Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

13
Mar20

Desafio de escrita dos pássaros #2.7

Maria

» Escreve o teu elogio fúnebre «

desafio passaros.JPG

Ela tem um feitiozinho bem dela. Muito próprio. Muito particular. Difícil de chegar lá mas depois... de uma facilidade de lidar. Habituavamos-nos mais depressa a ela do que ela se mudava. Mas fazia-se.

Toda ela é sorrisos. Sempre o foi, sempre será.

É a melhor amiga dos seus amigos. Mas é a primeira pessoa a desistir quando acha que ali não vale a pena continuar. Fez sempre tudo o que podia pelos seus. Sempre. E os pais podiam ter tido uma filha menos explosiva, menos coração na boca, menos resmungona, mas não poderiam ter uma filha mais amiga e cuidadora que ela. Levava-os sempre para todo o lado que pudesse.

Ela sempre fez por ser melhor. Mas sempre admitiu falhas. Sempre a sorrir. Na esperança de ver sempre o copo meio cheio. 

Batia o pé, rodava a baiana e ia muito por ela mesma. Nunca foi muito de ir em ondas. Tinha muito pela sua

Fazia rir tudo e todos, mesmo que, assim que estivesse sozinha os seus olhos mergulhassem em ciscos algumas vezes...

Nem sempre foi compreendida. Nem sempre se deixou ser.

Ama. É amada. E que se lembrem sempre daquele sorriso que foi lema de vida.

Ela é isto. É sim. Porque continuará a sê-lo. Sempre.

Vejam os meus textos  aqui.

12
Mar20

Tenho medo de pessoas.

No dia em que o coronavírus foi declarado pandemia pela OMS

Maria

 

Ontem partilhei no facebook o que me aconteceu, assim que saí do trabalho e passei por um dos hipermercados que passo todos os dias e que, muito na minha, aproveitei para ir fazer umas compras normais para a semana, como sempre faço.

Sim, Eu sou aquele tipo de pessoa que faz compras uma vez por semana. Razão: passo todos os dias por hipermercados logo não preciso de passar lá só uma vez por mês e atolhar a casa com tudo e mais alguma coisa. Pois que já tinha ouvido falar das "prateleiras vazias". Mas pensei eu que não devia ser bem assim até que, sai do trabalho e como qualquer normal semana e depois de não ter estado no fim-de-semana e não ter feito compras, lá fui eu.
Pois que...não havia verduras, alface, repolho, alho francês, cenouras... nada. Não encontrei massa, nem arroz. Também não tinha óleo. Salsichas tinha uma lata com certeza esquecida. Água minha gente. Nada. Nem garrafões nem garrafas. E óbvio, papel higiénico nem vê-lo. Ora eu ia fazer umas compras porque não costumo abastecer assim até ao teto mas... compreendo que a epidemia da estupidez é qualquer coisa que assiste a quem não sabe viver em sociedade. Em comunidade. Em tentar perceber que o alarmismo e o pânico deixa-nos ainda pior. É inconsciente. Tão inconsciente é quem vai limpar prateleiras como aquele que está em quarentena mas sai para os seus afazeres que engloba terceiros. Adoro pessoas. #sqn

E quando me dizem se tenho medo do vírus, tenho os meus receios, mas tenho medo das pessoas. E acredito cada vez mais naqueles que matam pela ultima lata em países de guerra e acredito que haja gente que tire o comer da boca de outros para comer e acredito, que num país que não está em guerra, num país que está apenas em cautela e de olhos abertos a tentar perceber que temos que ter cuidados e que cada um pode e deve fazê-los para bem de todos, haja gente a correr para o supermercado para atolhar a casa de papel higiénico?! É que eu por exemplo até estava a precisar porque quando compro, compro apenas o essencial até voltar às compras, assim dá para todos. Percebem o - dá para todos?

E já agora, metam lá o rabinho em casa quem está de quarentena ou quem pode evitar não sair à rua. E com isso quero dizer não vão para a padaria tomar o pequeno almoço e façam lá sala de duas horas, nem vão para as esplanadas todas atolhadas em típica época de verão, não precisam apanhar já o sol nas praias onde já quase não têm um espacinho para pôr a toalha. ah e irem todos a correr para o supermercado também não é boa ideia, como para as farmácias tentarem comprar três frascos de álcool quando na verdade até costumam deixar o frasco lá de casa passar a validade porque não usam. E se não têm sintomas, deixem lá as máscaras em paz. Lavem bem as mãos. Muitas vezes. 

Minha gente, menos. Porque a não ser que a estupidez dê caganeira, o vírus - dizem - não dá.

11
Mar20

Faceweek*

Maria

IMG_20200309_075843.jpg

IMG_20200309_080156.jpg

Aqui ficam alguns looks usados nos últimos dias. As calças cinzentas e o blazer são conjunto/fato que comprei nos saldos a um preço irrisório e gosto imenso deles mesmo usando quase sempre em separado.

IMG_20200309_080242.jpg

Voltei ali àquele pedaço de Douro, cheio de paz e sossego que tanto gosto para um dia de repor energias. Há lugares do nosso Portugal tão bonitos.

IMG_20200307_110733_663.jpg

O pormenor da manicure que estou a usar! As unhas em coral a chamar o calor, gostam?

Podem sempre acompanhar todas as novidades: 

08
Mar20

Ela, a Mulher

Maria

received_1188920047945230.jpeg

 

Quer sair à rua como quiser. Com ou sem maquilhagem. De calças ou mini-saia. De salto ou sapatilha. De lábios vermelhos que seja. E ser sempre respeitada. Dentro ou fora de casa. 

Ela tem esse foco e fé.  Cuida. Ama muito. Ajuda e está lá. Ri muito.

Ela quer seguir os seus sonhos. Ser independente. Irradiar amor-próprio.

Ela pode ser. Ela quer ser.  Ela continua na luta.

Ela é linda. Somos. E tenho orgulho em sê-lo. 

Feliz nós 🖤

06
Mar20

Desafio de escrita dos pássaros #2.6

Maria

» oh não, um vírus outra vez! «

desafio passaros.JPG

Segunda-feira e tudo é aquela base desde que abres os olhos ali, ainda deitada na cama, depois de uma noite de tempestade fora de portas e em que o teu repor de sono balhamádeus.

É o ter que ser e está a despachar porque acordas sempre tarde e a más horas para ir trabalhar. E isto de ter vontade às segundas não há karma que lhe pegue.

Tudo feito às três pancadas e ala que se faz tarde. Metes-te no carro e segues caminho. Calma lá que isto hoje tem que se optar por outro percurso para o trabalho porque as estradas estão bem perigosas devido à tempestade que passou durante a noite e vê-se demasiados destroços das árvores no chão.

Enquanto isso sentes os lábios secos e lembras que te esqueceste de pôr o batom de cieiro que usas todos os dias religiosamente. E achas algo estranho. O lábio está diferente e com a pressa lá em casa nem deste conta de nada. Abres o espelho do carro e.... "oh não, um vírus outra vez!" qual karma de segunda que não há nada que lhe pegue o tanas. Isto podia piorar? Herpes, god, herpes de um raio voltaste para me atazanar a vida e logo esta semana que tenho reunião com um alemão que vai na volta ainda me sai um pedaço de bom caminho e eu a ostentar o herpes labial quando anda tudo às voltas com o coranavírus.  

Na farmácia lá deram a pomada - que a mim nada fez - e vai na volta só piorou até chegares a casa e teres aloe vera que te safa sempre nas piores ocasiões. Bem deste já me estou a safar, só espero que o coronavírus, esse não se lembre deste cantinho um bocadinho abaixo do Pólo NOrte.

Vejam os meus textos  aqui.

05
Mar20

Esta empresa hoje está de Parabéns!

Há 13 anos a ter-me como funcionária...

Maria

Work

 

Sim, basicamente hoje falo do lado oposto. Normalmente começaria por comemorar os 13 anos sem pertencer aos "quadros" do desemprego... mas hoje falo da sorte que esta empresa tem, em me manter cá há treze anos (ahah). E isto é uma típica relação normal. Altos e baixos. Quase desistências. E dias muito bons. Luta dia após dia. Dias com menos fé e dias que só se olha para o futuro. Juntos.

Continuo a dizer que não me acreditava neste dia se mo tivessem dito lá no início. Mesmo após as primeiras semanas. Que foram bem difíceis e onde fui, literalmente deitada aos lobos. Assim mesmo sem ninguém ali com paninhos para enxaguar tanta lágrima que deitei e acalmar os nervos que aquilo me deu. Foi ali que comecei a ganhar cabelos brancos. Acreditem. Não foi nada fácil. Não é. Por muito que eu faça parte da mobília e isto seja já muito "Eu" há dias não.

Afirmo novamente:

Atentem numa coisa, isto é um abre olhos para aqueles que começam num trabalho novo e é difícil, às vezes as coisas depois descomplicam um pouco. Às vezes vale a pena não ir pelo caminho mais fácil - desistir. 

Continuo a lembrar-me como se fosse hoje a primeira vez que pisei esta empresa. Lembro-me tanto das primeiras peripécias. Lembro-me de cá chegar e chorar a dizer que não aguentava uma semana. Uma semana que passei quase sempre a panicar com os nervos, o stress e as peripécias. Quem diria. Aqui estou Eu!

Continuo a ter mil e duas peripécias para contar desta empresa que já me trouxe tanta coisa boa e algumas menos boas, o que é perfeitamente natural. Quem me segue há mais tempo conhece bem algumas peripécias que vos conto porque na sua maioria são mesmo de arrancar risadas.  Isto realmente, tem dias que é de loucos.

Já chorei, mas já dei tanta risada boa, tanto com os funcionários, como com o boss, com os clientes (esta foi óptima), com os fornecedores ou mesmo com outros indivíduos que me aparecem à frente. Estou mais que atrofiada é certo. Fazer o quê?!

Mas isto é família.

E eu continuo a agradecer por nos dias que correm, nestas crises que fui ultrapassando, ter trabalho. Continuo a agradecer as oportunidades que me vão sendo dadas. Continuo a resmungar todos os dias para sair da cama pela manhã, queixo-me pela cabeça massacrada com que chego muitas vezes ao fim do dia, bato o pé pelas vezes que ganho um cabelo branco por aturar gente que me tira do sério, dias há em que me revolto por ter tanta coisa nos meus ombros que às vezes me tira o sono, mas caramba, se ficasse em casa, se não tivesse trabalho, se fizesse parte da enorme lista de desempregados do país, aí sim o atrofio seria muito maior.

São 13 anos de trabalho na mesma empresa. Como isto passa tão rápido, tão rápido mesmo, como isto é tão importante! Mas a empresa também está de Parabéns por me ter porque sempre tento ser uma funcionária exemplar. Sei que me tratam como parte importante, como sendo da família e sei que sou mimada também, porque me respeitam e sabem o quanto dou de mim a esta empresa - e aqueles croissants que me trazem pela manhã são um exemplo.

Pensei não aguentar uma semana. Passaram treze anos!

É um exemplo de superar expectativas. De não desistir. De não ir pela primeira impressão. De superação.  É realmente, um abre olhos.

Hoje é mais um dia cá. Amanhã também.

02
Mar20

Faceweek*

Maria

IMG_20200302_163759.jpg

IMG_20200302_163445.jpg

Aqui ficam alguns looks usados nos últimos dias. A pulseira do trevo foi oferecida e tem uma das melhores mensagens para trazer todos os dias, olhar e lembrar. Foi uma semana muito prática e com looks be normais. Gosto muito de usar blazers como já disse com uma camisola básica por dentro. Não vejo a hora de as temperaturas subirem e poder abusar desse outfit.

IMG_20200229_202405_718.jpg

O pormenor da manicure que estou a usar! As unhas estão bem bonitas, concordam?

Podem sempre acompanhar todas as novidades: 

28
Fev20

Desafio de escrita dos pássaros #2.5

Maria

» Acordas e tudo o que mais desejavas realizou-se: conta-nos o teu dia «

desafio passaros.JPG

Pelas cortinas mal corridas entram os primeiros raios de sol e eu começo a acordar com a luz. A emoção é tão grande que corro para a janela, abro-a e caminho pela varanda, ali estou eu, perdida naquele pedaço de terra no meio do mar plantado com aquela imensidão de azul à minha frente e com o coração a palpitar forte enquanto me mentalizo "aqui estou eu, como desejei isto"! E ali fiquei uns minutos a tentar perceber que tinha mesmo aterrado ali depois de tantas tentativas frustradas de ali voltar.

Ouço barulho lá dentro e vou ver o que se passa, o frenesim do pequeno-almoço a ficar pronto à espera que eu acordasse. E ali estava eu a vê-los e a poder abraçá-los como já há muito tempo não fazíamos. E tudo é tão bom que parece que nada falta para ser perfeito. Aquele abraço sentido de bom dia do pequeno que nada paga e que deita por terra todas as saudades acumuladas dos quilómetros de distância que nos separam.

O mano acaba de fazer o café melhor do mundo, o nosso, como sempre foi. E sentamos-nos todos à mesa a planear o que vamos fazer naquele primeiro dia que cheguei e que quero fazer um montão de coisas mas que o importante é estarmos ali de volta, todos juntos. Com as melhores gargalhadas e um coração cheio de amor.

- Vamos à praia - diz o pequeno - quero que me vejas nadar. E vamos comer um gelado! E quero que vejas a minha escola nova. Já foste comer um prego lá baixo ao Zé? Tens que os provar são uma delícia. E vais assistir ao meu treino da natação?

- Bora lá, estou pronta para tudo o que quiseres!

- Há quanto tempo não vens cá? - pergunta-me o pequeno.

Há demasiado tempo para uma vida só.

Vejam os meus textos  aqui.

27
Fev20

Dicas de compras online!

Escapeshoes

Maria

Associamos sempre o fim de Fevereiro ao fim dos Saldos, na verdade já aproveitei na roupa mas também ainda vamos a tempo de conseguir uns bons descontos em calçado, em algumas marcas na @Escapeshoes. Eu tenho por hábito no fim dos saldos tentar aproveitar bons descontos naquele calçado que sei que preciso de ter no meu armário e que na próxima época a comprar não vão estar com preços tão apetitosos. E vocês gostam de aproveitar os últimos saldos ou preferem sempre comprar no início de cada colecção?

ESCAPESHOES.png

 

Olhem a dica que eu cá não duro sempre - para quem já só anseia o verão e a subida das temperaturas, podem espreitar a nova colecção, mas lembrem-se que há calçado apropriado para a próxima época que tem promoções. Espreitem por exemplo a colecção da Converse em que encontram sapatilhas óptimas para dias melhores com descontos desde os 30% aos 60%!! Inacreditável não é?

Já aqui vos falei da minha última compra na @Escapeshoes e nas redes sociais quando ponho fotos com as minhas sapatilhas da Fila (e já agora saibam que continuam com 20% de desconto) às vezes perguntam-me como correu a compra.

E mais uma vez  só tenho a dizer maravilhas, porque foram bastante rápidos e o site para encomendar é muito simples e directo. Nos artigos têm sempre uma descrição pormenorizada e costumam recomendar quanto aos tamanhos, se é o habitual ou não. Saibam também que para compras acima dos 50€ o envio é gratuito e têm 30 dias  para a troca gratuita ou devolução. Têm um chat online e há sempre uma alma caridosa para vos responder a todas as dúvidas.

E já sabem, é na EscapeShoes, uma das maiores sapatarias online portuguesas que podem comprar calçado online barato. Subscrevam a newsletter deles e assim estão sempre a par das novidades.

Aproveitem e boas compras!

[PUB]

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D