconhecer o sentido. Do privilégio que tenho de os ter. E de escolher quem não é obrigatório.

OBRIGADA pelo que me são. Pelo que me deixam ser!

11
Nov21

Em algum sítio hoje é dia de festa.

Maria

Sabem aquele dia em que queriam muito ligar a alguém para lhe dizer alguma coisa e não dá? Pois... hoje é o dia.

IMG_20211111_143602_001.jpg

 

Aquela merda do cliché não deixes nada por dizer, não esperes pelo amanhã, blá blá blá, é isso mesmo. Um cliché de caca de se dizer, mas na verdade quando chegar o dia em que o queres dizer e não podes vais lembrar-te dessas frases em loop na tua cabeça.

A Ti disse sempre, e pela primeira vez na minha vida que te quero ligar a dar os Parabéns não dá. Faz cinco meses que partiste e o teu número continua ali, assim que vou mandar whatsaap o teu numero ainda é dos primeiros, as mensagens mais hilariantes do meu messenger ainda são as tuas. E eu sei que hoje ao te ligar " aii que já estou todo fodido" ia ser uma frase que ias dizer. Sem dúvida. E ias dar aquelas gargalhadas só tuas. E eu ia rir muito sem quase conseguir falar.

Eu sei, que onde quer que estejas hoje é dia de festa. E se há alguém que a sabe fazer és tu.

Continua a fazer rir quem quer que seja. Hoje o dia é teu.

Parabéns primo. Aquele copo de vinho para nós. Um brinde eterno!

13
Set21

Maria, o que trouxeste das férias?

Maria

[ A mochila com mais bagagem ]

Já estou a trabalhar há duas semanas e parece que as férias já nem lembram. Queremos voltar com as energias renovadas e em alta mas confesso, mais uma vez até porque tenho a sensação que é muitas vezes assim, voltei cansada e com o ritmo tão acelerado que este ano o trabalho está, nem tenho tido tempo parar respirar em condições. Tanto que um dia destes na minha hora de almoço adormeci. Quando isso me aconteceu? Nunca que me lembre.

IMG-20210829-WA0002.jpg

 

Voltar cansada no meu caso é porque aproveitei ao máximo o que tinha para aproveitar naqueles quinze dias. E o melhor? Aproveitei os meus. Voltamos a estar juntos. No verão, coisa que não acontecia há imenso tempo e foi só óptimo. Passeamos todos juntos. Juntamos ainda mais família. Houve reencontros que há anos e anos não aconteciam. Fomos a sítios que nunca fomos juntos. Rimos muito, abraçamos, visitamos. Comemos melhor. Ficamos até tarde a conversar. Fizemos zero em alguns dias. Mas estivemos juntos. Nada, mesmo nada mais importa. E só por isso foi maravilhoso. 

Estivemos em sítios prometidos (Fátima). Fomos a lugares que não visitávamos há muitos anos mesmo, como São Leonardo da Galafura. Voltamos a lugares de infância como as Pias!

Consegui antes disso, tirar uns dias com amigos. O melhor também? Consegui juntar duas das minhas melhores amigas de infância/escola em férias. Partilhamos casa, rotinas, gargalhadas, jantaradas e conversas. Continuo a dizer que, melhor que fazer novas amizades é conseguir juntar as antigas. Conseguimos. Correu bem. E foram uns dias bem passados.

Conseguir ter amigos que façam parte da nossa bagagem em tantos anos que vamos escrevendo história é raro e muito bom mesmo. Traz-nos a sensação que estamos a fazer alguma coisa bem. Que o que transmitimos tem eco sentido.

Como acho que sempre dei a entender, se tiver os meus perto, sejam família ou amigos que viram família está tudo bem. É o que realmente importa. É o que levamos desta vida. É o melhor que podemos ter, pessoas do bem connosco. No matter what. Eu tenho sorte. Eu sei. E agradeço.

Claro está, também trouxe quilos a mais. Sim dois quilos e meio a mais das férias que vão agora demorar tempos infinitos a desaparecerem, se d-e-s-a-p-a-r-e-c-e-r-e-m!

E não comi a bola de berlim na praia. Juro. E fiz praia, pouca é certo, mas fiz. Mas comi muita coisa boa a compensar! Nem falo da melhor comida do mundo, esmerada por estarmos todos juntos, mas foi cabidela, muito arroz do forno, batatas assadas e carne, muita carne. Postas de bacalhau de nos atirar pro lado. Assados na brasa. Vinho caseiro. Vinho maduro tinto, vinho rosé. Francesinhas. Pizza da boa. Cavacas. Bolo do alto amarelo. Doces (fatias) do Freixo. Ovos moles. Bolos variados. E foi muito isto. Há falta de bola de berlim na praia uma pessoa não fez por menos (que o diga a balança!).

Valeu pelo passeio que foi tão bom quanto os momentos em que estivemos sentados todos na varanda a não fazer nenhum na conversa. Não se esqueçam - o melhor da vida é estar junto. Junto dos que se amam. E está tudo bem e certo ❤🍀

E as vossas férias foram boas?

 

Podem sempre acompanhar todas as novidades pelo Facebook. Ou pelo Instagram - @sorrisoincognito 》

10
Ago21

Um bocadinho abaixo do Pólo Norte

Maria

Parece que Agosto começou há uns dias e eu nem tempo tive para um único post. E Agosto é o meu mês de sorrisos, de renovar energias. De férias. De família. De coisas boas. E partindo do principio que até me esqueci de fazer o desafio #quenuncanosfaltemsorrisos que já costumo fazer... está muito dito!

20210810_142317.jpg

 

Não me lembro de um ano com tanto trabalho. Com tantos percalços pelo caminho, psicologicamente cansada tanto a nível profissional como pessoal. Desgastante. Chego a Agosto com um grito interno de férias como não me lembro. Férias sempre são bem vindas, mas este ano sinto que é a bomba que preciso para respirar mesmo melhor.

Este ano queria mesmo ter mais tempo para este cantinho. Foi um objectivo quase aqui escrito, mas não o cheguei a fazer e mesmo assim, o meu psicológico fica um pouco desiludido por não estar a conseguir cumprir. No entanto não estou a conseguir fazê-lo de maneira espontânea, logo não escrever é o que me faz sentido. Não vou escrever por escrever. No entanto sei que tinha muito para fazer e conseguia vir aqui buscar aquilo que sinto que estou a precisar - como sempre - o equilíbrio na escrita e na partilha das palavras que me traz.

Acho que a falha tem sido também minha. Além do trabalho estar a absorver muito de mim e não estar a conseguir ser capaz de me libertar assim que saio dele, não estou a conseguir impor "barreiras" na minha luta diária.

Cá dentro já tive muito melhores dias. Anda ainda tudo muito revolto. Sem conseguir amenizar as energias e alinhar os chacras. Não estou a conseguir separar águas. E sei que essa falha é só minha. E espero que os dias de férias que ansiosamente estão quase a chegar me ajudem a respirar melhor. Estou sempre a pensar em mil e duas coisas. E no final, sinto que troco e faço emaranhados de situações.

Sei que não consigo chegar a todo o lado. Sei que não tenho que ficar triste por não estar a conseguir resolver coisas que não dependem só de mim. Tenho consciência que tenho tentado dar o meu melhor em todas as situações. No entanto continuo com a pergunta será que o meu melhor é o suficiente?

É nestas alturas, talvez uma fase menos boa, que agradeço por ser uma pessoa positiva que apesar das dúvidas inevitáveis tenta ver o copo meio cheio, a luz ao fundo do túnel e acreditar fazendo figas que tudo se vai resolver e alinhar. 🤞

[Ontem foi dia 9, dois meses sem o meu primo. Que continua a ser a pessoa que me aparece nos primeiros lugares assim que abro o messenger para enviar uma mensagem. Ou assim que abro o facebook. Que me continua a aparecer nas memórias do face. E que assim que recebo um vídeo de humor de alguém me apetece ir enviar-lhe. Eu não estava fisicamente com ele há algum tempo, merdas da pandemia, mas trocávamos fotografias, mensagens, vídeos, imagens de rir quase todos os dias. E esses dois minutos entre o receber a mensagem e soltar uma valente gargalhada davam-me anos de vida. Ainda custa acreditar.]

Não sei bem dizer se houve ali um momento específico que me fez deixar cair quase a toalha ao chão. Mas sei que ela ficou um pouco pesada nos últimos tempos. E sei que, por muito que seja a ultima pessoa a transparecer isso, a não deixar de sorrir sempre, não consigo ser a mesma.

O lado bom disto tudo é que faltam três dias e umas horas para estar de férias e a coisa está quase a ir ao sítio (só energias positivas desse lado vá 🙏) espero notícias positivas. Boas conversas. Reencontros. Biquini all day. Petiscos bons porque são a cura para muitos males e Caipi blacks fortes com força porque convenhamos ajuda. E os meus juntos. Os meus juntos! E isto é só o que mais quero - ali um bocadinho abaixo do Pólo Norte já que não apanhei a promoção ou a agência de viagens que "todos" apanharam para ir para as Maldivas!

Está tudo a ficar certo ♡🍀 (eu espero!)

31
Jul21

Feliz aniversário ♡

Maria

Lomogram_2013-08-23_06-17-48-.jpg

 

Tenho saudades daquele abraço que é só teu. De te pegar ao colo. De vibrar com cada gargalhada que dás e que enche as medidas. És tão nós. Tenho-te saudade de dar-te a mão para não caíres. De te melgar com tantos beijos e abraços, de correr contigo, de brincarmos juntos e de ser a palhaça de serviço. 

Como tu estás um crescido. Como a tua voz já mudou, como já deves estar mais alto que eu, porque na última vez que estivemos juntos já estavas quase. Como continuas a ser um menino de tão bom coração,  de bons princípios.  De ser muito amigo dos teus amigos.  De te preocupares com todos à tua volta. Como isso te faz ser tanto na nossa vida e tu nem te dás conta.

Seres um menino do bem é um orgulho e só desejo que esse seja sempre o teu caminho. Que sejas imensamente feliz, que a vida te sorria. Que não percas esse teu sentido de humor e Amor ❤

Mesmo a milhas de distância amo-te milhões.  Mais que ontem e menos que amanhã.  Parabéns meu pikeno. 🎂🎉

13 voltas ao sol 🍀

31 de Julho 

23
Jun21

A vida é um lugar estranho e bom. Mesmo com dias de merda.

Maria

A Douro

 

É impossível não partilhar isto. Não escrever sobre isto. Não dizer duas ou três coisas que preciso.

Ainda que, não saiba o que dizer. Como o dizer. Ou se quero sentir o que vou sentir ao escrever. Mas partilhar em palavras aquilo que sinto sempre foi a minha melhor versão.

Perdi há duas semanas, uma das melhores pessoas da minha vida.

Do meu crescimento. Do meu sangue. Daquelas que partilhavam o mesmo lema de sorrir, todos os dias "no matter what". Daqueles que me ensinou que a criança dentro de nós é preciso mantê-la para bem da nossa [in]sanidade. Daqueles que me faziam sorrir quase todos os dias, ainda que há distância com as parvoíces que me enviava e que era constante no seu estado de boa disposição. Sempre pronto a ajudar. Sentido de família. Cheio de vida e onde estivesse não deixava ninguém indiferente. Com uma facilidade em fazer amigos em qualquer lado. Sempre na tanga a dar-nos aquela dificuldade em perceber se era "agora" que estava a falar a sério. A ver o copo sempre a transbordar.

[ Dá saudade. Dos encontros que já tínhamos meio definidos para juntar os estarolas. Dá saudade a cada fotografia. Dá saudade a cada canto da vossa casa. Dá saudade ao olhar para os miúdos. Para os teus pais. Dá aquele aperto, daquela mistura de saudade e de ainda estarMOS a tentar acreditar que aconteceu.

Há uma semana vi-te a ultima vez na despedida e por entre as lágrimas só me apeteceu dizer-te "vá deixa-te de tangas levanta-te daí". Porque tu eras assim. Os encontros de família não vão ser mais os mesmos. De todo.

Porque há dias de merda. e o dia em que partiste foi definitivamente um dia de merda. Sem tentar perceber o que pode explicar o inexplicável é tentar aceitar. 

Cada um sente a perda de alguém de diferentes formas. Nem todos nos tocam da mesma maneira e isso nunca se impõe. É simplesmente  sentido e verdadeiro o que cada um é na nossa vida.

O fugaz e inesperado, o que surge sem aviso prévio é ainda mais difícil. Os dias passam a dor não tem diminuído e o facto de muitas vezes não se conseguir exteriorizar coisas é ainda mais difícil. Dizemos sempre que o tempo ajuda. Mas o tempo aumenta a dor, as perguntas e o difícil que é não há nada a fazer. 

Entre o luto, os silêncios, as noites, as lágrimas, as recordações faz eco a tua gargalhada, a tua sempre grande e efusiva gargalhada. "Oh prima Oh prima" fica-me para sempre cá dentro. Muito mais nestes dias de merda que as tuas mensagens já não entram para me fazer soltar aquela gargalhada enquanto dizia "só tu!" ]

Há dias em que a Vida nos prova que é uma grande filha da puta. Que é injusta. Que leva os melhores de entre nós demasiado cedo.

 dia 9 foi um desses dias.

E eu só quero que estejas em paz ❤

 

 

Podem sempre acompanhar todas as novidades pelo Facebook. Ou pelo Instagram - @sorrisoincognito 》

03
Mai21

Todos os dias são dias da Mãe

Maria

Ontem foi o dia da Mãe no calendário, mas todos os dias o são.

Amo de coração a minha e não me sendo cliché - Ela é a melhor Mãe do Mundo.

Dia da Mãe

 

Nunca ninguém me verá aos olhos dela. Nem nunca ninguém me fará sentir o que sinto quando ela me olha. Parece que se precisar de alguma coisa, são aqueles olhos que me acalmam. 

Ensinou-me das melhores coisas do mundo. Sorrir sempre. E continua a ensinar-me que todos os dias são dias de luta e que o melhor é enfrenta-los com um sorriso. Que tem que se ser positiva porque depois se verá, o que tiver que ser será. Continua a ensinar-me que é bom manter contactos. Que a família é importante. Que não precisamos de andar aos abraços mas é preciso saber se está tudo bem com o outro. Que quando alguém tem alguma coisa, todos juntos fazem a diferença. E que não devemos esquecer ninguém. Mesmo que, por vezes tenhamos sentido que alguém se esqueceu de nós...

Continua a dar-me lições de vida todos os dias. A ter a paciência que ainda me falta para muitas situações. A querer chegar a todo o lado e a olhar sempre primeiro para os outros. Tem um coração onde cabe tudo. 

Queria ser-lhe sempre melhor, mas sei que também falho. Queria poder dar-lhe mais, mas às vezes não dá. Queria olha-la com os olhos de Eu - Mãe, mas ainda não consegui. E sei que ela seria a melhor avó dos meus filhos. 

Às vezes as pessoas tocam em feridas que nem sabem. E há dias em que aquele colo de Mãe ainda continua a ser o único porto de abrigo. E o melhor.

Amo-te Mami. Que a vida te sorria.

Um beijinho a todas as mães. Àquelas que o sabem ser. Àquelas que o gostariam de ser. Àquelas que o são de coração. Àquelas que continuam a tentar. Àquelas que se orgulham em sê-lo.

IMG_20210502_140043_626.jpg

 

Um beijinho especial à minha Mãe ♥ para quem ontem fiz este bolinho cheio de amor!

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub