Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

28
Jun16

Euro 2016

Maria

Sim tem dado para reparar que ando a escrever muito sobre futebol. Mas as paixões são assim. Inevitável não falar. Não me deixar envolver. E o típico tuga deixa tudo para a ultima, sofre até ao fim. Mas, quando aquilo corre bem, arrebata cá dentro e tu gritas, saltas, emocionas-te e colas ali na tv com o coração aos saltos e uma alegria que te extravasa a alma. Não se explica mesmo, sente-se. Bebes cerveja como se não houvesse amanhã porque nem notas e o melhor mesmo é não ter petiscos perto, senão é juntar a fome de golos com a vontade de comer e arruma-se com tudo.

Antes mesmo de começar este Europeu, vi dos melhores vídeos sobre a nossa selecção, dos vídeos mais emocionantes e daqueles que "batem forte cá dentro" o qual partilhei aqui. O vídeo foi-nos chegado pela mão do Guilherme Cabral, que sinceramente desconhecia até à data e que acredito esse tenha sido um vídeo que fez o seu nome ficar no nosso ouvido. Cusquei outros mas como não jogamos na mesma praia (adeptos de diferentes clubes) os outros vídeos não me surpreenderam. No entanto tenho seguido algumas das suas palavras sobre futebol e nisto da selecção jogar, os clubes são postos de parte.

No jogo contra a Croácia, Renato Sanches foi eleito o melhor jogador em campo. Mais uma vez, não concordo com a Uefa. Para mim Pepe esteve extraordinário em campo, admito, mesmo eu antes do jogo, ao saber que Ricardo Carvalho não ia jogar, temi o pior. Mas Pepe esteve em grande. No geral, acho que a equipa sentiu a diferença com duas entradas, a de Renato e a de Quaresma. Renato é aquele puto a querer conquistar o mundo quando lhe dão a oportunidade. Falhou imensos passes, mas mexeu com aquele campo, deu dores de cabeça aos croatas e ajudou-nos a impulsionar o jogo lá para a frente, vê-se na jogada do golo. Quaresma tem nos pés a experiência e no corpo a garra e a paixão. Tudo aliado faz dele um jogador que marca a diferença. Gosto de o chamar de um jogador de raça. Porque assim que entra em campo mostra do que é feito dando o corpo às balas. Sempre fui uma "apaixonada" pelo Quaresma de outros carnavais e de termos em comum o amor ao mesmo clube, acredito. Mas gosto imenso de o ver sentir jogar na nossa selecção.

No dia a seguir, quando a emoção ainda estava meia acumulada lá dentro tropecei numa partilha do Guilherme Cabral no facebook sobre o Renato Sanches.

Acho que, para quem sente e gosta do futebol não deve perder as suas palavras. Sinto paixão nelas e isso é de partilhar. Porque quem gosta de futebol, é junto da selecção que conseguimos olhar todos do mesmo lado para o mesmo sentido.

"Olá Renato, (...) Ainda estás longe de ser aquele jogador que acerta 10 passes em 10.
Todos reconhecemos que a tua vontade de resolver por vezes é tanta que se vira contra ti.
Às vezes chegas a falhar passes que nem tu depois te reconheces mas tem calma... A experiência vai-te melhorar nisso. Estranho seria ver Zidane aos 30 anos falhar passes. Com 18 ele também os falhava. (...) Mas tu, puto? Tu tens mesmo qualquer coisa de especial aí dentro... Porque essa coisa que fez o terreiro do paço aplaudir-te quando te viu entrar, também foi aquela coisa que sentimos cá dentro quando pegaste naquela bola à entrada da área e arrancaste por ali fora...a respiração parou.."é agora".."vai puto".. Tu não viste, mas durante a tua corrida a nação sentiu qualquer coisa que fazia uns levantarem-se do chão, outros agarrar no braço do colega do lado... A alegria aumentava a cada passo teu, e no nosso olhar só pedíamos a Deus que desta vez não falhasses um passe tão decisivo...ninguém queria ir a pênaltis... Mas não falhaste. Meteste-a redondinha no Nani que, já sem forças, mandou uma bica na bola para Cristiano Ronaldo (que te a passou junto ao Rui Patrício e que naquele momento já ali estava pronto para finalizar!), até que na recarga Quaresma deu o golo que o povo merecia festejar...
Este golo, puto, foi daqueles que levou alguns as lágrimas...
"

Mais aqui.

E não Guilherme Cabral, não foste o único a sentir isso!

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D