Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

15
Abr15

Aumento da idade mínima para o consumo de bebidas alcoólicas.

Maria

Quer o governo agora alterar a lei e proibir o álcool (sem distinção para a cerveja e o vinho) a menores de 18. Eu acho muito bem mas (e porque há sempre um “mas” e quando falamos de leis portuguesas na sua maioria valem mais os “mas” que as leis)… do concordar, ao estar correcto e à prática… a distância é tão grande que lá se vai a eficácia.

Façam-me um favor poupem os papeis e as burocracias e o dinheiro gasto em mais uma lei que não interessa nem ao menino Jesus. Isto em termos práticos. É mesmo assim. Falando por experiencia própria, eu comecei a sair cedo, com o mano, ele mais velho mas na hora de pedir uma bebida ele não fazia o obséquio de me acompanhar ao bar para tal e nunca me negaram nada, muito menos me pediram a identificação e tenho a dizer que antes de chegar à maioridade, eu era uma trinca espinhas que nem sequer disfarçava a idade que tinha, na volta parecia sempre mais nova. Falando do que vejo… melhor nem falar. Nos bares, hoje em dia e já aqui falei do assunto cada vez se vê o pessoal mais novo a beber. E em exagero. Sim. A minha opinião passa por aí. Hoje em dia a canalha bebe para se divertir, o que chega a ser bastante preocupante e vergonhoso as figuras que se vê, já não falando do sentido pior da saúde. Claro que no meu tempo de juventude também se bebia, mas era diferente, nós divertíamo-nos e bebíamos. Mas nunca com o exagero que é hoje. Em pessoal cada vez mais novo. Não esquecendo que hoje em dia as mulheres chegam a ser mais exageradas que os homens. Foi há pouco tempo a primeira vez que vi alguém pedir a identificação a menores porque queriam comprar umas garrafas de bebidas brancas. E foi num hipermercado. Porque nos cafés, bares e discotecas (locais onde mais álcool se vende) dificilmente acredito nesse controlo. A lei do dinheiro e do vender ainda é mais aliciante do que andar na lei.

4 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D