Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

29
Ago19

O querer ser ainda mais que aquilo que se é, tolda-nos...

Maria

Só ontem à noite é que vi a notícia do Ângelo Rodrigues 

 


Primeiro apetece-me reagir como se de um amigo se tratasse. Tipo "meu estupor de merda como te foste meter nessas cenas pá!". Era exactamente isto que eu diria a quem quero bem.

Não condenando totalmente porque todos cometemos erros na vida com as nossas escolhas. E as consequências seremos nós a ter que lidar com elas. Mas ter como consequência o estar ali na corda bamba é do car@lho! Porra. E custa-me, saber que estamos numa era em que a beleza, a perfeição o ser ainda mais que aquilo que se é, tolda-nos e leva-nos a querer sempre um bocadinho mais. Seja para outros ver, seja para nós. Espero que seja só um GRANDE susto. Que este miúdo (que já era bonito antes daquela armadura toda) tem muito para dar ainda.

Mas que seja um abre olhos.

Vai na fé e que te safes dessa! 

19
Abr19

O resto da tua vida

Maria

 

"Este País é dos Sacanas"

Quem o disse foi a tia Dulce do Carlos Coutinho Vilhena, segundo ele próprio diz.

Partimos por aí. Eu já tinha micado umas coisas do Carlos, mas não sou fã e nem posso dizer que conheço o seu trabalho. De todo. E fiquei a conhecer isto quando um amigo meu me disse "tens que ver isto e acho que vais gostar". Contou-me por alto e aguçou-me a curiosidade. Tive que ver. O como gostei do que vi partilho.

Gosto de histórias reais. Gosto de partilhas deste género. A vida não é cor-de-rosa. A de ninguém. E talvez por isso explique, tantas e tantas vezes, o nosso completo espanto quando alguém muito famoso acaba com a vida.

Nós nunca sabemos o que lá vai dentro. Da vida de cada um. E isso é o que torna isto interessante. Estes documentários reais são um novelo de lã no qual nem sempre podemos imaginar a obra que dão. E isto merece ser partilhado. Primeiro pela história do João André, mais conhecido pelo Kiko dos Morangos com Açúcar mas que é o João. Aquele nome que não diz nada a quem só lhe conhece o rosto. Mas há vida para além do que se vê.

E há actores que por muitas personagens que fazem  e pelo sucesso que alcançam ficam, o seu verdadeiro nome é que é conhecido. Outros há que ficam perdidas numa personagem meia eterna a muitos...

O Carlos teve sentido, no que há partida, pelo seu ponto humorístico passaria pelo "gozo" de "aquele tipo dos morangos, o Kiko, agora é entregador de pizzas?" ao "este tipo é o João André". E isto merece ser visto

Hoje é o primeiro dia, do resto da tua vida!

Capítulo I _ a descoberta:

Capítulo II _ o passado

Continua e acredito que depois de verem estão tão curiosos quanto eu.

A vida real é isto. E pode acontecer a qualquer um de nós.

O importante é não desistir.  É o desenrascar. Não deixar de ser quem são. Ser humildes. Seguir os sonhos nem que seja por outros caminhos. E o acreditar que o melhor está para vir.

28
Nov16

Vivo num país #2

Maria

Em que uma pessoa mata-se a trabalhar para poupar dinheiro para comprar um carro. Depois de comprar um carro vem uma personagem que o rouba tirando-nos muito mais que um carro, anos de vida a trabalhar e a poupar para ter algo nosso do qual precisamos na maioria para trabalhar. Mais tarde, na grande maioria das vezes essas personagens não são identificados e dos carros nem rasto, outras vezes, essa alegada personagem é identificada e o que é que lhe acontece? Nada. Ficam constituídos arguidos com termo de identidade e residência aka nada. E a quem ficou sem o carro, sem o dinheiro, sem as poupanças, sem o (muitas vezes) único meio de transporte? Nada também, fica sem isso e dê-se por feliz.

Vale ou não vale ser criminoso?! Eis a questão...

Pobre justiça a nossa. E desgraçado daquele que cai nestas mãos, tanto dos criminosos como da justiça...

23
Mar16

Um dia apaixonei-me por uma figura pública!

Maria

Sim há muitos e longos anos, estava eu numa discoteca da zona e havia um desfile de roupa com a presença de algumas figuras públicas. Lembro-me ainda hoje de ver a Merche, alta e magríssima, o Francisco Garcia que era um puto ainda e estavam outros que não me lembro, mas a música (para mim) parou assim que o Ricardo Pereira entrou na sala. Nem foi no desfile, bem antes disso, ele dirigiu-se ao bar onde eu estava, ali mesmo ao meu lado aqueles olhos verdes tiraram-me o chão. E aquele sorriso encostou-me à box. Giro que só ele. Todo o tempo quase não tirava os olhos dele. E fosse eu alguém que gosta de ir pedir uma fotografia, um autógrafo… mas não, ali meia encavacada olhei para ele vezes sem contas e depois disso era querer vê-lo em todo o lado, seguir o seu trabalho. Nem me lembro bem. Mas aquela imagem dele a entrar naquela sala até hoje não me saiu da cabeça.

Depois Ricardo arranja uma namorada ou outra. Lembro-me dele com a Daniele Suzuki que foi mais ou menos passado pouco tempo de o ver acho.

Mais tarde, aparece Francisca. Bolas que a miúda é gira. E assim fez-se um casal giro e eu não quis mais saber dele. Mas sempre o admiro. Gosto de o ouvir falar. Gosto da família dele. Não só tem uma mulher bonita como dois filhos maravilhosos. Adoro ver a vontade deles sorrir.

A Francisca tem instagram e eu perco-me nas fotografias por terras brasileiras daquela família tão bonita. E é vê-los a trocar mimos com fotografias um para o outro. Gosto de famílias felizes, ali salta-me à vista isso mesmo.

ricardo pereira.jpg

Passou, mas um dia apaixonei-me pelo Ricardo Pereira.

Que atire a primeira pedra quem nunca teve uma paixoneta por uma figura pública!

14
Mar16

Nicolau Breyner em Alta Definição!

Maria

 

"Ainda hoje quando penso nisso (morrer) é uma coisa que não me agrada, porque eu gosto de viver. Não é uma questão de ter medo da morte tenho medo é de deixar de viver. Gosto da vida é boa."

"Nós só morremos quando já ninguém se recorda de nós, e é mesmo assim"

D.O.: O que é que dirá Portugal no dia a seguir à sua morte?

Nicolau Breyner: Não faço a mínima ideia.

D.O.: O que é que gostava que dissessem?

N.B.: Que... Que tinham gostado de mim. EU gosto que gostem de mim é um facto. É um fraco que eu tenho. Porque eu gosto muito das pessoas. Quero que me recordem com um sorriso. Como quem por aqui passou e deixou algumas coisas boas.

Com toda a certeza, Hoje muita gente já o disse e voltará a repetir que gosta muito do Nicolau.

 

Um grande actor que deu muito à representação em Portugal! Que deixa um enorme legado de "coisas boas". 

Parece que o "conheço" desde sempre. Sempre o vi ali, naquela caixinha mágica. Desde que sou gente. E cresci com ele sempre por ali. A fazer isto ou aquilo. Mas ali na caixa mágica quew todos os dias nos entra na vida. E isso deixa saudade. Tal como a mim, a muitos mais!!

Descanse em paz Nicolau Breyner, Senhor contente!

29
Fev16

Óscares 2016*

Maria

A noite mais glamorosa de Hollywood foi esta última e é sempre um martírio para uma pessoa deste lado do mundo conseguir ver aquilo tudinho, desde a passadeira vermelha à entrega dos Óscares. Bem que tentei, mas já quase por volta das duas e meia da manhã e com apenas três ou quatro (já nem me lembro bem) estatuetas entregues, o lembrar-me que às nove já tinha que estar no duro venceu-me.

Vou falar do que vi na passadeira vermelha e não tive ainda hipótese de ver muito mais, só mesmo a constatação do Óscar de melhor actor a Leonardo Dicaprio, que enfim ganhou um Óscar, mas nem posso opinar porque ainda não vi o filme.

Adiante: A RedCarpet já não é o que era. Tenho para mim que eu e o meu grupo de amigas quando nos juntamos numa festa que pede vestidos mais in fazemos melhor figuras, modéstia à parte (e sei que muitas pensaram o mesmo) sem precisar de um fashion adviser e sem dar balúrdios por um vestido de nome.

Do que vi, que mais uma vez digo, foi pouco...

Liz Hernandez - Gostei deste vestido, do decote e do formato. Gostei do preto. E gostei do cabelo.

Olivia Wilde em Valentino. Foi talvez o vestido que mais gostei - a par da Charlize em Christian Dior -, apesar de ali a parte da frente não é aquele "must" mas as costas a-d-o-r-o!

charlize.jpg

 [mais aqui]

A Charlize Theron levava um vestido "uaauu" que adoro, mas o decote é demasiado umbigo. Menos um bocadinho e seria perfeito. O vermelho ficava-lhe muito bem e o penteado bem escolhido.

rachel.JPG

Rachel McAdams resume-se numa palavra - elegante. Da melhor fotografia que gostei de um vestido.

Não sei o que leva uma mulher tão bonita como a Heidi Klum a aparecer quase sempre em mau nestas galas. Desta vez até a Lady Gaga lhe deu quinze a zero. A Lady Gaga surpreendeu pela positiva.

A imagem da noite. Estes dois juntos. E como o tempo passa. Lembro-me de ir ver o Titanic ao cinema e como eles eram tão novinhos.

Estou uma crescida!

* Não sou e nunca serei uma fashion blogger muito menos em moda.

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D