Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

12
Jun13

E viva o Santo António!

Maria

Apenas fui ao santo António a Lisboa uma vez, em 2009. Uma única experiencia mas que não podia ter corrido melhor e que tenciono voltar a repetir. Primeiro porque gosto do conceito, da alegria das pessoas, do ajuntamento do povo, dos sorrisos, das músicas, do barulho. Dos manjericos, dos cheiros e das cores das Marchas. Gosto de correr tudo, de passar nas tasquinhas, de comer e beber o que tenho direito. Gosto da bela da sardinha assada, do pimento, da broa da fêvera no pão, do vinho tinto (preferencialmente) ou do fino traçado. Em 2009 a experiência foi por si só única. Na altura jantei ali perto do Castelo S. Jorge e depois desci até à avenida para ver algumas marchas, como estava com o padrinho de uma das marchas, tive a sorte e prazer, porque realmente adorei a experiência, de viver aquilo tudo, desde no final das Marchas, meter-me no autocarro da Marcha e ir até ao bairro em questão, numa euforia contagiante, com toda a gente a cantar e a dançar. E depois todos juntos tipo arraial a comer e a terminar com o belo do caldo verde quentinho para uma noite que seria longa. Voltei novamente para a baixa mais tarde, corri ruas, subi e desci até ao Castelo e tudo me parecia perto, perdi-me na multidão e aquela frase “A minha marcha é linda” ficou-me na cabeça até ao raiar do dia. Foi uma experiencia que me permitiu não só conhecer a típica noite de Santo António em Lisboa como ter o prazer de conviver com imensa gente e fazer de uma noite, uma festa diferente que ficará na memória. Por isso, hoje, a todos os Lisboetas tenham uma boa e longa noite de Santo António e a quem tiver a oportunidade de ir conhecer, não deixem de o fazer e deixem-se contagiar com a alegria que vos cerca.

Santo António é diversão
Vão lá todos festejar
Daqui a uns dias é cá S. João
E eu também vou aproveitar!

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub