Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

06
Set19

Clube VilaRosa - Praia da Rocha

Maria

Não conhecia o hotel.

20190820_180657.jpg

[a primeira fotografia que tirei, da nossa varanda, numa altura em que estava a haver aula de zumba na piscina]

IMG_20190821_220459_086.jpg

 

Ficamos num quarto no prédio da Recepção com tudo ali à beira. O restaurante, o bar e o acesso à piscina principal, era mesmo ali. E o nosso quarto calhou mesmo de frente para a piscina. O quarto em si era bom, recentemente renovado, quarto standard, onde podíamos ainda contar com uma zona de mini cozinha com tudo o que precisaríamos caso usássemos. Frigorífico, fogão, banca da loiça, micro-ondas, cafeteira eléctrica, pratos, copos e talheres. No caso, estávamos em tudo incluído daí não termos usado nada. Tínhamos ainda a varanda com uma mesa e duas cadeiras com vista sobre a piscina principal.

O quarto estava sempre muito cheiroso após as senhoras da limpeza passarem por lá todos os dias.

Desde as pessoas da recepção, às pessoas do bar/restaurante. Aos seguranças, às senhoras da limpeza, tudo gente simpática. Ao Sr. Carlos do bar e à menina de cabelos lisos loiros, que não cheguei a saber o nome mas que nos recebia sempre com um sorriso e simpatia na zona do bar/restaurante piscina um muito obrigada pela simpatia durante os dias por lá.

20190821_215245.jpg

O Hotel fica a cerca de 10 minutos  a pé da Praia da Rocha. Num percurso que se faz muito bem e que me ajudou na parte da caminhada visto que me desgracei a comer.

E o dolce far niente deu cabo de mim.

 IMG_20190820_191432_822.jpg

Quanto à comida. Uma desgraça. Nos quilos, porque era óptima. Sem exageros. Não é que tivesse mil e dois pratos para escolher, mas numa semana não repetimos prato porque tem sempre coisas diferentes. Texuguinha como sou provei quase, quase de tudo. Tinha sempre um prato de massa, um prato de peixe e um prato de carne. Mais os acompanhamentos. Tinha sempre muitas saladas frias, só na parte das sobremesas é que acho que faltava variedade e mais opções. O que não me afectou muito porque confesso, comi sempre tão bem que não chegava a ter espaço para a sobremesa. É claro que lá esqueci dietas e repeti muitas vezes o prato da comida. E aquele bacalhau que eu repeti o prato e só não fui ao terceiro porque era o almoço e não queria ir para a água só às sete da tarde? Bem, como digo a comida era mesmo muito boa. O sabor. No ponto certo. Pelo menos para mim.

Há noite ouve sempre animação menos no dia do jogo Benfica-Porto mas aí eu fiz a animação ahah.

Na zona da piscina, na terça-feira e na quinta-feira houve zumba. Havia sempre música no bar de apoio à mesma.

IMG_20190821_010315_345.jpg

 

Dentro do hotel tínhamos mini-mercado. E uma segunda piscina, mais afastada da principal, visto que o Hotel tem muitos blocos de apartamentos.

20190823_100116.jpg

Tinha campo de ténis. Um parque de diversões para crianças e na zona da piscina costumava estar uma menina que entretinha os pequenos, com balões e pinturas e mais não sei bem o quê porque não usufrui desse serviço ;)

Como disse a rua mais conhecida da Rocha, onde tem as lojinhas, cafés, bares e afins ficava a uns dez minutos a pé e além de passarmos lá de dia, para ir para a praia, à noite dávamos lá um salto.

20190824_123809.jpg

IMG_20190825_132755_981.jpg

Voltava já amanhã porque foi positivo. E depois de duas semanas de trabalho já tenho saudades daquele dolce far niente e descer as escadas para dar um mergulho na piscina. Oh vida.

10
Jun19

Viva PORTUGAL!

Maria

FB_IMG_1560116166333.jpg

 

Portugal faz vibrar toda uma nação.  E é tão bonito quando vibramos todos do mesmo lado!

Ontem voltei a ter a bandeira na varanda e a esperança no coração. E foi lindo de ver, ainda para mais no Dragão cheio. 

A equipa foi bem escolhida a meu ver e gostei do jogo. Jogaram bem. Passes assertivos, bom desempenho e ocupação dos espaços.  Uma defesa bem consistente. Um jogo bem mais fluído da parte de Portugal que no jogo anterior. O Guedes, não só por ter feito o golo fantástico que nos deu a vitória, mas esteve sempre bem, na segurança de jogo e na rapidez de levar o jogo para a frente. Rúben Dias muito bem, grande jogo. Danilo e William no melhor. Bernardo Silva a dar tudo. Ronaldo apesar se não ter feito nenhum golo esteve bem mesmo a vir buscar jogo que o faz cada vez mais. 

Parabéns miúdos e Obrigada.

Parabéns PORTUGAL  é a primeira taça da primeira Liga das Nações e esta é  NOSSA ❤🇵🇹

Foi ontem mas podia muito bem ser hoje que é dia de PORTUGAL.  O futebol é das coisas que mais alegria traz aos portugueses que gostam. Onde esquecemos todos os outros problemas  de amarmos o nosso país mas não gostarmos de tanto que o estragam, que não o respeitam.

Estes jogadores levam o nome de Portugal fronteira fora  com orgulho que sempre demonstram.

Viva PORTUGAL. 

Parabéns PORTUGAL

Portugal 1 x 0 Holanda Final da Liga das Nações CAMPEÕES 

20
Mai19

[meu sempre] Porto ♥

Maria

"Quem não se sente não é filho de boa gente". Tal e qual. Não poderia dizer melhor para começar este post.

Antes de começar a descambar, tivemos uma época boa. Nada fazia prever que as coisas chegassem a este ponto. Só quando começamos a perder pontos e a lidar com as imensas lesões é que tudo deu para o torto. Em contra partida foi nessa mesma altura, em que o nosso adversário mais directo ganhou força. E aproveitou.

Digo sempre que demos este campeonato porque não o soubemos segurar. Perdemos nove pontos quase seguidos quando estávamos numa fase de glória em primeiro lugar. E nem vou falar dos últimos pontos perdidos, depois de um jogo em que ganhávamos a dois e nos últimos dez minutos deixamos empatar numa fase crucial do campeonato que não se pode perder. Mas o problema esteve antes. Muito antes. Aquilo que não se conseguiu segurar.

Falar de arbitragens (quando vejo gente que comemora o campeonato orgulhosamente a envergar "colinho"!!) é dar valor aquilo que, pelos vistos não tem valor no futebol português e por isso não vou alongar a discussão. Todos já foram favorecidos, todos já foram prejudicados, houve escândalos demasiado óbvios para passar. Houve VAR que não serviu para nada. Mas eu continuo a crer acreditar no futebol. Nessa paixão que também a mim me move. Sem paralelismos. Más arbitragens. Emails. Frutas. Amigos do peito. Dinheiros... A ver.

Com o fim da época e campeonato, vem depois outra das minhas tristezas. A saída de jogadores. Se há alguns que não mexem tanto, outros há que fizeram parte desta família de corpo e alma e que os sinto tão Porto como eu. Herrera é nosso. Titular inquestionável. Bate a mão no peito com a convicção de que somos Porto. Abraça os nossos como família. Enfrenta os obstáculos com garra e foi um fiel capitão. Errou como todos erram. Mas é das saídas que mais me custa neste grupo. Neste grupo que vai ser abalado por diversas saídas e isso vai fazer (ainda mais) mossa.

Militão já está vendido algum tempo e acredito que agora valeria bem mais. Jogador espectacular. Duro. Sempre a dar tudo. Eficaz.

Telles. Como gosto quando ele corre de mão a estrafagar o emblema ao peito. Com aquela mística que abraçou, sendo ele um jogador à Porto, forte, convicto, preciso e bastante capaz. Titular inquestionável que deu, mesmo quando em dificuldade, tudo em campo. E que me trouxe lágrimas quando se lesionou e tentou mesmo assim estar lá. Grande Alex Telles. Que falta farás nas alas!

Felipe e aquele sorrisão que defendeu tantas vezes a fúria dos adversários. Que dava vontade de estrafagar num abraço de cada vez que falava e dava vontade de bater sempre que sorria até mesmo nos maus momentos. Carismático. Duro de roer. Raçudo. Vai fazer muita falta na defesa.

Marega é bicho duro de roer. Mas nunca foi o meu sonho quanto a finalização.

Brahimi e as suas loucuras com a bola. Foi um jogador que me dividiu tantas vezes entre o "és o maior" e o "apetece-me bater-te até te doer mesmo" de cada vez que pegava na bola e queria fazer tudo sozinho. Na verdade quando fazia em bom, era espectacular.

Casillas. Não falei dele aqui aquando do grande susto que defendeu com alma e garra na sua vida. O enfarte de miocárdio atirou-o para fora da sempre sua baliza. Todos, nós Porto, e não só, estremecemos naquele dia. Casillas entrou no Porto para ficar. Dedicou-se a elevar o Porto. Vem de outro patamar e demonstrou-o diversas vezes. No auge dos seus, hoje 38 anos (Parabéns Casillas!) foi sempre capaz. Foi lutador. Foi responsável. Foi líder. Foi "pai". Mística. Garra. Convicção. Paixão. Coisa que não lhe falta. A meu ver não voltará a defender as redes da baliza do nosso Porto. Em prol da sua saúde. Essa será também uma das grandes perdas deste grupo. Principalmente pela sua presença em campo. Experiência. Ensino. E sem dúvida, capacidade de gerir emoções. Vou aguardar pelas próximas notícias mas acredito que possa ficar na estrutura do Porto.

Sérgio Conceição. Um jogador do FCP vir a ser seu treinador é obra. Principalmente quando esse ex-jogador tem alma de dragão. Tem mística a correr-lhe nas veias. Tem sangue quente de um homem do Norte. Tem garra, peso, dureza e respeito pelo Porto. Por muito que digam que ele sai, eu não estou a acreditar e continuo a acreditar que permanece. Não foi um ano bom. De todo. E acredito que tenha dado bastante nas orelhas dos jogadores quando as coisas correram mal. Mas esteve lá sempre a dar a cara. Foi fiel aos seus princípios. E não me venham dizer que ele desrespeitou os adeptos, nomeadamente os "Super Dragões" porque discordo de todo. Aquela tensão deveu-se aos exageros que deveriam ficar de parte no futebol. No que é o Fair play, no que é o respeito pelo próximo. No que é o respeito pelo homem acima do posto de trabalho que ocupa. Não é por ser Portista de alma e coração que defendo todos os actos cometidos pelos mesmos. De todo. Repudio qualquer acto de violência, de desrespeito. Compreendo a cabeça quente em momentos complicados, mas não compreendo que se esqueçam que isto é só futebol e que deve ser um desporto saudável gerido por emoções passíveis e respeitosas para todos. Tudo o que ultrapassa essa linha, ultrapassa a minha paixão pelo futebol. Pelo jogo jogado. Pelas quatro linhas. Pelos jogadores que dão o litro. Pela emoção de ver os nossos conquistarem vitórias.

Continuo sempre a pedir que demonstrem aquilo que sempre me apaixonou. A mística, a garra, a confiança, a luta, o empenho, a atitude, a alma, o dar tudo por tudo de mão ao peito de orgulho. Ser Porto. É isto. Mas não foi. Falhou. Falharam. Em alguns momentos falharam todos. Logo falhou a equipa.

Não deixem.

Assim como eu não deixarei de amar de alma e coração o [meu] Porto, não o matem.

20190410_002906.jpg

 

Classificação época 2018/2019:

1º Benfica

2º Porto

05
Mar19

Doze anos sem pertencer aos "quadros" do desemprego...

Maria

20190305_224119_0001.png

 

Se alguém me dissesse lá nos inícios, que este dia ia chegar, eu não acreditaria.

Não foi fácil e nem o é. Por mais que já seja rotina, que já lá tenha tanto "Eu". Continua a haver dias nada fáceis.

Atentem numa coisa, isto é um abre olhos para aqueles que começam num trabalho novo e é difícil, às vezes as coisas depois descomplicam um pouco. 

Continuo a lembrar-me como se fosse hoje a primeira vez que pisei aquela empresa. Consigo lembrar-me de logo no primeiro dia ter a noção de como aquilo seria passageiro, não passaria de um novo emprego que tinha aparecido por acaso mas que não era lugar para eu aguentar ficar.

Lembro-me tanto das primeiras peripécias. Lembro-me de cá chegar e chorar a dizer que não aguentava uma semana. Uma semana que passei quase sempre a chorar com os nervos, o stress e as peripécias. Quem diria. Estou lá há doze anos!

Lembro-me de poucos dias depois de lá ter começado a trabalhar o encarregado me dizer "em três tempos se não fores embora, ou tens uma panca como nós ou vais ficar com uma", hoje acredito que já tinha mas cada vez a panca dá sinais de piorar. Efeitos colaterais. Nada a fazer. O encarregado já foi embora mas agora afirmo, foi das coisas mais acertadas que me disse.

Lembro-me de não ter achado nada piada a só haver homens na empresa, não tinha ninguém com quem dar dois dedos de conversa feminina. E vinha de uma empresa equilibrada em géneros. Mas com o tempo percebi que foi a melhor coisa que me podia ter acontecido, uma pena não haver um achado no meio deles que me despertasse a alma, mas não. Ligações unicamente profissionais nestes doze anos. 

Tenho mil e duas peripécias sempre para contar desta empresa que já me trouxe tanta coisa boa e algumas menos boas, o que é perfeitamente natural. Quem me segue há mais tempo conhece bem algumas peripécias que vos conto porque na sua maioria são mesmo de arrancar risadas. 

São doze anos e isto realmente, tem dias que é de loucos.

Já chorei, mas já dei tanta risada boa, tanto com os funcionários, como com o boss, com os clientes (esta foi óptima), com os fornecedores ou mesmo com outros indivíduos que me aparecem à frente. Estou mais que atrofiada é certo. Fazer o quê?!

Continuo a agradecer por nos dias que correm, nesta crise que parece que ganhou raízes, ter trabalho. Continuo a agradecer as oportunidades que me vão sendo dadas. Continuo a resmungar todos os dias para sair da cama pela manhã, queixo-me pela cabeça massacrada com que chego muitas vezes ao fim do dia, bato o pé pelas vezes que ganho um cabelo branco por aturar gente que me tira do sério, dias há em que me revolto por ter tanta coisa nos meus ombros que às vezes me tira o sono, mas caramba, se ficasse em casa, se não tivesse trabalho, se fizesse parte da enorme lista de desempregados do país, aí sim o atrofio seria muito maior.

Como eu agradeço por ter trabalho. Dia após dia. Do muito que vem um dia ou outro que me apetece queixar... e ao ver tanta coisa ao meu redor não tenho de quê... as coisas vão-se ajeitando. Por mais que tenha dias na corda-bamba.

São doze anos de trabalho na mesma empresa. Como isto passa tão rápido, tão rápido mesmo, como isto é tão importante! Como me lembro tantas e tantas vezes disto quando pela manhã a caminho do trabalho venho a querer resmungar por ter precisado de uma grua para me tirar da cama. Mas... ainda bem. Continuo a chegar lá e a ter orgulho de ver que "aquilo" também já tem muito de mim.

Pensei não aguentar uma semana. Passaram doze anos!

É um exemplo de superar expectativas. De não desistir. De não ir pela primeira impressão. De superação.  É realmente, um abre olhos.

Amanhã lá estaremos.

11
Fev19

10 anos!

Maria

Esperem lá... inspira/expira... 10 anos! Como assim 10. Já? Sim, 10 ANOS DE BLOG!

(toda eu ciscos nos olhos)

 

3650 posts

11114 comentários

345 480 visitas

1275 reacções

3928 likes no Facebook

875 Seguidores no Instagram

7 posição no Blogs Portugal (Categoria pessoal)

Muitos destaques no blogs do sapo que continua a ser uma equipa fantástica 

10 anos de existência 

10 anos!

 

De mim, de vocês, de muitas partilhas, de muitos sorrisos incógnitos, de NÓS! 

 

A sério 10? É o que mais me tem ocorrido nestes últimos dias. Continuo a sentir-me surpreendida pelo blog continuar a fazer parte da minha vida a cada ano que passa. E sempre muito presente. Há dez anos atrás não imaginei isso nem que lhe sentisse a falta. Deste constante desafio. Deste apego. Desta partilha. De tantos que vieram, dos que ficam. Dos que passam. Daquelas borboletas na barriga por escrever.

Lembro-me dos que me fizeram criar este espaço, que muitos já não existem mas que me deixaram uma marca. E saudades. De uma altura em que os blogs eram muito mais "nós". Mais genuínos. Mais verdadeiros. Menos interesseiros. Menos marcas. Mais sem filtros. Menos "fama". Poucos. Bons.

Como já aqui o disse, o blog da mini-saia da Mónica Lice foi o primeiro que segui ainda do tempo de Bissau. E como era tudo tão diferente. E fico feliz de ver a Joana comemorar hoje dez anos de amor e eu ainda me lembrar de como começou aquele amor! Joana comentaste o meu post inicial nunca me esqueço de ti!

Já conheci gente que veio do blog. Já fui convidada para um programa de televisão. Já fiz desafios para quem me segue, já entrei noutros. Já aprendi muita coisa com o blog nomeadamente que há gente que tem um blog que nem sabe o que isso deveria ser, assim como há gente que vive mesmo isto de ter um blog. Já partilhei imensas histórias e conheço imensas histórias.  Há gente que continuo a seguir do início e não tem como não conhecer tanta coisa.

Há dez anos atrás criei o blog para partilhar sorrisos de tudo e de nada, para falar do que me apetece, quando me apetece. O propósito continua o mesmo. Deixar-me partilhar a minha inspiração na escrita. E como eu gosto disso. E continuo a ter partilhas boas disto. Continuo a conhecer outras tantas partilhas que gosto. Continua a trazer-me gente de sorrisos que me ajuda. Energia positiva. Sempre. Já espalhei muitos sorrisos, já recebi muitos sorrisos. Já partilhei lágrimas, e recebi ainda mais sorrisos. Já escrevi coisas tão minhas que me vão na alma. Já foi completamente anónimo. Já serviu tanta vez de diário, de um ombro para desabafar. Trouxe-me pessoas novas. Trouxe-me histórias partilhadas. Trouxe-me PPC’s e continua a trazer-me Pais Natal secretos. Trouxe-me miminhos de blogs com gente dentro. Trouxe-me partilhas que não mais vou esquecer... Continua a ser uma aventura. Todos os dias.

Enquanto continuar a fazer sentido, cá estamos. E eu gosto de cá estar (incluindo com a equipa blogs do sapo). Acreditem. E agradeço a quem está também. Muito!

(10 anos carago!)

E ao pessoal do Facebook e do Instagram

Obrigada! ♥

Cá beijinho  e sorrisos mil!

[ Conseguiriam aguentar um blog tanto tempo? Se já têm um assim há tanto tempo, qual o vosso segredo? ]

01
Fev19

Even in rainy days...*

Maria
[ Foste-me bom.mês meu.meu mês.carregado de boas energias.de desafios de ano novo.e sorrisos.foste-me aquilo que sempre espero de ti.porque te gosto.és o meu mês.carregaste-me de sentimentos bons.resolvida.trouxeste-me aqueles que gosto.que gostam de mim.e eu sou feliz.e agradeço ser feliz.agradeço a quem ao meu lado está.vieram-me estes 35.agarro-os com força, esperança.quero muito que o amanhã dê certo.quero muito mais viver o hoje. também me trouxeste medos. sustos. mas que agarrei de coração aberto cada sobressalto alegrando com os finais felizes. Janeiro é o meu mês.e foste-me bom ♥ ]

IMG_20190130_004350_638.jpg

* So, look always at the bright side of life. Even in rainy days ❤
22
Jan19

Happy Birthday ❤

Maria

aniversario

 

TO ME ♥

Os 30, ali no ponto (dizem!),já passaram. O trinte e um em que me meti também já. Os 32 acho que nem dei conta. Os 33 passaram a correr mas fizeram-me sentir, apesar dos pesares, muito bem comigo mesma. Os 34 trouxeram o estar resolvida com a vida. Agora é sempre a subir, é o estar ali a meio pau para os entas e a superar (o "no ponto") eu espero.

É continuar a gostar muito de mim. A aceitar os defeitos e a acreditar nas qualidades. A orgulhar-me da pessoa que sou, da amiga que sou, da irmã e filha que tenho sido. A querer sempre ser uma pessoa melhor. E a lutar por isso todos os dias. A continuar a ser uma #MariaTexuga sem emenda depois de me alertarem que a vida é só uma e tamanhos de roupa há muitos! E o básico de tanta roupa e nada para vestir continuar igual. Sinto-me cada vez mais feminina, mulher de rugas expressões, sorrisos e experiências que a vida traz. Resolvida.

Que este seja um bom ano e que venham muitos mais que eu cá aguento!

Gosto de fazer anos. Gosto de comemorar estar aqui. Eles passam? Sim. Eu vivo! ❤

De coração cheio e com muitos sorrisos!

Gosto [-me].

Esta sou eu - "olha-me aquela trintona". Oh yeah! It's me and I'm ok about that! - é como já tenho dito aqui, mais ou menos isto. Sentido. Em bom! 

Parabéns a mim! 🎂🤞

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Posts mais comentados