Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

30
Nov18

O que tem em comum carneirinhos, cosméticos e candy crush?

Maria

Insonias claro. E já ca faltava uma crise de insónias.

Quando eu penso que elas realmente se foram, elas acenam e dão o beijo no ombro das invejosas - no meu claro - que só queria que elas fossem para o raio que as parta.

Quem dorme bem provavelmente não entende isto. E não sabe, também provavelmente, a sorte que tem.

Eu não sou a melhor amante do sono, mas assim como toda a gente preciso. Para o bem da minha sanidade mental, do meu bem estar, da minha capacidade no trabalho, para a minha pele, para bem dos que me rodeiam e para não me apetecer a cada cinco minutos me atirar para o chão só naquela de deixar estar quietinha. Preciso de dormir bem. Mesmo no pouco que acho que durmo na maioria das vezes. Mas quando esse pouco é bom, basta. Depois vêm as insónias e baralham esta merda toda cá dentro.

Acordei por volta das quatro e fiquei durante alguns minutos a fechar bem os olhinhos a ver se a coisa se dava de voltar a adormecer mas nada. Fiz todos os malabarismos possíveis,  virei-me para o lado esquerdo para o lado direito, barriga para cima, barriga para baixo e nada. Tudo na mesma linha já que o quarto estava completamente escuro devido a ter fechado muito bem a persiana. Foram uns longos minutos até decidir ir ao wc, não fosse o corpo ter despertado para ir fazer um chichizinho mas o cérebro não ter associado as coisas. Deitei-me e após mais uns longos minutos comecei logo a ver que estava fresca demais para quem vai deitar pro lado e adormecer. Peguei no telemóvel vi novidades ou apenas constatei que estava tudo normalmente a dormir aquela hora. Joguei candy crush, mas aquilo só tem cinco vidas e elas foram-se num instante até que tive que contar carneirinhos. E quando recuperei vidas no candy crush voltei à carga. Voltei a desligar tudo e a olhar pro tecto. E comecei a ouvir a chuva a cair cá fora. E eu sem dormir. E de repente eram cinco e tal e voltei a repetir os processos e nada. Até que, pelas seis e meia da manhã olhei para as horas a última vez antes de aterrar. Às oito estava acordada. Mas em modo lento lentinho. O que me fez sair de casa quase à hora que devia estar a entrar no trabalho (valha-me as horas extras servirem para alguma coisa).

Não estou mal disposta, mas esta noite dormi cerca de quatro horas. E isso explica este modo bem disposto zombie que me encontro. Na verdade não me sinto fresca como uma alface do Lidl, mas sinto que estando na prateleira dos frescos as aparências enganavam. Na verdade por fora a coisa até se dá, a maravilha dos cosméticos, no caso a base ajudou, mas por dentro sinto que estou em cacos, com os astros desalinhados e com o tico e o teco a falar línguas diferentes. Uma balbúrdia portanto.

Ora eis que hoje foi dia de Sr. Doutor e acabei de sair de lá e constatar que ele tomou consciência do meu eu interior, em cacos claro e depois de uns puxões de orelhas devido aos resultados das minhas análises, verificamos que a máquina  está em modo a precisar do fim-de-semana e não só. 

Ainda lhe perguntei: Sr. Doutor explique-me lá os valores completamente disparados a que se deve?

-isso quer dizer que está (a tiroide) muito acelerada lá dentro.

Portanto se calhar percebe-se as insónias. E o aumento de peso, mas tu não estás gorda, diz ele.

29
Nov18

Sorrisos de Natal

Maria

Este será o meu próximo desafio. O meu e o de quem se quiser juntar.

Já fiz este desafio e do género e correram muito bem.

Estamos quase no Natal. Há sempre imensos motivos para sorrir. E para fotografar. Assim como no ano passado, será um desafio de sorrisos de Natal. Só muda a regra das fotografias não terem que ser a preto e banco. Este ano vou dar-lhes a cor que quiser. O Natal tem a cor que lhe quisermos dar com o seu próprio brilho. Dezembro será o último mês de 2018 e será o mês do desafio:

#sorrisosdenatal

56. Desafio #sorrisosdenatal.png

Quem me conhece sabe que se há coisa que me define é o sorriso. Há sempre mil e duas desculpas para sorrir. E se às vezes faltam algumas, procura-se um novo motivo. Sempre tento passar esse "lema". Pessoas que sorriem são sempre mais bonitas. Digo-o sempre.

Ora Dezembro está já quase quase aí, e é sempre um mês especial. 

Eu vou começar o desafio já sábado, no primeiro dia de Dezembro, com uma lista que junta o que me faz sorrir e pormenores de um Natal, mas para quem se quiser juntar e partilhar o desafio, não tem uma data especifica para começarem, comecem quando quiserem, juntem-se a mim e partilhem.

 

NÃO ESQUECER (para quem se quiser juntar a mim neste desafio)

  • Uma fotografia  por dia;
  • Podem começar a partir de qualquer momento, para participar basta usar a hashtag #sorrisosdenatal numa fotografia;
  • Podem fazê-lo no Facebook, no Instagram ou mesmo pelo blog (se for no blog deixem o link). Convém que sejam perfis públicos, para poderem partilhar com quem se quer juntar e visto que o objectivo é mesmo o de partilhar com todos os participantes;
  • Utilizem apenas fotografias vossas. O desafio é mesmo esse, um motivo para vocês mesmos fotografarem.
  • O objectivo é ter um motivo para fotografar, podem usar uma fotografia antiga, mas evitem.

 

Divirtam-se neste desafio e sorriam muito. Esse é o meu objectivo com este desafio.

Sigam-me no Facebook e no Instagram para verem as minhas partilhas. Ao usarem a hashtag #sorrisosdenatal vou poder seguir também as vossas caso alguém se junte.

Bons sorrisos! Boas festas!

(quem se junta e quem partilha?!)

28
Nov18

TAG 50 Perguntas

Maria

A Carol, do blog It's Carol, nomeou-me para a TAG 50 PerguntasPor ser um desafio (e que desafio!) decidi aceitar. Desculpa a demora na resposta Carol e obrigada pela nomeação. Assim, tipo "pressão no ar" e sem pensar muito, cá vai:

 

1. O que mais odeias em ti?

Ter inconscientemente criado muros à minha volta que nem sempre eu mesma os consigo ultrapassar.

2. Nome pelo qual te chamam

São muito poucos os que me chamam Maria.  

3. Se pudesses visitar qualquer lugar no mundo onde é que irias e porquê?

Neste momento à pérola do atlântico. Porque tenho muitas saudades. Muitas mesmo dos meus abraços preferidos que estão lá. E isso sempre se  sobrepõe a qualquer outro lugar que queira conhecer.

4. O que te faz chorar?

Ter escrito a ultima resposta fez-me logo ficar com "ciscos nos olhos". Sou uma pessoa de saudades. E isso faz-me chorar.

5. Escolherias voltar atrás no tempo ou ganhar mais tempo no presente?

Ganhar mais tempo sem dúvida.

6. Eu não vou morrer sem...

Partilhar o que escrevo sem filtros.

7. Alguma vez inventaste uma desculpa para não saíres de casa quando tinhas alguma coisa combinada?

É um bocadinho por aí, quem nunca?

8. Último lugar em que estiveste?

Em casa.

9. Comida favorita

Língua de vaca com puré e anho assado em forno a lenha com batatinha e arroz estão ali no mesmo patamar.

10. Comida que não comes de forma alguma

Coelho.

11. Música do momento

"Shallow

12. Vivo perdendo...

os meus anéis (se bem que estou muito melhor neste ponto de não os tirar sempre que vou lavar as mãos, seja onde for).

13. Uma frase...

Sorri sempre.

14. Último concerto a que foste

Os DAMA acho. 

15. Última mensagem no whatsapp

Boa:)

16. O que mais te stressa?

Gente que me aborrece. Eu mesma, tem dias.

17. Tira uma selfie e mostra

Lá no instagram @sorrisoincognito na stories tem uma de hoje e muitas de outros dias.

18. Uma música com a palavra AMOR

O nosso santo bateu - Anitta

19. O que é feio, mas tu achas bonito?

Essa agora. 

20. Mostra a última foto do teu instagram

É do rio Douro, ide espreitar @sorrisoincognito e quem não segue já sabe o que tem a fazer para não perder nada! :p

21. Uma frase que a tua mãe diz sempre

"Deixa pra lá" e "Eu bem te disse" devem andar ali na mesma conta.

22. Eu estou...

No trabalho.

23. Eu sou...

Positiva.

24. Eu quero...

Ser sempre uma pessoa melhor.

25. Ser amigo é...

estar lá. Sempre. Nos maus momentos. Nos bons. Nas gargalhadas. Nos dias importantes. No desabafo. Na cusquice. Na partilha. Nos brindes. No dizer "oh pá fizeste merda sabes, mas eu estou aqui!".

26. Quando morreres...

Espero que se lembrem de mim como a pessoa daquele sorriso.

27. Um livro

Queimada Viva.

28. Um filme

Love & Other Drugs

29. Uma pessoa que queres/gostarias de conhecer pessoalmente

Mariano Di Vaio

30. Queria ser uma formiga para...

Ao ser uma #MariaTexuga não ocupar tanto espaço.

31. Calças ou vestidos?

Vestidos.

32. Que situações conseguem mostrar o teu lado mais aborrecido?

todas aquelas que não me fazem estar bem comigo mesma. Seja culpa minha ou de terceiras pessoas. Mas se não me sinto bem sou aborrecida.

33. Sê feliz ou...

Sê feliz. Ponto.

34. Queria ser ...

A próxima vencedora do euromilhões se não fores tu Carol (ahah)

35. Queria ter...

A minha casa para poder receber os meus.

36. Se eu fosse homem...

Se calhar viajava mais sozinha, coisa que não estou a aconseguir fazer.

37. Já pensaste num desejo que queiras concretizar em 2019 ou ainda só consegues pensar em 2018?

O desejo que eu tinha para o final deste ano já sei que não se vai realizar porque não diz respeito só a mim, logo já pensei no mesmo desejo para o ano. Sabem aquela cena do ter esperança? É isso, ter esperança.

38. Um motivo que te faz gostar ou não gostar de álcool.

Não tenho motivos para gostar de álcool, gosto de algumas bebidas. Mas tenho motivos para, por exemplo, não gostar de whisky ahah.

39. Na noite passada...

Estava mal disposta. E o ter ido ver a minha afilhada mais nova deu-me ânimo.

40. Poderia ficar horas...

A olhar o Douro no meu sítio preferido e a escrever as minhas crónicas...

41. Descreve o emoji que mais gostas de usar

A carinha-de-chorar-a-rir ou o coração devem ser os emojis que mais uso. E como uso!

42. O teu lema

Estou sempre a rir, mas não estou sempre feliz! Apenas acho que se há coisas más, não vale a pena estar sempre a bater na mesma tecla.

43. Morres de medo de...

Dentistas.

44. Darias tudo para...

Ter mais perto algumas das minhas pessoas.

45. O teu maior defeito que é uma qualidade

Dizer o que tenho a dizer. Não poupo quando algo me chega ao nariz e tenho que falar. Podia ser menos impulsiva a falar, mas de algum tempo para cá, não faço fretes para que não ouçam o que têm a ouvir.

46. A tua maior qualidade que é um defeito

Coração bom.  Para muitas coisas trama-me.

47. Três blogs e um post de cada um desses blogs

Saracasticamente e pode ser qualquer post porque ela faz-me rir bué.

Este post do Quiosque da Joana porque foi um dos favoristos deste ano.

Este post da Mula porque foi outro dos favoritos deste ano.

48. Que horas são?

17h22

49. 5 palavras com a letra B

Bolo, barco, brinde, bola, branco.

50. Indique 5 pessoas para esta TAG

Quem quiser um teste desta pressão sinta-se à vontade para responder às perguntas. Pelo que vi já muitos o fizeram.

E 50 perguntas depois, feito!

27
Nov18

Faceweek*

Maria

IMG_20181122_092545_129.jpg

20181121_090122.jpg

A Douro tudo continua com o mesmo encanto!

IMG_20181127_152538.jpg

Estes foram os looks usados na última semana. Esteve frio esteve chuva mas ainda aventurei-me em vestidos que gosto tanto de usar. O preto é muito confortável e prático das últimas compras que fiz e é da @Primark, assim como a casaca bege que é super fofa.

IMG_20181127_153141.jpg

IMG_20181127_153348.jpg

Foi o aniversário da Mami o bolo é do melhor e a companhia também foi. A minha mãe convidou amigos meus para lá jantar. É óptimo ter estas relações. Pizza só para que conste, sempre que compro uma pizza, seja congelado ou das frescas só a aquecer no forno não consigo não lhe juntar nada. Tem de ter ananás, azeitonas, atum, milho e muito queijo. Oh pá, adoro. E outra mania é de comer camarões na maionese, já provaram? Tudo pouco calórico para uma #MariaTexuga.

received_692163707806461.jpeg

O pormenor da ultima manicure usada. Um vermelho mais escuro, mas muito giro na unha. Verniz da @Andreia nº 102.

Podem sempre acompanhar todas as novidades: 

22
Nov18

A dois meses dos 30 e tal...

Maria

Assim como foi quase inevitável não pensar " É pá estou quase nos 30", agora quatro anos depois é também quase inevitável não pensar estou quase nos trinta e cinco. t r i n t a e c i n c o! Continuo a não estar triste com isso. Nada disso. Mas é algo incontornável e por isso pensa-se.

Eu gosto de fazer anos. Gosto de comemorar o meu aniversário. Aquele ano que a vida me dá é uma nova oportunidade, é uma bênção.

Continua a ser inevitável não pensar nas coisas se elas tivessem sido diferentes. Eu não sou de me arrepender mas tenho consciência que alterei muitos planos que tracei inconscientemente quando nada o fazia prever. Daí a ser inevitável pensar se as escolhas tivessem sido outras. Será que estava mais feliz? Ou não? Será que ainda aqui morava ou teria mudado de terrinha, de país quem sabe? Será que o meu trabalho era o mesmo ou que estava desempregada como infelizmente tantos? Será que tinha filhos? Será que já estava divorciada? É inevitável não me lembrar de conversas de há anos atrás em que imaginávamos um futuro, em que os 30 estavam lá longe (muito longe, fará os 34 e os 35!), lá na idade adulta, de responsabilidades, de outras vidas, de famílias, de caminhos traçados, de quase acabadinhos de todo(ahah).

Era e é. Acima dos trinta já foste.

Mas depois chegamos cá. Chegam os trinta. Os trinte e um e mais... e a coisa não é bem assim. Eu pelo menos não a sinto.

Não me venham com tretas, dizer que tenho 29 anos não é a mesma coisa que dizer que tenho 30. O Karma é bem diferente. Não digo que seja pior ou melhor, diferente apenas.

E eu rio-me imenso com as observações feitas há uns anos atrás. Aquela ingenuidade de pensar que a norma será dentro daquele "espaço" dado pela vida. Pelo futuro mais ou menos alinhavado - ainda bem - a rascunho.

Agora que os 30 passaram. Chegando aos trinta e tal não sinto aquele peso da fase, até porque me sinto bem conforme estou. Agora a dois meses dos trinta e tal... é pá dá saudade de muita coisa que ficou para trás ao mesmo tempo que tantas outras parece que pertencem a um passado longínquo. Agora a dois meses dos 30 e tal há objectivos que não vou cumprir que gostava de ter feito e outros há que cumpri que não idealizei. Tenho a noção que depois dos 18 isto passou mesmo a correr. Mesmo. Não encontrei o príncipe encantado, não construi a minha própria família, ainda não fui mãe. Não estou monetariamente estável,  não entrei numa igreja vestida de branco e saí de aliança na mão. Há coisas que nunca sonhei e me passam ao lado, logo não me fazem falta mas outras há que a dois meses dos trinta e cinco me fazem falta. Aos quase trinta e cinco noto mais a idade que os que amo têm, inevitavelmente mais velhos e isso sim, começa a ganhar imenso peso. Mas a vida é isto. Não me sinto pior que os vintes, pelo contrário. É certo, não tenho o mesmo corpo, tenho muito mais rugas, flacidez, marcas, celulite. Tenho mais uns dez quilos que quando cheguei aos trinta. Sou muito mais #MariaTexuga. Mas estou muito mais bem resolvida. Confiante e segura. Sorrio imenso. Estou serena. Continuo a gostar mais de me ver com a pele morena que com esta cor lula deslavada, mas isso já acontecia nos vinte! E sou uma apaixonada pela vida. E o melhor de ter esta capacidade de me rir de mim própria é lembrar-me vezes sem conta de conversas, expressões, de ideias, ideais, de quando andava bem longe dos trinta's e saber que agora que aqui estou tudo é tão diferente. Tudo é tão sentido de maneira diferente e que independentemente de tudo, não há um peso. Aos trinta e tal mudam os anos a mais. E há sim, a essência da idade e a experiência. 

Digo eu, solteiríssima e que muitas vezes só observo mentes pequeninas de amendoim ao me olharem de cima a baixo fazendo teias de enredos naquelas cabeças sobre o (ainda) estar solteira.

  Esta sou eu - "olha-me aquela trintona". Oh yeah! It's me and I'm ok about that! - é mais ou menos isto. Sentido. Em bom! 

 

Podem sempre acompanhar todas as novidades: Facebook - @sorrisoincognitoblog e Instagram - @sorrisoincognito

21
Nov18

Dos pedidos para me seguirem no Instagram.

Maria

Lembram-se da história que partilhei convosco de uns clientes, que por acaso eram alemães e que, não por acaso, tive vontade de os fazer rolar escadas abaixo?

E que disse, QUE EU ATÉ SOU BOA PESSOA MAS que enquanto me lembrasse deles a vontade ia ficar?

Pois, primeiro recebi o pedido de um. Agora recebo o pedido do outro para me seguir no instagram.

...

WTF?!

Há gente que não tem mesmo amor pela vida.

20
Nov18

Quando todos vêem o que ninguém quer ver!

Maria

Foto: A Terceira Dimensão

[Foto: A Terceira Dimensão]

Não era a estrada que devia estar cortada. Quer dizer neste ponto de partida também. Mas, na verdade as pedreiras é que nunca deveriam ter escavado até deixarem a estrada naquele estado. Uma ponte desgovernada.

Como é possível alguém dizer que já se estava à espera mas mesmo assim não fazerem nada?

Que Portugal continua a ser este , bonito para Inglês ver (e agora morar) mas tão lento e feio no fazer acontecer em vez de esperar para ver?

Como é possível haver licenças para este tipo de estruturas que escavam tudo até não poder mais conscientes que estas coisas podem mesmo acontecer mais dia menos dia?

Como é possível dizerem que a estrada devia estar cortada (e chegando ao ponto que chegou, devia), minimizando assim a segurança dos trabalhadores daquelas pedreiras na iminência de desabarem?

É possível porque tal aconteceu. Alguém deixou acontecer. E agora?

A culpa não é de ninguém. As consequências vão morrer lá longe onde ninguém as sofre. E mal de quem lá foi. Outros dirão mal de quem sofre pelos que foram. 

Verdade nua e crua, tretas.

Cambada de incompetentes que deixam andar.

Sejam eles empresários, engenheiros, forças policiais, autoridade das condições de trabalho ou autarquias. Porque se tu não usas capacete na obra estás sujeito à multa do ACT mas depois podes escavar uma pedreira até ao limite de uma estrada numa altura como o que se vê e no problem!

Agora é mandar para lá a protecção civil para fazerem o "trabalho" deles a correr riscos porque se deixou chegar a este ponto.

Dois mortos confirmados e desconhecem número de desaparecidos.

Está certo.

(estas coisas dão-me cá uma urticária!)

19
Nov18

À [minha] Rainha ❤

Maria

Gostava que todos tivessem a sorte de te conhecerem, de te terem como eu tenho.

És só a melhor pessoa do Mundo. Sem filtros, sem "ses". Gostava que soubessem que este Amor maior é de facto um amor maior. Porque estás em primeiro. Porque por ti é tudo.

Gostava, porque sei que nem todos têm essa oportunidade, têm a mesma sorte, que soubessem mesmo o que é este Amor. Que nos une. Que nos faz crescer. Que dura sempre a ser maior que tudo. E que me faz sentir orgulho. Faz agradecer a cada dia novo.

Temos a melhor gargalhada. Os melhores abraços mesmo que eu seja muito mais de sentir a pele que tu. Sou muito mais lamechas. E tu tens o melhor coração que conheço. Mas não és de grandes manifestações. És muito mais de estar lá. De ir. De ficar.

Tens sempre uma palavra a dizer. Tens dificuldade em dizer não. Ajudas o mais que podes. És sempre muito mais pelos outros que por ti. Tantas e tantas vezes. Só vês o bem. És muitas vezes ingénua. E tenho um medo enorme que te magoem.

Continua a saber-me bem quando te sentas ao fundo da minha cama para conversar. Para cuscar e para rir muito à gargalhada. Ou mesmo para partilhares comigo alguma coisa para "roer" antes de dormir.

Somos duas #MariaTexugas. E eu só tenho este amor pela comida porque tu és a melhor cozinheira que conheço.

Obrigada por tanto que me continuas a ensinar todos os dias. Pelas lições que me dás, os abre olhos e os puxões de orelha. Obrigada pelo coração gigante. E pelos valores que sempre me passaste. Por seres sempre pela Família. Obrigada pela pessoa que és. Pela grande Mãe que és!

Que sejas feliz. Que eu possa partilhar muitos mais anos assim contigo. E que eu possa ajudar-te no melhor que o mundo tem para te oferecer.

Os meus Parabéns e que venham muitos mais anos, juntas, de sorriso no rosto e cúmplices, minha Mãe. 

AM❤TE

 

Pág. 1/3

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D