Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

24
Dez19

Feliz Natal

Maria

Cópia de NATAL2018.png

 

Desejo a todos um Feliz Natal, com o melhor possível, com muita saúde, alegria e com um sapatinho repleto de sorrisos. E Amor, muito ♡

Obrigada por estarem por aqui e pelo carinho que sempre me dão. 

Esta é a altura ideal para estarem com quem vos faz feliz. Desembrulhem o vosso coração mais que qualquer presente. E estejam presentes!

Tenham sempre o coração no devido lugar dando valor ao que realmente é de valor. ♡

Boas festas! 🎅🎄

Sigam-me em:

Facebook: SorrisoIncógnito l Blog
Instagram: https://www.instagram.com/sorrisoincognito/

20
Nov19

À [minha] Rainha ❤

Maria

A primeira coisa a dizer é agradecer. Agradecer muito por te ter aqui connosco e isso agradeço todos os dias.

És só a melhor pessoa do Mundo. Sem filtros, sem "ses". Gostava que soubessem que este Amor maior é de facto um amor maior. Porque estás em primeiro. Porque por ti é tudo.

Até porque tu és assim connosco. Primeiro nós, sempre nós depois Tu. 

Gostava que todos tivessem a sorte de te conhecer, de te terem como eu tenho.

Gostava, porque sei que nem todos têm essa oportunidade, têm a mesma sorte, que soubessem mesmo o que é este Amor. Que nos une. Que nos faz crescer. Que dura sempre a ser maior que tudo. E que me faz sentir orgulho. Faz agradecer a cada dia novo.

Temos a melhor gargalhada. E tu tens o melhor coração que conheço. És muito mais de estar lá. De ir. De ficar.

Tens sempre uma palavra a dizer. Tens dificuldade em dizer não. Ajudas o mais que podes. És sempre muito mais pelos outros que por ti. Tantas e tantas vezes. Só vês o bem. És muitas vezes ingénua. E tenho um medo enorme que te magoem.

Continua a ser bom de cada vez que te sentas ao fundo da minha cama para conversar. Para cuscar e para rir muito à gargalhada. Ou mesmo para partilhares comigo alguma coisa para "roer" antes de dormir.

Somos duas #MariaTexugas. E tu és mesmo a melhor cozinheira do Mundo.

Foste tu que me ensinaste a gostar de pessoas. A valorizar o que é família e o que são amigos que se podem tornar família porque o que realmente interessa não são os bens materiais e que podemos ser felizes mesmo com dificuldades económicas e com o cinto quase sempre em modo apertado. Que o que levamos desta vida é o convívio com os outros e o tentarmos sempre ser melhores.

Obrigada por tanto que me continuas a ensinar todos os dias. Pelas lições que me dás, os abre olhos e os puxões de orelha. Obrigada pelo coração gigante. E pelos valores que sempre me passaste. Por seres sempre pela Família. Obrigada pela pessoa que és. Pela grande Mãe que és!

Que sejas feliz. Que seja mais um ano em que estejamos juntas e a lutar sempre para que tudo corre pelo melhor. Que eu possa partilhar muitos mais anos assim contigo. E que eu possa ajudar-te no melhor que o mundo tem para te oferecer.

Ontem, 19 de Novembro foi o teu dia especial. Os meus Parabéns e que venham muitos mais anos, juntas, de sorriso no rosto e cúmplices, minha Mãe. 

AM❤TE

18
Out19

Desafio de escrita dos pássaros #6

Maria

» Escreve uma história romântica baseada no clássico "O Amor, uma cabana… e um frigorífico" «

desafio passaros.JPG

 

Em pleno Outono. De dias bonitos. Amenos. Com uma brisa leve a fazer as folhas correr... estás ali.

Abalroa-te a luz daquela pessoa na tua direcção. Vês nitidamente o espaço que te envolve e até sentes o cheiro daquelas flores sobre a mesa ao fundo. Sentes-te balançar e sorris timidamente para o sorriso que se aproxima. Tentas parar mas não chegas com o pé ao chão devido ao corpo meio deitado sobre aquele baloiço branco mesmo em frente à cabana. E ele abeira-se e dá-te o beijo furacão que te quebra o iceberg. Aquele beijo que estás sempre à espera. E de olhos fechados sentes o rosto colado ao teu e aquele corpo que delicadamente se estende sobre ti. E sentes os teus lábios dizerem o que o teu coração aos pulos tenta expressar. Ouves o barulho das folhas que se agitam ao sabor do vento e focas o verde da natureza que te envolve. Que vos envolve. Os raios de sol são poucos mas o calor sente-se, talvez não só do tempo. Envolves-te naquele tecido capaz de suportar dois corpos que se desejam e o baloiçar já não te incomoda. Fixas aquele olhar como tantas vezes o fizeste e deixas que as coisas aconteçam. Entregas-te ao amor e sentes em cada entranha da tua pele o oxigénio que o teu coração almeja. Apanhas o cabelo e acomodas o seu rosto em teu peito. E ficam ali naquele baloiçar...

De repente o oscilar é mais forte. Tentas chegar com o pé ao chão. Precipitas-te e abres os olhos. Trazes uma respiração ofegante, um suor assustador e notas que os sonhos são do tamanho do teu desejo. Voltas a encostar-te sobre a almofada quente, aconchegas-te e fechas os olhos... mas não volta.

O sonho foi-se no momento em que a queda para a realidade foi mais forte.

Levantas-te e vais ao frigorífico, é fome.

Isto já passa. E a fome também.

Vejam outros textos meus para este desafio aqui.

04
Out19

Apaixonem-se ♡

Maria

IMG_20191004_075335_675.jpg


Pessoas que não estão apaixonadas ficam chatas. De mal com a vida. Deles e dos outros. Não têm paciência para eles mesmos. São pão sem sal. Mal amados e desinteressantes.
Pessoas que não estão apaixonadas por algo ou alguém metem-se na vida dos outros, para ocupar o vazio das delas.
As pessoas apaixonadas são geralmente bem dispostas, não atrapalham a nossa felicidade e ocupam-se com a delas. Andam de bem com a vida e não têm tempo para atazanar a vida dos outros. Apaixonem-se. Apaixonem-se por alguém ou pela vida.
O ser chatinho é meterem-se na vida dos outros, é a felicidade dos outros fazer urticária.

09
Set19

Carta de amor #3

Maria

Hoje é o teu dia. Dois aninhos.

O meu coração desde que fui madrinha, nunca mais foi o mesmo.

E tu, sem dúvida que dás muito mais cor aos meus dias.  Sou muito mais feliz por fazeres parte da minha vida e babo-me a cada dia que passa por saber em ti que também gostas de mim.

Ouvir-te chamar "Maiinha" cutica-me. Gostares de passar tempo comigo. Quereres o meu colo. Dares-me miminhos, beijos e um xi. É tão bom.

Ver-te crescer. Acompanhar cada passo e crescer contigo.

Ver-te sorrir. Ser marota, brincar muito e querer estar em minha casa. Brincares com o Nenuco que foi meu. E gostar de estar com os meus pais. Não sendo família, mas fazendo parte.

Tudo é tão diferente contigo cá. E já nem imagino de outra maneira.

Grata.

Parabéns minha pequena.

Amo-te muito ♥

31
Jul19

Dias especiais ❤

Maria

Lomogram_2013-08-23_06-17-48-.jpg

 

Há onze anos que me és mais um pedaço também de mim, que te olho como sendo meu. Que te amo com todo o coração e mais algum, que te sinto saudade a cada dia. Que me orgulho do sorriso lindo que tens. Que me fazes apaixonar mais um bocadinho cada vez que me contas as tuas traquinices. Que me babo de orgulho a olhar para ti pelo menino amigo, educado, encantador, simpático e amoroso que te tornaste.

Estás um crescido. Eu uma tia babada. Queria dar-te o maior abraço até continuares a dizer "isso é um bocadinho chato" ou "já chega, não achas que estás a exagerar?". Continuo a acreditar que pode ser que um dia, os astros se cruzem e a gente comemore junto. Até lá, é como se estivesse aí do teu lado, cantei os Parabéns com o mesmo entusiasmo e os olhos ficaram cheios de ciscos. Tudo porque te quero o melhor do mundo.

Amo-te meu pequeno. Dez anos de ti. Como eu te Amo. Como te tenho saudade todos os dias.

Parabéns meu bem ♥ sê feliz meu {sempre} pequeno!

15
Mai19

Família ♡

Maria

Tenho um amor maior pela minha. Amo-os.

Com todas as qualidades e defeitos. Somos humanos. Somos tão diferentes com tantas características iguais. Somos muito coração. Somos humildes. Sempre tivemos muitos obstáculos, a vida nunca foi fácil e todos os dias lutamos por nós. Sorrimos muito, mas já conhecemos o verdadeiro sentido das lágrimas de dor. Por tanta coisa. 

Aprendi com eles a ter respeito, a saber dar-me ao respeito. Aprendi a ser honesta. Trabalhadora. Aprendi a ser melhor para os outros e a poder sempre ajudar. Aprendi que somos muito mais juntos. Não concordo com todas as decisões mas respeito-as. Assim como respeitam as minhas.

Não consigo lidar ainda com as distâncias. Mas consigo ver pontos positivos e ter esperança. Aprendo todos os dias por os ter perto. São mesmo muito importantes na minha vida. No meu dia-a-dia. Conseguimos ter conversas à mesa. Desabafamos uns com os outros. Levo-os comigo para todos os sítios que posso. Tenho medo. Temos. Mas juntos nem parece.

A família é o bem mais precioso que podemos ter. E sei que vão lá estar sempre que puderem, mais que outra pessoa qualquer.

Não é só o sangue que nos corre nas veias. Aprendi que é o amor que sentimos que nos une mais que tudo. A toda a minha família do mesmo sangue e de sangue diferente.

É bom ter familia. Poder contar com ela. E seguir na vida juntos. Em família.

05
Mai19

Mãe ❤

Maria

20190505_113911_0001.png

 

Primeiro eu, sempre eu depois tu. Primeiro eu e o mano e só depois tu. Sempre foi assim. Continua a ser assim.

Primeiro o meu sorriso depois o teu. Primeiro os teus filhos depois tu.

O primeiro prato é para os filhos, a primeira cadeira na esplanada. A primeira água na sede de ambos. A melhor carne passada, o ovo com melhor gema, o salmão melhor grelhado. A melhor parte na sopa. As costelas do anho. As coxas do frango. A primeira colher do arroz de cabidela para sair aguado ainda que tu fiques com o mais seco.

Sempre nós, depois tu.

Sempre foi assim, cresci assim e ainda hoje é igual. Nada a fazer. Está em ti. Esse amor maior por nós. Teus filhos. E eu quero poder sempre retribuir-te aquilo que me és. Mesmo nas nossas birras, no meu não querer dar o braço a torcer no teres sempre razão. Quero poder ser o teu melhor. Tu és o meu melhor na vida. O meu tudo. O meu sentido. O que me fez ser hoje quem sou. O melhor exemplo que podia ter. Oh Mãe, como tu és grande. Nunca te dás o valor devido nem imaginas o valor que tens. Mas tu és tanto e eu faço questão de te provar isso sempre que possa. Cada vez mais. Isto não fazia sentido se assim não fosse. Obrigada por estares sempre ali a meu lado, nas alegrias, nas tristezas, quando caio e principalmente quando os joelhos doem da queda e tu me dás a mão e dizes, "és mais que isso".

Tu sabes que estou sempre contigo, que faço o que posso para te ver o melhor possível. E nestes dias de coração apertado que temos passado, tens sempre a minha mão para sentires que tudo vai correr bem! 

Juntas somos tanto, porque tenho a sorte de te ter na vida. Obrigada. Obrigada por tudo. 

Um feliz dia MÃE!! Amo-te! 

Um beijinho a todas as mães. Um especial à minha Mãe ♥

29
Mar19

Porque estar sozinho também tem esse lado

Maria

fb_eb8e703f9639045f962b94ff537f9c80

 

É claro que, se eu estou sozinha por opção, por força das circunstâncias, por razões que só o coração realmente conhece, é porque gosto de estar sozinha, gosto do meu espaço, não tenho o meu coração ocupado, não quero alguém comigo só porque sim, só porque ali há um lugar para ocupar. Só para não sentir o "estigma" de estar sozinha. Não. Não quero isso. Depois da minha última relação quis um espaço. Porque uma pessoa acaba mas nem sempre acaba o amor, pode acabar a relação, a união mas o amor não acaba só porque se termina. No meu caso terminou apenas a relação o amor ficou e precisou de tempo para deixar de ter vida. As desilusões ajudam. Diz-se que o melhor “antibiótico” é outro amor, tentei, no meu caso não foi. O melhor mesmo foi ficar sozinha, divertir-me e aproveitar…
O gostar de mim é ter um passo mais fácil no caminho. Acredito naquilo que sou. Nos desastres que tive, nas opções que podem não ter sido as melhores, nas falhas, nos erros que se cometem. Mas que nunca haja o erro de estar com alguém só porque não se quer estar sozinha. Precisamos que esteja ao nosso lado alguém que acrescenta e não que seja só alguém para estar ali. Não chega. Nem é justo.
Depois há também aqueles dias em que estar sozinha não chega, falta ali quelque chose. Aqueles dias em que apetece ter alguém à espera. Aqueles dias em que apetece um abraço intenso, em que apetece ter uma mão na nossa e um coração partilhado. Aqueles dias em que apetece ter conversas de almofada (por sms não conta). Em que apetece alguém com quem desabafar e que nos ajude com os nossos medos. Alguém que nos faça sempre sorrir mais. Que nos divirta e que nos ajude a ser um ser ainda melhor.
E que não me venham dizer que quem está sozinha não sente. Ah e tal e coisa não sinto falta de nada… Ah e tal e coisa nem me lembra de semelhante… 
Porque eu não acredito.

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D