Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

16
Abr19

Notre-Dame

Maria

[Imagem: AFP]

Não é um amontoado de pedras e madeira como já li por aí.

É cultura. É arte. É património artístico e religioso de valor incalculável. De séculos. É história. É da humanidade.

Pode não ser a nossa história. Mas faz parte. E é triste.

As imagens ficam. E a imagem do pináculo a cair ficará.

Hoje acredito num amanhecer muito triste para os franceses.

21
Set18

Peripécias... *23* _ no trabalho

Maria

Já cá faltavam pérolas do meu trabalho. Mas tenho tido tanto que até para contar as peripécias me tem passado.

Hoje tenho que partilhar com vocês "as modas" que me passam à frente.

Trabalho 80% com o estrangeiro, logo lido com muita gente de vários países. Já aqui falei que por exemplo os Alemães são os mais difíceis de lidar, no meu caso, por causa da língua que não atino por nada. E porque têm um ar, por norma, muito contrário ao nosso. São mais sisudos, fechados. Sérios. Minuciosamente críticos. Mas não imaginam o que é lidar com Polacos, Ucranianos, Checos... Alguns por incrível que pareça falam já um Português arranhado mas que se percebe. Outros dão um toque de outras línguas, há os que vamos lá com a ajudar do querido google translate e outros há que não piam. A sério, entram mudos, saem calados e trazem escrito por vezes em folhas o que vêm cá fazer/buscar. E são estes últimos que têm a aparência mais impossível de passar ao lado, porque ao falar simplesmente ofuscam.

Acreditem, não é a primeira vez que um deles fala comigo e eu nem ouço o que me disse simplesmente porque fiquei ofuscada com os seus dentes. Dentes de ouro ou prata.

Mesmo. É qualquer coisa que não entendo mas, em dez que cá vêm, nove têm, ou um dente de ouro ou prata, ou vários, até já tive um que lhe faltava um dente, mas estava lá o de ouro! É impressionante.

Não sei se é moda por lá, se é cultura, se aquilo tem um significado de poder para eles. Não quero nem saber. Aquilo a mim só me mete impressão. E quando me aproximo e eles parece que ainda abrem mais a boca para se verem e eu só me consigo lembrar do Harry do Sozinho em casa... que foi o que me acabou de acontecer.

Espero que a "moda" não se espalhe. Por cá que eu saiba só andou a moda do brilhante/piercing nos dentes e me parece que já passou.

 

24
Fev16

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Maria

Aqui no Norte há expressões muito típicas, muito nossas. Há expressões que muitos outros residentes no país desconhecem. No Porto então, além daquele sotaque "marabilhoso" e único há mil e uma expressões que só mesmo ditas cá em cima é que fazem sentido e têm piada e ver os do sul com aquela cara de não estarem a perceber (patavina) nadinha é hilariante.

 

Expressões à Porto.png

 

 

Aqui ficam algumas, mas há muitas muitas mais certo Nortenhos? Muitas expressões que até eu desconheço com certeza.

Aguça = afia lápis

Alapar = assentar

Amarfanhar = apertar bem alguma coisa

Arreganhar a tacha = Rir à gargalhada

Adianta um grosso = não vale de nada

aloquete = cadeado

Andar de cú tremido = andar de carro

Andor violeta = põe-te andar

Arrotar postas de pescada = gabar-se

Aquele foi dentro = Aquele foi preso

Azeiteiro = Parolo

Alto basqueiro = Barulho 

Bais toda lampeira = vaidosa

Bateu a caçoleta = morreu

Bater um couro = engatar

Bergar a mola = trabalhar

Bou dar de Frosques = Fugir

Bujão = rabo

Bezana/moca/piela/borracheira = bebedeira

cabides = cruzetas

Canalha = Crianças

Cara cheia de espinhas = borbulhas

Chaço = carro velho

Chamar o gregório = vomitar

Chuço = Guarda-chuva

Cresce e aparece / andor bioleta = desaparece

Dar a breca = cãibra

Dar o fanico/treco/badagaio = desmaiar

Engolir sapos = guardar para si algo em vez de falar o que apetece

Esbardalhou-se todo = caiu

Está toda comida do cérebro = maluca

Estar como o aço = bêbado

És boua comó milho = és jeitosa

Estrugido = refogado

Fodi a boca a um gajo e mandei duas putas a outro = Parti a boca a um gajo e dei dois estalos a outro

Grizo - Frio

Jeco - Cão

Ladra-me baixo! = Fala mais baixo

Laurear a pevide = passear

Lebar uma lapada ou lebar nas bentas = Levar um estalo

Lorpa = parvo

Lostra ("Levas cá uma lostra que até andas de roda") = chapada/estalo

Mandar bitaites = Palpites

Mitra = infiltrado

Morfar/encher a mula = comer

Não perceber patavina - não perceber nada

Não tenho mão nela = Não a consigo controlar

Pia baixinho/baixa a bolinha/sossega a sapatilha/achantra a mula = acalma-te

Picar o ponto = namorar

Pildra/Choldra = prisão

Pra lá de Bagdá = dormir

Sapatilhas = tenis

Sostra = preguiçosa

Tás c'o tau /Estar com o toco = maldisposto / estar chateado / aborrecido

Um foguete na perna = uma malha puxada do collant

...

(em actualização)

Repost de um post que apaguei de 27/11/213 que foi sempre dos mais visitados aqui no blog!!!

11
Mai14

#BringBackOurGirls

Maria

É impensável que no Mundo em que vivemos, nos dias de hoje, haja algum lugar na terra que uma tragédia destas possa acontecer. Infelizmente acredito que a escravatura, a escravatura sexual, o uso de superioridade à mulher, o tráfico humano, seja de uma dimensão muito longe do que possamos imaginar.

"A questão da escravatura sexual é maior do que as pessoas imaginam. Por isso estamos a espalhar a palavra. Apesar de a escravatura ter sido abolida há centenas de anos, actualmente há mais pessoas escravas do que então e os números continuam a aumentar", disse Kutcher, em declarações à imprensa. "Homens, mulheres e crianças são feitas escravas com vários propósitos que incluem a pornografia e os trabalhos esforçados", acrescentou. Aqui.

27
Out11

Línguas...

Maria

Eu adorava falar todas as línguas, vá muitas (admiro muito quem o sabe). A pensar um bocadinho é muito triste a distância que se faz entre pessoas quando a língua as separa. O tu quereres criar qualquer tipo de diálogo e nem um nem outro ter uma língua que falem em comum é triste mesmo. Uma língua que eu não pesco patavina é alemão. Oh god como eu fico parvinha a ouvir um alemão, ainda para mais em tom apressado, é qualquer coisa como se a ficha da conversa entre nós estivesse a cair e eu apenas ouvia ruído. Não vou lá das pernas. E nem fico com a sensação de um burro a olhar para um palácio, porque a língua alemã para ajudar, não é minimamente atractiva. Me desculpem os alemães, mas não é. Ou seja estou literalmente lixada!

30
Jul10

Partiu António Feio

Maria

"Se há coisa que eu costumo dizer é, aproveitem a vida e ajudem-se uns aos outros. Apreciem cada momento. Agradeçam… e não deixem nada por dizer…nada por fazer…"

António Feio

 

A última vez que vi este senhor em actuação foi quando fui ver “Os melhores Sketches dos Monty Python” e tal como eles nos habituava (ninguém esquecerá a Conversa da Treta!) foi o riso total, a sua presença enchia um palco. António Feio demonstrou a todos nestes últimos meses de vida que apesar da barreira à nossa frente ser alta demais vale a pena tentar ultrapassá-la, mesmo que isso signifique ficar a meio…

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D