Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

09
Out19

Maria quatro. Texuga zero.

Maria

Passou mais um mês, logo quatro meses do dia em que disse #MariaTexuga tem lá calma!

IMG_20191009_152724_935.jpg

 

Bem, parece que estagnou ali e não difere muito. Por isso é que a luta para não descambar parece que está ainda mais forte. Mas temos que manter o foco. E sei que, enquanto não quiser ser tão radical, enquanto quiser continuar a comer porcarias e coisas que tais, vamos andar ali  sem grandes oscilações.

Mas o que é me é importante é não aumentar. Não voltar a ganhar tanto peso. E lutar todos os dias contra aquele apetite de comer muito e principalmente a horas impróprias.

Como podem ver pelo título é mais um mês positivo. Positivo é não aumentar por isso descer apenas mais umas gramas já valeu! Pesagem no primeiro dia do mês e perdi 600 gramas! Seiscentas gramas face ao mês anterior, e por isso, o balanço destes quatro meses, é de 5,4Kg face ao primeiro dia que decidi ir no foco, 1 de Junho.

Não atingi ainda o que queria, mas não pus uma meta em termos de tempo. Para muitos pode não ser nada em quatro meses, mas para mim já é muito bom.

Sendo que, a minha dieta não passa por seguir um regime diário e ter um único dia de asneira. Não passa por não comer de todo porcarias, fast food, fritos, doces... Não passa por não beber um vinho, uma cerveja ou uma cola se me apetecer. Não passa por comer papas de aveia, farelos, iogurtes magros naturais, cenas prozis ou outras coisas que tais que nem estou inteirada do que seja.

A minha dieta continua a mesma do início. Tentar reduzir apenas a quantidade de comida que comia. Mas quando me apetece como o que quiser e repito o prato se assim for o desejo. Não me martirizo. Não. Nada disso. A vida é muita curta para não ter um dos meus maiores prazeres que é comer.

Quando me apetece ir à pizza, vou. Quando me apetece ir à francesinha, vou. Quando apetece repetir a cabidela, não penso duas vezes. Continuo a juntar arroz com batata e carne vermelha porque gosto. Continuo a comer batatas fritas de vez em quando. Os iogurtes continuam a ser gregos ou cremosos com pedaços. Continuo a comer queijo todos os dias e não é magro. E não aboli totalmente o pão da minha vida.

Prefiro pensar que aos poucos, com o peso e o volume que já consegui perder voltei a vestir roupa que no início do verão começar, não servia. Voltei a usar os calções que tanto gosto de usar no verão e que já vinham de outros Verões. Voltei a vestir calças que não usava há dois anos. Porque não serviam mesmo. E vestidos. E na fotografia podem ver-me com os calções de ganga que comprei já este ano em Maio, a pensar que não tinha calções para usar no verão e quando cheguei ao verão usei-os pouco porque já ficam largos e já os consigo tirar quase sem desaperta-los.

O balanço é positivo, mas agora devia pensar em reduzir mais alguma coisa, ou fazer mais exercício físico. E isso já são outros quinhentos que não sei se vou seguir. A ver vamos.

Mais um mês, vamos a isso. Quem continua no foco, mesmo agora que o verão já se foi?

20
Out17

Balanço do exercício físico...

Maria

Por motivos de saúde tive que baixar o ritmo de aulas. Cada vez mais. Até parar. Deixei de ir aos treinos. Fiquei-me apenas pelo zumba. Mas com a paragem das férias e de lesões. As aulas de zumba ficaram em stand-by. A "medo" voltou-se. Mas aquilo está longe de ser o que era. No entretanto...

Guardei vídeos. Tracei planos e exercícios. Preparei aulas caseiras.

...

Comprei um tapete para fazer exercício em casa há quase um mês e ainda não o tirei da embalagem sequer. 

Estamos assim. Uma #MariaTexuga com seis quilinhos a mais, que se reflectem em proporção ao sorriso, cada vez mais "largo".

IMG_20170923_203023_602.jpg

 É isto. Como vocês sabem, não sou e nunca serei uma Fashion Blogger.

31
Mai16

Exercício físico vs #MariaTexuga (balanço 1Ano)

Maria

- Emagreceste?

Não! Peso mais!

- Mas isso é massa muscular.

Tretas! Parece que vejo mais celulite por todo o lado e os quilos na balança não param de aumentar, uma pessoa não está psicologicamente preparada para isso, por isso não me venham com a conversa que seja massa muscular. Bahhh

E assim se passou um ano. Sim, comecei esta aventura de exercício físico há um ano. E desde então não voltei a ser a mesma. Dar a mão à palmatória. É o ter que ser. Eu que sempre pensei nitidamente que duas/ três aulinhas era na boa depois cansava-me daquilo. Que no verão até que ia ser mais ou menos mas depois de inverno ia encontrar mil e duas desculpas para ficar alapada em casa. Nada disso. Agora olho para trás e gosto imenso daquilo que mudou (menos o aumento de peso). A determinação em mim. A vontade de ser capaz. A socialização. Todo o conjunto.

Continuo a perguntar-me vezes sem conta onde estava com a cabeça quando decidi entrar nesta aventura. Continuo a resmungar sempre que vou, sempre que a aula é mais puxada, sempre que chego a casa toda partida. Continuo a tentar arranjar mil e duas desculpas para não ir mesmo que quando tenha que faltar já sinto negativamente a coisa e fico triste(!!!). Continuo a ter dias que a dor nas pernas faz parecer que sou malabarista. Continuo a ter dias que quando espirro parece que parti tudo lá dentro. Continuo a ter dias que mal consigo chegar com as mãos às costas para desapertar o sutiã semelhante são as dores nos braços. Continua tudo, mas nada me faz desistir. Para já a vontade é de continuar. De continuar a evoluir, de ser mais capaz, de ter aquele tempinho para deitar cá para fora tudo sem pensar em mais nada.

"Gosto quando a professora me diz que se lembra de eu não aguentar quinze segundos em prancha. Noto que já evolui alguma coisa e que o modo preguicite começa a dar a parte fraca, no entanto há tanto para fazer, tanto para melhorar(...)", disse eu no primeiro balanço que fiz. Evoluir foi a palavra certa, visto que na gala de Óscares do primeiro ano, fui galardoada, miss Evolução!

miss.jpg

Agora? Agora é apenas continuar. Não vale desistir.

Sim confirmo, este texto foi mesmo escrito por mim, #MariaTexuga como todos os outros, esta que não é nem nunca foi (provavelmente nunca será) uma fashion blogger.

30
Dez15

Dicas de Poupança (balanços).

Maria

poupança.jpg

 

O ano está quase quase a acabar. Para muitos é tempo de fazer balanços. Eu não faço muitos. Continuo a preferir nem ir por aí. No entanto já aqui falei de dicas de poupança que também já tinha visto noutros blogs e gostei da ideia, então durante estes dois últimos anos decidi seguir uma, feita por mim e bem mais em conta que a primeira vista. Pois bem, nós sabemos que muitas vezes propomos-nos a certos objectivos mas depois ou não dá, ou vão passando, ou até esquecemos. A meio do ano fiz um balanço de como ia seguindo a dica. Agora na última semana do ano é tempo de fazer o balanço final. Como tinha ajustado a tabela para valores que não custam tanto pôr de lado e servem para mais carteiras, o valor final pode não ser um valor muito alto mas é muito bom. Chegar ao ultimo dia e ter ali aquele dinheiro poupado (independentemente de ter outras poupanças ou não) é mesmo bom. Para usar da melhor maneira, para umas mini férias, para um presente melhor, para uma passagem de ano diferente, para comprar aquela coisa que já queríamos há muito ou simplesmente para deixar ali de lado. A experiência foi positiva e vou levá-la novamente para o novo ano. Tenho tentado cumprir e mesmo que não se consiga a totalidade o pouco que se consiga é sempre bom. Quem se juntou, ou fez outras que tal o balanço? E agora para o novo ano quem se junta? Ou se tiverem outras dicas partilhem! Esta podem levar!

Boas poupanças!!!

Dicas de Poupança

 

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D