Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

16
Jul20

CAMPEÕES 💙

Maria

A duas jornadas do final do campeonato, a jogar em casa o clássico com o Sporting, ganhamos o jogo por 2-0 e somos Campeões.

Foi um campeonato difícil. Estranho. Atípico. Demorado. Muitos altos e baixos. Desconcertante. Emocionante.

A emoção que move o FCP esteve sempre lá. Neles em campo e em nós adeptos. Seja no início do campeonato em que se enchia o estádio, seja do lado de fora, em casa e com o estádio vazio de presença física, o nosso amor esteve sempre lá.

Neste retorno do campeonato em que atipicamente e jamais visto o estádio nunca se encheu de adeptos, não foi a mesma coisa. Faltou muito a presença. Os cânticos. O sentimento do sangue a fervilhar. A emoção em cada golo marcado.

Mas ninguém desistiu. Nem nós. Nem os que deram o suor em campo.

Obrigada. Obrigada Sérgio. Parabéns a todos. 

[ver o Telles ontem a chorar assim que saiu, trouxe-me ciscos aos olhos. Portistas entenderão]

Nós somos um deles, eles são um de nós. PORTO.

IMG_20200715_234135_298.jpg

O meu coração é Azul e Branco. 💙💙💙

01
Jul20

Julho!

Maria

JULHO.png

 

Começamos hoje o primeiro dia da segunda parte do ano. A primeira metade do ano está feita. E que ano!

Ninguém, de todo, nem pouco nem mais ou menos imaginaria este ano assim. Podemos ter perspectivas melhores, ou menos boas de um ano, mas isto que aconteceu estaria longe do plano imaginário de qualquer um. E afectou-nos a todos. Cada um à sua maneira. Mas esta foi uma situação à qual ninguém passou ao lado, a ninguém foi indiferente. Estamos todos na mesma tempestade, mas não estamos no mesmo barco. Ponto.

Este ano não escrevi resoluções. Não escrevi planos. Nesta nova década quis entrar a querer que isto resultasse de alguma maneira, apostando dia a dia em ser feliz, sem pressões de querer isto e aquilo.

Ainda em Dezembro passado, no ultimo dia do ano, escrevi que para 2020:

(...) Ser simpáticos e guardar o mau humor nos lençóis antes mesmo de sair da cama. O Mundo lá fora não tem que levar por tabela dos nossos problemas. Apreciar o arco íris. (...)

longe de mim, mesmo muito longe, estava pensar que nunca na vida apreciei tanto o arco íris como neste 2020 associado ao símbolo "vai ficar tudo bem".

No primeiro dia do ano escrevi:

Recomeço. Janeiro é sim de recomeço. Este 2020, uma nova década. 366 novas oportunidades de ser mais e melhor. Boa sorte nisso. Janeiro sê bom ♡

renovem energias, transbordem o coração de esperança, aproveitem cada nova oportunidade,estejam com quem vos acrescenta, sintam as coisas, vivam de maneira a que o vosso coração seja o maior.

Para este novo meio ano, não mudo uma palavra. Que Julho seja outro recomeço. Que não esmoreça em nós a gratidão do árduo trabalho que tem sido feito até agora. Que não seja altura de baixar a guarda por completo, temos que o fazer com precaução. Mas que todo este novo processo de adaptação, dia a dia, seja feito com a maior coragem e esperança em dias melhores. Em acreditar que vai tudo ficar melhor. E a tentar sermos mesmo melhores pessoas. Cada um tem que fazer a sua parte.

Eu gostava de dizer que, em plena pandemia pensei mesmo que voltaríamos pessoas mais capazes, resilientes e melhores. Alguns voltaram é certo. Mas nem todos. Há ainda um grande processo a ser feito em pessoas que têm um umbigo proporcional ao mundo. Mas esquecem que o importante era ter um coração proporcional ao melhor deste Mundo.

Sejam felizes. Mas cuidem-se. 

05
Mar20

Esta empresa hoje está de Parabéns!

Há 13 anos a ter-me como funcionária...

Maria

Work

 

Sim, basicamente hoje falo do lado oposto. Normalmente começaria por comemorar os 13 anos sem pertencer aos "quadros" do desemprego... mas hoje falo da sorte que esta empresa tem, em me manter cá há treze anos (ahah). E isto é uma típica relação normal. Altos e baixos. Quase desistências. E dias muito bons. Luta dia após dia. Dias com menos fé e dias que só se olha para o futuro. Juntos.

Continuo a dizer que não me acreditava neste dia se mo tivessem dito lá no início. Mesmo após as primeiras semanas. Que foram bem difíceis e onde fui, literalmente deitada aos lobos. Assim mesmo sem ninguém ali com paninhos para enxaguar tanta lágrima que deitei e acalmar os nervos que aquilo me deu. Foi ali que comecei a ganhar cabelos brancos. Acreditem. Não foi nada fácil. Não é. Por muito que eu faça parte da mobília e isto seja já muito "Eu" há dias não.

Afirmo novamente:

Atentem numa coisa, isto é um abre olhos para aqueles que começam num trabalho novo e é difícil, às vezes as coisas depois descomplicam um pouco. Às vezes vale a pena não ir pelo caminho mais fácil - desistir. 

Continuo a lembrar-me como se fosse hoje a primeira vez que pisei esta empresa. Lembro-me tanto das primeiras peripécias. Lembro-me de cá chegar e chorar a dizer que não aguentava uma semana. Uma semana que passei quase sempre a panicar com os nervos, o stress e as peripécias. Quem diria. Aqui estou Eu!

Continuo a ter mil e duas peripécias para contar desta empresa que já me trouxe tanta coisa boa e algumas menos boas, o que é perfeitamente natural. Quem me segue há mais tempo conhece bem algumas peripécias que vos conto porque na sua maioria são mesmo de arrancar risadas.  Isto realmente, tem dias que é de loucos.

Já chorei, mas já dei tanta risada boa, tanto com os funcionários, como com o boss, com os clientes (esta foi óptima), com os fornecedores ou mesmo com outros indivíduos que me aparecem à frente. Estou mais que atrofiada é certo. Fazer o quê?!

Mas isto é família.

E eu continuo a agradecer por nos dias que correm, nestas crises que fui ultrapassando, ter trabalho. Continuo a agradecer as oportunidades que me vão sendo dadas. Continuo a resmungar todos os dias para sair da cama pela manhã, queixo-me pela cabeça massacrada com que chego muitas vezes ao fim do dia, bato o pé pelas vezes que ganho um cabelo branco por aturar gente que me tira do sério, dias há em que me revolto por ter tanta coisa nos meus ombros que às vezes me tira o sono, mas caramba, se ficasse em casa, se não tivesse trabalho, se fizesse parte da enorme lista de desempregados do país, aí sim o atrofio seria muito maior.

São 13 anos de trabalho na mesma empresa. Como isto passa tão rápido, tão rápido mesmo, como isto é tão importante! Mas a empresa também está de Parabéns por me ter porque sempre tento ser uma funcionária exemplar. Sei que me tratam como parte importante, como sendo da família e sei que sou mimada também, porque me respeitam e sabem o quanto dou de mim a esta empresa - e aqueles croissants que me trazem pela manhã são um exemplo.

Pensei não aguentar uma semana. Passaram treze anos!

É um exemplo de superar expectativas. De não desistir. De não ir pela primeira impressão. De superação.  É realmente, um abre olhos.

Hoje é mais um dia cá. Amanhã também.

16
Fev20

Lamentável.

Maria

1024.jpeg.jpg

 

Eu sei que há pessoas a assobiar para o ar e a deixar passar esta atitude em branco. Eu que tenho como uma das paixões futebol não consigo. Porque além da minha paixão por futebol, sou uma apaixonada pela vida e pelas pessoas. Pessoas. Seres humanos. Independentemente da raça , cor de pele, nacionalidade, estatuto social o que quer que seja. Se há coisa que eu não sou é racista e custa-me imenso acreditar que em pleno 2020 há mentes estupidas e retrógradas a sê-lo e pior que isso a fazer de um evento desportivo palco para a sua estupidez, cobardice e desrespeito pelo ser humano, pelo outro. Aquilo é só futebol. FUTEBOL! A cor da pele é só a cor da PELE.  É só pele.

Que não se assobie pro ar e nem se olhe para o lado com situações destas. Fazê-lo é compactuar com estes actos. 

Diria-o fosse qual fosse o clube. Fosse qual fosse o jogador. Seja quem for a pessoa.

Não ao racismo. E espero que o "grito" do Marega em não ter que suportar semelhantes actos, seja apoiado. E que a quem de direito, faça valer os direitos que todos os seres humanos têm de serem respeitados.

11
Fev20

O Blog faz 11 anos!

Maria

Sim, 11 ANOS DE BLOG!

(toda eu ciscos nos olhos)

 

3838 posts. 12087 comentários. 401 291 visitas. 1443 reacções.

4063 likes no Facebook1076 Seguidores no Instagram

31 posição no Blogs Portugal (Categoria pessoal)

Muitos destaques no blogs do sapo que continua a ser uma equipa fantástica 

11 anos de existência 

 

11 anos!.png

 

De mim, de vocês, de muitas partilhas, de muitos sorrisos incógnitos, de NÓS! 

 

A sério 11? É o que mais me ocorre dizer. Continuo a sentir-me surpreendida pelo blog continuar a fazer parte da minha vida a cada ano que passa. E sempre muito presente. Há onze anos atrás não imaginei isso nem que lhe sentisse a falta. Deste constante desafio. Deste apego. Desta partilha. De tantos que vieram, dos que ficam. Dos que passam. Deste gosto por escrever.

Lembro-me dos que me fizeram criar este espaço e tenho saudades de muitos que desapareceram, que já não existem mas que me deixaram uma marca. Numa altura em que poucos eram ainda os blogs e que eram muito mais "nós". 

Já conheci gente que veio do blog. Já fui convidada para um programa de televisão. Já fiz desafios para quem me segue, já entrei noutros. Já aprendi muita coisa com o blog nomeadamente que há gente que tem um blog que nem sabe o que isso deveria ser, assim como há gente que vive mesmo isto de ter um blog. Já partilhei imensas histórias e conheço imensas histórias.  Há gente que continuo a seguir do início e não tem como não conhecer tanta coisa.

Há dez anos atrás criei o blog para partilhar sorrisos de tudo e de nada, para falar do que me apetece, quando me apetece. O propósito continua o mesmo. Deixar-me partilhar a minha inspiração na escrita. E continuo a ter partilhas boas disto. Continuo a conhecer outras tantas partilhas que gosto. Continua a trazer-me gente de sorrisos que me ajuda. Energia positiva. Sempre. Já espalhei muitos sorrisos, já recebi muitos sorrisos. Já partilhei lágrimas, e recebi ainda mais sorrisos. Já escrevi coisas tão minhas que me vão na alma. Já foi completamente anónimo. Já serviu tanta vez de diário, de um ombro para desabafar. Trouxe-me pessoas novas. Trouxe-me histórias partilhadas. Trouxe-me PPC’s e continua a trazer-me Pais Natal secretos. Trouxe-me miminhos de blogs com gente dentro. Trouxe-me partilhas que não mais vou esquecer... isto é uma aventura. Todos os dias.

Enquanto continuar a fazer sentido, cá estamos. E eu gosto de cá estar (incluindo com a equipa blogs do sapo). Acreditem. E agradeço a quem está também. Muito! Porque isto faz sentido também com vocês desse lado.

(11 anos carago!)

E ao pessoal do Facebook e do Instagram 

OBRIGADA ♥

Cá beijinho  e sorrisos mil!

[ Para quem fica, o que vos faz ficar? ]

06
Fev20

Do [meu sempre] Porto ♥

Maria

Eu não falo aqui de uma das minhas paixões há muito tempo. Quem me segue já deve ter reparado. Mas sinto. 

Eu não falo aqui de futebol há muito e gosto muito de o fazer. Sempre adorei escrever sobre futebol, essa paixão que me está entranhada, mas... o que eu gosto mesmo é de escrever sobre a minha paixão no futebol. O FCP. E o último post que fiz foi este e data de 20 de Maio do ano passado, ou seja foi o ponto final da época passada. Foi ali um grito, um apelo, um abre olhos para todo e qualquer portista que ama o Porto e que ama futebol.

FB_IMG_1580977456107.jpg

 

No pré época não consegui escrever nada e pelos vistos já estamos na segunda volta do campeonato e eu ainda não escrevi nada sobre o FCP.

Na terça-feira, o Porto empatou com o Académica de Viseu para a Taça de Portugal e estamos a três dias de um clássico que é um ponto de viragem, sempre muito importante, mas este ano ainda mais, na época e falta-me muita confiança na equipa, a sete pontos do nosso maior rival que lidera o campeonato.

Eu tenho muita vontade de falar e escrever sobre tudo o que se passa no [meu] FCP, mas só de pensar, fico revoltada. 

Na terça-feira foi para esquecer, nem jogo digno de equipa B foi. Foi mau demais. Não querendo aqui desvalorizar o Viseu, mas aquilo foi mau de assistir. Mesmo sabendo que falo de um jogo com todas as modificações. Foi mau.

E nervos. Muitos nervos a cada minuto e jogada mal executada.

Eu não quero saber se a culpa é dos jogadores, se é do treinador, da equipa técnica, do presidente ou da comandita toda. Mas quero que resolvam de uma vez por toda essa merda que anda aí em volta e só estraga o que é o meu clube.

O presidente estava na bancada de barrete na cabeça e se eu lá estivesse a assistir ao jogo quem enfiava o "barrete" na sacola era eu e ala que se faz tarde.

Estou triste com esta caminhada. Estou triste e sem palavras par tentar justificar o que quer que seja.

Não me lembra em anos sentir a falta de confiança antes de cada jogo. 

Sábado em nossa casa eu quero acreditar que vão sentir o clube e que vão dar a volta a esta porra, que já chega de terem perdido o norte!

Não consigo deixar de terminar como disse antes:

Continuo sempre a pedir que demonstrem aquilo que sempre me apaixonou. A mística, a garra, a confiança, a luta, o empenho, a atitude, a alma, o dar tudo por tudo de mão ao peito de orgulho. Ser Porto. É isto. Mas não tem sido. Anda em falha. Falharam. Em alguns momentos falham todos.

Não deixem.

Assim como eu não deixarei de amar de alma e coração o [meu] Porto, não o matem.

31
Jan20

Do meu aniversário. Do meu dia.

Maria

Na semana passada, quarta-feira 22, foi um dia especial. É sempre. O dia do nosso aniversário. E eu gosto muito de fazer anos. Adoro O MEU dia e gosto sempre de acordar com o melhor dos sorrisos para o receber tal como partilhei aqui estampado no rosto. E é daqueles dias que não há margem para chatices, para energias más, para pensamentos negativos. Nada disso. Foi o meu dia. Como não ficar feliz com isso?

IMG_20200123_104334_775.jpg

 

Não trabalhei da parte da tarde, como é hábito e aproveitei só para ficar sentada ao almoço até tarde, na conversa com quem me fez companhia. E dar um giro. Ri muito até ouvir de quem estava comigo "porque sempre te ris ao telefone?". Eu sou assim. É um dia que gosto muito e partilho o meu melhor sorriso com quem partilha comigo algo nesse dia. O jantar foi em família com amigos que não são de sangue, mas são igualmente família. Foi tão bom e adoro aquele convívio com os meus amigos, as minhas pequenas e os meus pais. Adormeci de coração carregado, cansada, mas com aquela sensação que aproveitei muito bem o que me deram.

Não consegui partilhar isto antes porque ando cheia de trabalho.

Fotografias é que me perco sempre a absorver o momento e me esqueço de tirar. A única explicação que tenho é que, tudo foi tão preenchido e "saboreado" por mim, por nós, que os telemóveis foram secundários. 

Atendi todos os telefonemas e isso custou-me ser a ultima a jantar, mas poucas foram as mensagens que consegui ler no dia. Não é ser egoísta, mas tinha que aproveitar o dia, a festa e os meus, caso contrário não conseguiria aproveitar nada. Mas depois li todas as mensagens e eram muitas. E muitas foram as que me surpreenderam. E recebi muitas palavras de me deixar ciscos nos olhos.

é certo que não é preciso dias especiais para dizermos certas coisas a outras pessoas, mas fazê-lo nesses dias cutica lá dentro.

E hoje não tenho fotografias mas tenho uma memória fotográfica recheada. Cheia de emoções, um coração a transbordar e ainda parece que ouço o grito dos golos na minha cabeça.  Tenho uma felicidade em mim de ter momentos como este que me fazem ver o que vale realmente a pena. Aproveitar o momento com quem nos acrescenta é sem dúvida um mote para este novo ano meu.

Vocês que por aqui passam e ficam. Uns mais que outros vão fazendo parte.

Obrigada. OBRIGADA de coração às muitas mensagens que recebi. Às palavras que me deixaram, tanto aqui no blog como no mail, facebook e instagram. Obrigada por esses sorrisoincognitos e acima de tudo obrigada por me ajudarem a continuar a sorrir. Beijinho e mil sorrisos!

Venham mais. Sim, mais anos de sorrisos.  Estou feliz! Muito ❤

22
Jan20

Happy Birthday ❤

Maria

Aniversário

 

TO ME ♥

Isto tem passado num piscar de olhos e agora é sempre a subir a este ritmo, é o estar ali a meio pau para os entas e a superar o "no ponto" dos trintas, eu espero.

É continuar a gostar muito de mim. A limar os defeitos e a acreditar nas qualidades. A orgulhar-me da pessoa que sou, da amiga que sou, da madrinha, da irmã e filha que tenho sido. A querer sempre ser uma pessoa melhor. E a lutar por isso todos os dias. A continuar a ser uma #MariaTexuga sem emenda depois de me alertarem que a vida é só uma e tamanhos de roupa há muitos! E o básico de tanta roupa e nada para vestir continuar igual. Sinto-me cada vez mais feminina, mulher de rugas e expressões, sorrisos e experiências que a vida traz. Resolvida. Sinto-me resolvida. Em paz mesmo com um turbilhão sempre a acontecer à volta e eu com o melhor dos sorrisos como outfit diário.

Que este seja um bom ano e que venham muitos mais que eu cá aguento! Muita saúde que o resto vem!

Gosto de fazer anos. Gosto de comemorar estar aqui. Eles passam? Sim. Eu vivo! ❤

De coração cheio e com muitos sorrisos!

Gosto [-me].

Esta sou eu - "olha-me aquela trintona". Oh yeah! It's me and I'm ok about that! - é como já tenho dito aqui, mais ou menos isto. Sentido. Em bom! 

Parabéns para mim! 🎂

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D