Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

03
Jan14

Do passo entre 2013 e 2014.

Maria

Eu propus-me ainda antes do ano acabar e de deitar as ultimas lágrimas a sair de casa para viver a passagem de ano em bem e em bom. Como sempre foram, repletas de sorrisos, alegria e esperança. Mesmo que, quando saí de casa levava comigo o coração despedaçado, impus-me isso mesmo. Era noite de festa. Era noite para esquecer 2013 e dar a mão a 2014. E lá fui eu a sentir-me maravilhosa, mesmo que fosse só e apenas aos meus olhos. Carreguei no rímel e no lápis preto e disse hoje é proibido chorar! Pus um sorriso no rosto e disse para mim mesma, tu consegues. Brindei à meia noite e comi doze passas onde pedi apenas um desejo. Dei pulos por iniciar ali um novo ano em mim. Queria tanto. Depois de o passar em casa de amigos rumamos à festa. Eu sou pessoa para dançar noite inteira, para não ficar cansada dos pés antes da hora e naquela noite só o coração podia doer, nada mais teria direito, mas mesmo esse, porra tinha que fazer o esforço. E não foi difícil mesmo com os senão. Na segunda dança rodeada por centenas de pessoas, às voltas na pista de sorriso estampado nos lábios e olhos perdidos por tantos rostos encontrei, encontrei os olhos que fizeram naquele mesmo momento parar o meu coração e pensar para mim mesma "foda-se isto não me está a acontecer". Sim era ele que estava ali ao longe e que no meio de tanta gente o raio dos meus olhos apanharam-no (o amor é fodido não é?). Era cedo a noite era ainda uma criança e eu prometi não cair do salto. Foi uma boa passagem de ano, consegui abstrair-me umas vezes outras não. Mas nunca fiquei triste, mesmo quando relembrei que há precisamente um ano atrás não tínhamos toda aquela gente a separar-nos e prometíamos mundos e fundos por entre champanhe, passas, chocolates e amor. Dancei muito, diverti-me ao máximo e não fosse eu receber uma sms a dar conta que os outros olhos também me viram tudo tinha sido quase perfeito. A noite foi realmente longa e o meu coração, um corajoso, aguentou-se à brava. Entrar em 2014 não me desiludiu, mesmo que a minha maior desilusão tenha estado perto. Quero ser forte. Quero fazer deste 2014 um ano bom e não ficar à espera que ele vá, se lembre ou não de o ser comigo.

6 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D