Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

21
Set22

Dia Mundial do Alzheimer

Maria

Alzheimer.

Só de pronunciar dá medo.

Mas a minha constatação vai muito mais além do que se ouve dizer.

A nossa saúde mental deveria ser a nossa prioridade. Mas não é. De todo é a prioridade do mundo. Desde que me lembro de ouvir esse nome a seguir veio sempre um "não tem cura". E isso, por si só, torna-se a doença que mais medos dá, ou deveria dar.

E é coisa de velhos, achamos sempre que é uma doença lá para os fins da vida. Só que não. Atentem. Só que não!

Ouvir dizer é uma coisa, mas passar por ela é dar-te a noção menos distorcida do que é a sua realidade.

E é desesperante. 

Nunca ninguém te ensina a lidar com ela (a doença), nunca ninguém te dá bases para encara-la. Nunca há grandes respostas para todas as perguntas que surgem sobre a mesma. Nunca nada te dará mais medo que. Não há dois dias iguais. Há dias melhores há dias muito, muito maus. E no mesmo dia podes ter momentos dos dois. Nunca mais serás a mesma. Nunca. Pode avançar devagar mas nunca retrocede. Há sinais que se confundem com mil e duas coisas menos isso. Nunca aceitas à primeira. Nunca queres mesmo acreditar. Chegará um dia em que não vais conseguir conter as lágrimas porque o que acontece te deixa de tal maneira perplexa, confusa e em negação. Ninguém te vai ajudar porque ninguém sabe lidar com a doença e o que tu contas não é nem próximo do que se vive diariamente. A dor é, a certa altura, muito mais para quem cuida do que para quem é cuidado que na verdade deixa de ter noção do que tem. Do que faz. Do que quer. Do que é. De quem é. De quem são. 

É triste. É difícil. É revoltante em muitos dias. É aceitar todos os dias mais um bocadinho. É tentar perceber. É tentar saber lidar. É falhar muito e aprender todos os dias. E voltar a falhar. À grande. E tentar não te sentires mal demais por isso. Mas sentes. Mas tens consciência que não podes sentir. Somos humanos. Erramos. Perdemos a paciência.  Temos sentimentos. 

Qualquer pessoa que tenha Alzheimer tenho-a cada vez mais em consideração muito mais ainda tenho dos (bons) cuidadores. Um beijinho e um abracinho que muitas vezes é bem preciso a todos. 🍀

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub