Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

31
Mar17

Carta de amor #1

Maria

IMG_20160405_153928_533.jpg

 

Afilhada do meu coração,

há precisamente um ano por volta mais ou menos desta hora, estava eu em tua casa em conversa com a tua mãe que me contava que a noite não tinha corrido lá muito bem. Estava receosa. Achava que tu se calhar já querias nascer. Mas o facto de ter consulta nesse dia, deixava-a mais descansada porque já ia falar com a doutora. Não stresses disse-lhe eu, ainda é cedo e está frio, ela não deve querer sair já. Mas quando tiver que ser que venha, com força e saúde. Mas não stresses.

Nesse dia à noite tive treino. Antes de sair era para ligar à tua mãe para saber novidades, mas estava sem bateria. Deixei o telemóvel em casa a carregar e fui ao treino. Quando cheguei e peguei no telemóvel o primeiro pensamento foi "aconteceu alguma coisa". Tinha chamadas da tua mãe. Do teu pai. Do teu padrinho. "Queres ver que o raio da moça está mesmo com pressa?" e sim, constatei logo de seguida ao falar com cada um deles que sim, era verdade, estavas com pressa. E para surpresa tinha mesmo chegado a hora. Estive ao telefone com a tua mãe até ela ter que o largar. Estava ansiosa. Era cedo. Mas tinha que ser.

Na verdade estávamos todos. Disse-lhe que ficasse o mais calma possível e só quando desliguei o telefone me apercebi que estava tão ansiosa quanto ela. E tu nasceste. Bem. Graças a Deus.

E no dia seguinte lá estava eu a conhecer-te. A ver-te pela primeira vez. A pegar em ti ao colo com todos os medos do mundo e mais segura que nunca. Uma confusão de sentimentos. Eras tão pequenina. Um ser tão indefeso que ainda nem tinha aprendido a chorar. Lembro-me daquele silêncio, daquele cheiro, daquele modo despreocupado do mundo, daquela inocência. Recém-nascida, prematura, dava vontade de abanar só para saber se estavas bem. Tão linda. Perfeitinha. Como fiquei orgulhosa, naquele momento de ter sido escolhida para ser quem sou na tua vida pelos teus pais. Meus amigos. Que deste modo, com muitos ciscos nos olhos e orgulho por me fazerem sentir especial, pelo valor, pelo lugar que terei na tua vida, na vossa, na minha de te ser quem sou. Há amizades que valem mesmo a pena. Há provas de amizade que são as maiores provas de amor.

E foi aí que te prometi ser, para a vida, a melhor madrinha que poderei ser. Foi aí que prometi dar-te o amor que tenho, o lugar na minha vida e fazer do meu sangue o teu.

Um ano! Estás uma menina linda. De sorriso e gargalhada boa. E o que te desejo é uma vida feliz.

Parabéns minha pequena.

Amo-te muito ♥

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D